Veja o perfil de cada um dos 31 novos Administradores dentre eles 08 integrantes do Conselho de Desenvolvimento do DF

0

Governador Ibaneis divulgou os 31 gestores das regiões administrativas do Distrito Federal e oito (8) integram o Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) pôs fim ao mistério sobre quem comandará as administrações regionais do Distrito Federal ao indicar, na sexta-feira (4/1), os responsáveis pelas áreas. Contudo, os gestores não devem se acomodar nas cadeiras, uma vez que a intenção do chefe do Executivo local é estabelecer um marco legal para participação popular na escolha. Mas pelo menos até que haja a votação, são eles que permanecerão à frente dos órgãos.

Entre os 31 nomes anunciados, ao menos três já são administradores e quatro estiveram à frente dos órgãos no passado. Administradora de Taguatinga, a advogada Karolyne Guimarães dos Santos ficará no cargo, assim como a pedagoga Glayce Helena Barbosa – de Samambaia – e o técnico em agrícola José Joffre Nascimento, do Park Way.

Ex-administrador interino do Sudoeste e Octogonal na gestão de Agnelo Queiroz (PT), e chefe de gabinete da unidade do Itapoã durante o governo de Rodrigo Rollemberg (PSB), Fernando Gustavo Lima da Silva assumirá a Administração Regional da Fercal. Anunciado como administrador de Sobradinho II, Alexandre de Jesus Silva Yañez foi o primeiro a comandar a unidade da Fercal, em 2012, ano na qual foi criada.

Ana Lúcia Pereira de Melo voltará ao cargo de administradora do Riacho Fundo I, o qual ocupou entre 2014 e 2015. Ela esteve envolvida em processo sobre suposto nepotismo por assumir função de assessora do ex-deputado distrital Cristiano Araújo. Na época, era companheira de Artur da Cunha Nogueira, tio do ex-parlamentar. Ambos foram condenados pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) em primeira instância, mas absolvidos por instância superior.

O ex-administrador de São Sebastião Alan José Valim Maia é outro que retornará à função. Ele foi exonerado do mesmo cargo, a pedido, em 2011.

Ampliação
O emedebista ainda vai ampliar o número de administrações, de 31 para 34. Serão criadas as do Sol Nascente e Pôr do Sol, de Arniqueiras e do Arapoanga.

Outra mudança prevista é a retirada do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (Scia) da Administração Regional da Estrutural. No novo formato, o Scia seria unido à Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). A equipe jurídica do governador avalia como fazer a alteração.

O líder comunitário Goudim Carneiro será o responsável por Pôr do Sol e Sol Nascente. O governador não revelou ainda os administradores de Arniqueiras, do Arapoanga e de Santa Maria.

Confira o perfil de cada um

Região Administrativa do Varjão – Nair Queiroz Pessoa
A pedagoga Nair Queiroz Pessoa, conhecida como Tia Nair, disputou cargo na Câmara Legislativa em 2018 pelo Avante. Ela obteve 4.173 votos, mas não se elegeu.

Com um histórico exemplar, a nova Administradora do Varjão, a pedagoga Nair Queiroz, representa o Varjão na Região Norte do Conselho de Desenvolvimento do DF (CDDF).

Uma gestora social de um consórcio de 16 instituições de atendimento primário e de convivência tem lutado para o aumento de creches no Distrito Federal e Entorno.

Quem é Nair Queiroz?

Após o falecimento de sua mãe em 1996, Tia Nair, como é conhecida, empenhou-se a seguir o seu legado, continuando a sua missão e fundando o Centro Social Comunitário Tia Angelina no Varjão.

Atualmente, mantém unidades de atendimento em várias regiões administrativas do Distrito Federal, dentre elas, Varjão, Paranoá, Brazlândia, Estrutural, Ceilândia e Samambaia. Também trabalha com projetos sociais no Itapoã, Fercal, São Sebastião e Sol Nascente. Atende, em média, mais de cinco mil famílias.

Tia Nair foi candidata à Distrital pelo Avante e obteve quase 5.000 votos. Mesmo não sendo eleita, ela continua trabalhando em defesa da primeira infância.

