Atriz dá piti em gravação de nova novela da TV Globo

0

Cris Vianna faz parte do núcleo da família que é congelada há anos e descongelada nos dias atuais

Divulgação/TV Globo

Ao que parece, a atriz estaria casada de ficar “congelada” nos primeiros capítulos e teria dito que isto é papel de figuração. Cris faz parte do núcleo da família que é congelada há anos e descongelada nos dias atuais.

A novela vai substituir Deus Salve o Rei, atual folhetim das 19h.

Trama
Por 132 anos, a família Sabino Machado e seus agregados ficaram congelados dentro de um bloco de gelo, enquanto a vida lá fora passava. Agora, eles vão despertar em uma São Paulo pulsante e turbulenta e se deparar com a sociedade atual, no ano de 2018.

A novela começa em 1886 e a família Sabino Machado, moradora de São Paulo e detentora de extensas terras para exploração de ouro e minério, embarca em um dos mais seguros navios da época, o Albatroz, com destino à Europa.

Dom Sabino (Edson Celulari), fiel súdito da monarquia que sonha ter um título da nobreza, planeja a viagem para conhecer o estaleiro comprado na Inglaterra. O passeio servirá também para manter longe do falatório da cidade a filha, Marocas (Juliana Paiva), que acabou de recusar, no altar, um casamento. Durante um desvio de rota para uma breve visita à Patagônia, o Albatroz se choca com um iceberg.

O navio naufraga e, devido à baixa temperatura da água, grande parte dos passageiros acaba congelando. No total, são 13 pessoas: a família Sabino Machado, composta por Dom Sabino (Edson Celulari), Dona Agustina (Rosi Campos), Marocas (Juliana Paiva) e as gêmeas Nico (Raphaela Alvitos) e Kiki (Nathalia Rodrigues), além dos escravos Damásia (Aline Dias), Cairu (Cris Vianna), Cesária (Olivia Araujo), Menelau (David Junior) e Cecílio (Maicon Rodrigues), o guarda-livros Teófilo (Kiko Mascarenhas), a preceptora Miss Celine (Maria Eduarda de Carvalho) e o jovem Bento (Bruno Montaleone). Na embarcação estava também Pirata, um cão da raça fox terrier.

Em pleno 2018, o bloco de gelo chega ao litoral paulista. Após serem descongelados, os Sabino Machado precisarão se adaptar ao século 21, especialmente às novas tecnologias e à ética contemporânea.

O Tempo Não Para, próxima novela das sete, é escrita por Mario Teixeira e tem direção artística de Leonardo Nogueira. A previsão de estreia é para o segundo semestre deste ano.

Fonte: Metropolis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here