Agaciel Maia pede implantação de sistema ferroviário entre Luziânia e Brasília

0
Da Tribuna da Câmara, o líder de governo, deputado Agaciel Maia, na tarde desta terça-feira (19/06) falou sobre a implantação do transporte ferroviário de passageiros entre Luziânia e Brasília.
Maia explicou que o estudo de viabilidade técnica realizado pelo DNIT, Sudepe e pelo Governo de GO demonstra ser perfeitamente viável a implantação do transporte ferroviário neste trecho. “Nós temos esse transporte pronto. A ferrovia terá renovação por mais 30 anos e é importante que venha trazer benefícios para essa população. Falta conseguir que esse transporte seja efetivado”, frisou Agaciel, lembrando que para isso é preciso interesse.
O líder de governo lembrou ainda que para este ano, o DNIT tem um orçamento de apenas R$ 20 milhões para o Distrito Federal, enquanto para Goiás, o orçamento é de R$ 200 milhões e para Mato Grosso, o valor sobe para R$ 600 milhões. “Onde está nossa bancada federal?”, questionou o deputado Agaciel. “Estamos perdendo oportunidades de desenvolver a mobilidade de Brasília”.
Antes de concluir seu discurso, Agaciel Maia explicou que a renovação da Ferrovia Centro Atlântico está em estudo. “É só o Governo do DF dizer que a renovação está condicionada a conclusão do transporte ferroviário de passageiros entre Luziânia e Brasília”, sugeriu.
Maia recebeu felicitações do companheiro parlamentar Chico Vigilante, que convidou o presidente da Câmara a se juntar nessa luta e fazer com que esse contrato da ferrovia ao ser renovado leve em conta a implantação do sistema ferroviário de passageiros entre Luziânia e Brasília.
Ao finalizar seu pronunciamento, o líder de governo passou às mãos do presidente da Câmara Legislativa o estudo técnico com fundamentação que viabiliza a implantação do sistema ferroviário. “Isso irá beneficiar quem vem de Luziânia, população do Novo Gama, Valparaíso e Cidade Ocidental. Só falta interesse político”, finalizou Agaciel.
Fonte: Assessoria Dep. Agaciel Maia / Regina Amaral 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here