Região Administrativa do Guará – Josivânia Jorge da Silva Gurgel
A missionária Josivânia Jorge da Silva Gurgel, conhecida como Vânia Gurgel, chegou em Brasília em 1995, quando começou a trabalhar como empregada doméstica. Acabou crescendo profissionalmente até dirigir uma empresa. Ficou conhecida por realizar trabalhos sociais na comunidade e foi candidata a deputada distrital pelo PP, mas não foi eleita.
Embora seja do mesmo partido que a deputada federal eleita Celina Leão (PP) e tenha trabalhado na campanha dela, Vânia se aproximou do distrital Rodrigo Delmasso (PRB), que a indicou. Vânia diz que trocará de legenda nos próximos dias: planeja sair do PP e entrar no PRB.
Quem é VÂNIA GURGEL? 
Quem disse que o destino de cada um já está traçado? O desafio sempre foi  lutar pelos meus sonhos e correr atrás deles. Potiguar, nasci em Caraúbas, cheguei em Brasília com  a família em 1995. Dois filhos e sem conhecer ninguém fui trabalhar como empregada doméstica. Logo fui contratada por uma empresa de supervisão de operações, como auxiliar de serviços gerais, depois passei  a encarregada. E as conquistas continuaram, sempre na perseverança e na fé, atributos que têm sido a minha inspiração e força. E  hoje sou diretora geral da empresa.
Naquela época nem se falava em empoderamento e  já conquistava meu lugar no mercado de trabalho e numa área que era predominantemente masculina.
Hoje dirijo uma  empresa e acredito que só trabalhando é possível trilhar o caminho. Nós fazemos as escolhas e a história é escrita de acordo com o desejo e a  vontade de fazer acontecer o que é melhor para nós, nossa família e para a sociedade.
Tenho orgulho pelas  conquistas que fiz, quando entrei na empresa em 1998 era bem pequena e só tinha três contratos e juntos lutamos para dar emprego e mais qualidade de vida para as pessoas.
Sou  missionária e faço um trabalho de inclusão social, onde ajudo  as pessoas a terem a oportunidade de uma vida mais digna. Acredito ainda que aquela menina que chegou na Capital, hoje é uma mulher mais madura e confiante de  que é possível fazer a diferença na política, em um momento tão conturbado em nosso país.
Região Administrativa de Recanto das Emas – Carlos Dalvan Soares de Oliveira
Carlos Dalvan é comerciante e foi candidato a deputado distrital pelo PP, mas obteve 6.111 votos totalizados (0,41% dos votos válidos) e não foi eleito. É ligado politicamente ao deputado federal Roney Nemer (PP).
Região Administrativa Pôr do Sol/Sol Nascente – Goudim Carneiro
Uma das fortes lideranças da região, Goudim Carneiro chegou a anunciar a pré-candidatura ao GDF pelo PMB. Foi desautorizado pela própria sigla a continuar com o projeto. Ele deixou o partido após o constrangimento.
Goudim Carneiro é Maranhense veio para Brasilia em 1978, sendo o único filho homem da família trouxe sua mãe e suas 6 irmãs para Brasília por não conseguir sustenta-las no Maranhão, tornou-se funcionário da Telebrasília até aposentar-se. Foi sindicalista desde a época do Maranhão, sempre acreditou em “organização” por ser umas das formas de conseguir uma sociedade organizada. Dessa forma a opção é: organização ou dinheiro, sua opção sempre foi a ORGANIZAÇÃO.
Hoje é dono do Rancho Preguiça, local muito frequentado por ter um calor humano muito grande e ser um local de muita paz.
Em 1982, criou o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações, foi Diretor por 20 anos.
Criou a Associação dos Moradores do P Sul para ajudar o povo vindo do norte e nordeste que migraram para essa  região em busca da sua casa própria. Com a derrubada de suas casas por estarem em área ilegal, colocou-se a disposição do povo para brigar contra esses desmandos e conseguir junto aos órgãos competentes escrituras dos lotes para cada um dos seus ocupantes. A briga é totalmente desigual, o dinheiro fala muito alto, mais disse que não arredará o pé de ajudar os mais necessitados sejam do Sol Nascente, Fercal, Itapoã ou qualquer parte deste Distrito Federal.
Não concorda que o comando de Brasilia seja comandado pela minoria e não pela maioria da população do DF
Goudim foi candidato a deputado distrital em 2014, fez campanha apenas no Sol Nascente e Pôr do Sol em Ceilândia, e obteve 6.139  votos pelo PPL, hoje é o Vice-Presidente do partido recentemente a direção nacional ofereceu-lhe o cargo de Presidente do Partido em Brasília.
Região Administrativa do Paranoá – Sérgio Costa Damasceno
Bombeiro militar, Sérgio Damasceno foi candidato pelo Avante à Câmara Legislativa este ano e em 2014, mas não conseguiu uma cadeira na Casa.
Sérgio  Damasceno, nasceu em junho de 1974, em Brasília, e sempre morou no Paranoá. O SUB TENENTE  do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal  tem como principais características sinceridade, humildade, além de detestar injustiça, de brigar por aquilo que acredita , de vestir a camisa naquilo que faz e de trabalhar duro, levantando cedo e dormindo tarde.
Participou, desde os 10 anos de idade, de vários movimentos comunitários e estudantis, além de atuar ativamente no movimento de fixação da antiga Vila Paranoá a fim de transformá-la em Região Administrativa do Distrito Federal. Entre outras atividades, foi membro do projeto de educação pré-escolar, projeto RONDON; professor comunitário da escola de (lata) antiga Escola Classe do Paranoá; membro do curso de alfabetização de adultos CEDEP – Centro de Cultura e desenvolvimento do Paranoá; membro fundador do CEPEP; membro do grupo projeto Paranoá Arte, que funcionava no antigo Centro de Ensino nº 1 do Paranoá (antigo colégio de madeira); membro do grupo Jovem Pan; e primeiro presidente da Associaçãg Jovem do Paranoá (ASJOP).
Serginho também fundou e foi presidente por três mandatos consecutivos do grêmio estudantil do Paranoá; atuou como secretário da Associação do Paranoá durante a entrega de lotes comerciais da cidade; foi secretário executivo da COMDEMA (Comissão de Defesa do Meio do Meio Ambiente da Região Administrativa do Paranoá) e participou do processo de alteração do estatuto da Associação dos moradores do Paranoá.
Além disso, trabalhou no gabinete de vários administradores do Paranoá, foi diretor de assuntos comunitários no Conselho de Segurança do Paranoá, participou do processo de eleição e representatividade na Quadra 9; ajudou na organização de vários FEMUPOP (Festival de música popular do Paranoá); participou várias vezes do projeto “A escola bate a sua porta”, onde várias crianças foram tiradas da rua e encaminhadas à escola; participou da implantação do projeto bombeiro mirim do Corpo de Bombeiros Militar; e participou de vários cursos de segurança comunitária. Outras atuações de destaque em sua carreira foram como Subsecretário na Defesa Civil do DF, além de ter ter sido Assessor Especial de vários governadores e de Vice Governador.
Atuação premiada como Administrador Regional do Paranoá
Serginho foi Administrador Regional do Paranoá de 2007 a 2009, e considerado o melhor do Distrito Federal, segundo pesquisas do GDF. Na época, a cidade recebeu muitos investimentos em esporte, houve redução substancial da violência, foram instalados o Detran e agências da CEF e de outros bancos. Também foram construídos cerca de 20 equipamentos esportivos na cidade, realizadas ações nas áreas de saúde e de educação e melhorado o transporte na área rural do Paranoá, a segunda maior do DF e que não era atendida pelo governo. Além disso, fez um trabalho com outros órgãos da cidade para combater a pirataria. Essa iniciativa foi reconhecida em 2008, com o prêmio Sebrae de Administrador Empreendedor.
Região Administrativa da Estrutural – Germano Guedes de Souza Leal

Germano Guedes, além de líder comunitário, é jornalista. Escreve diariamente sobre os problemas da cidade em seu blog “A Política e o Poder”. Gestor respeitado na cidade, Guedes teve seu trabalho aprovado pela população quando esteve à frente do Centro Olímpico da Estrutural em gestões anteriores.

Durante a campanha, Germano declarou apoio ao candidato Ibaneis Rocha (MDB), desagradando até mesmo figurões do PRB, pois ele não acreditava na candidatura de Rogério Rosso (PSD) e Pr. Egmar Tavares (PRB). Germano ajudou também a influenciar outros líderes comunitários a apoiarem o candidato Ibaneis.

Região Administrativa de Brazlândia – Jesiel Costa Rosa
Oficial da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal, o nome foi escolha do governador Ibaneis após o deputado distrital Iolando (PSC) ter entregado uma lista tríplice, feita pelos moradores, ao chefe do Palácio do Buriti. Jesiel é formado em segurança pública e psicologia e foi o mais votado na região.
Região Administrativa de São Sebastião – Alan José Valim Maia
O ex-administrador da cidade retornará ao cargo. Foi empossado pela primeira vez por indicação do ex-deputado distrital Rogério Ulysses, um dos personagens denunciados pela Operação Caixa de Pandora. É bombeiro militar e, em 2014, foi candidato à Câmara Legislativa pelo PRTB, mas não foi eleito.
A Região Administrativa de São Sebastião já tem novo gestor. Saiu hoje nomeação do subtenente mergulhador do Corpo de Bombeiros Militar do DF e professor universitário na cidade Alan Valim.
Valim e formado em contabilidade com ênfase em gestão pública e especialista em economia e ciência política já foi administrador da cidade em 2009 e 2010 na gestão Arruda e retorna a regional com a missão de preparar a transição para a escolha democrática ainda prevista para este ano. Além disso pretende trabalhar incansavelmente para a recuperação dos serviços públicos prestados na cidade além de aproximar a administração da comunidade.
Região Administrativa de Planaltina – Gilson Amorim Sobrinho
O Acreano Gilson Amorim é empresário e concorreu à Câmara Legislativa em 2010, pelo PSL, mas obteve apenas 1.126 votos. Em 2014, dessa vez pelo PPL, voltou a disputar o cargo, mas sem êxito: teve 1.631 indicações. É morador da cidade e reside no Setor Tradicional de Planaltina.
Região Administrativa do Plano Piloto – Ilka Teodoro
Conhecida por ser muito atuante nas pautas feministas, a advogada Ilka Teodoro é querida entre seus colegas da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB-DF).
Em 2018, ela concorreu ao cargo de deputada distrital. Obteve 5.663 votos, tornando-se a postulante do PSol-DF com o melhor desempenho na Região Administrativa de Brasília. Ela se desfiliou do PSol-DF para assumir o cargo.
Ilka também integrou chapa à presidência da OAB-DF. Embora o grupo tenha ficado na terceira colocação, marcou posição sobre a importância de as mulheres ocuparem cargos diretivos na Ordem.
Região Administrativa do Gama – Juliana Gonçalves Navarro
Resultado de imagem para Juliana Gonçalves Navarro
Ex-presidente da Subseção da OAB-DF do Gama, Juliana Gonçalves Navarro foi também conselheira da instituição. Atuante na defesa dos direitos das mulheres, a nova administradora é indicação do governador Ibaneis.
Região Administrativa de Taguatinga – Karolyne Guimarães dos Santos
Bacharel em direito pela Universidade Paulista, Karolyne Guimarães dos Santos também é professora, especialista em direito tributário e gestão de processos acadêmicos. Desde 2015 atua como secretária-geral da seccional da OAB-DF de Taguatinga.
Ela já está no cargo, pois foi nomeada como administradora de Taguatinga em 15 de dezembro de 2017, pelo então governador Rodrigo Rollemberg (PSB).
              Região Administrativa de Sobradinho I – Eufrásio Pereira da Silva                 
Advogado criminalista e servidor aposentado do Senado, Eufrásio Pereira da Silva é indicação do deputado distrital João Cardoso (Avante). Cardoso foi eleito com 12.654 votos e é nome forte entre os líderes comunitários da cidade.
Eufrásio foi diretor jurídico do Conselho de Lideranças Comunitárias de Sobradinho. Ele é natural de Mara Rosa (GO), mas mora na cidade desde 1962. Ajuda, todos os anos, na realização da Via Sacra da Paróquia da Quadra 13 e promete resolver as demandas de Sobradinho.
Região Administrativa de Ceilândia – Fernando Batista Fernandes
       
Deputado distrital pelo Pros, o delegado Fernando Fernandes teve, em Ceilândia, seu principal colégio eleitoral. Chefiou uma das delegacias de polícia da cidade e ficou conhecido pelo combate ao crime na região.
Região Administrativa de Samambaia – Glayce Helena Barbosa Alves de Almeida
  
Já ocupa o cargo de administradora da cidade por indicação do então governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Possui graduação em pedagogia e especialização em administração da educação, ambas pela UnB. Atualmente, é gestora de Políticas Públicas e Gestão Governamental do GDF e professora classe A da Secretaria de Educação.
Região Administrativa do Lago Sul – Rubens Santoro Neto
Resultado de imagem para Rubens Santoro NetoO advogado Rubens Santoro Neto será Administrador do Lago Sul. Foi o primeiro nome escolhido pelo governador Ibaneis Rocha para comandar regiões administrativas do DF. É morador da cidade, assim como sua família, que reside na região há 45 anos. O advogado também é sobrinho do músico, maestro e compositor Claudio Santoro.
Região Administrativa do Riacho Fundo I – Ana Lúcia Pereira de Melo
A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Artur Nogueira, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Ana Lúcia Pereira de Melo já ocupou o cargo anteriormente. Ela foi nomeada como administradora do Riacho Fundo I em agosto de 2014, ainda na gestão de Agnelo Queiroz (PT). Em janeiro de 2015, no início do governo Rollemberg, foi exonerada da função.
Ela esteve envolvida em processo no qual o ex-deputado distrital Cristiano Araújo (PSD) foi acusado pelo MPDFT de nepotismo. Ana Lúcia Pereira de Melo, esposa do tio dele, foi nomeada para cargo especial em seu gabinete na Câmara Legislativa. A 3ª Vara da Fazenda Pública do TJDFT condenou, em abril de 2017, Araújo e Ana Lúcia por nepotismo. Enquanto estava lotada na Câmara Legislativa, Ana Lúcia de Melo ganhava salário de R$ 14.136,21. Entretanto, a sentença foi revista pela 5ª Turma Cível e ambos foram absolvidos em 13 de dezembro de 2017.
Região Administrativa do Lago Norte – Marcelo Ferreira da Silva
O advogado Marcelo Ferreira da Silva foi assessor jurídico da Administração Regional de Sobradinho de 2004 a 2006 e assessor de gabinete na mesma unidade de 2007 a 2009. Também atuou como assessor de gabinete da Secretaria do Desenvolvimento Social de 2010 a 2011. Marcelo assumiu a gerência da Agência do Trabalhador do Paranoá em 2012, onde ficou até 2013. O administrador do Lago Norte foi empresário do ramo de café por 27 anos.
Região Administrativa da Candangolândia – José Luiz Gonzalez Rodriguez
Resultado de imagem para Região Administrativa da Candangolândia – José Luiz Gonzalez Rodriguez
O agente aposentado da Polícia Civil do DF José Luiz Gonzalez será o responsável pela Candangolândia. Filho de pioneiros, nasceu e mora na região. Gonzalez é ex-presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Candangolândia.
Região Administrativa do Núcleo Bandeirante – Adalberto Ferreira de Paula Carvalho
Resultado de imagem para Região Administrativa da Candangolândia – José Luiz Gonzalez Rodriguez
O sargento da reserva da PMDF Adalberto Carvalho atuou como presidente do Rotary Club no Núcleo Bandeirante e da Associação dos Moradores da Divinéia.
Região Administrativa de Águas Claras – Ney Robsthon Otaviano de Almeida
Ney Robsthon tem MBA pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e atua como empresário. Ele é dono da Quattro Pizza Bar.
Região Administrativa do Riacho Fundo II – Ana Maria da Silva
Ana Maria mora no Riacho Fundo II há mais de 20 anos. Ela está no terceiro mandato como conselheira tutelar. A administradora também é envolvida nas pautas cristãs. Foi coordenadora do Conselho de Mulheres Cristãs do Brasil no Riacho Fundo II e faz parte do ministério de música da Paróquia Nossa Senhora da Medalha Milagrosa. Ela foi indicada pela deputada federal eleita Celina Leão (PP).
Região Administrativa do Park Way – José Joffre Nascimento
José Joffre Nascimento será mantido no cargo de administrador do Park Way, o qual ocupa desde abril de 2018. Natural de Brasília, ele é técnico em agrícola e iniciou a graduação em aviação. Iniciou a vida profissional como piloto de linha aérea e é empresário no ramo de panificação. Antes de assumir a função na administração regional, foi chefe de gabinete da unidade, de 2015 a 2018.
Região Administrativa de Sobradinho II – Alexandre de Jesus Silva Yañez
Alexandre de Jesus Silva Yañez foi o primeiro administrador da Fercal, em 2012. O então governador Agnelo Queiroz (PT) criou a região administrativa em fevereiro daquele ano. Yañez trabalhou até 4 de julho de 2018 como assessor no gabinete do conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal Márcio Michel.
Antes mesmo de assumir a administração, contudo, Yañez tinha vaga garantida no GDF. Isso porque o Diário Oficial do DF (DODF) de sexta-feira (4/1) trouxe sua nomeação como assessor da Secretaria de Educação.
Região Administrativa do Jardim Botânico – João Carlos Couto Lóssio Filho
    
João Carlos Couto Lóssio Filho foi subsecretário do sistema penitenciário durante a gestão Rodrigo Rollemberg (PSB). À época delegado da ativa, ele deixou o cargo em fevereiro de 2016, logo após a maior fuga registrada no Complexo Penitenciário da Papuda.
O integrante da Polícia Civil do DF atuou durante anos no Guará e já foi presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil (Sindepo). Lóssio se aposentou recentemente.
Região Administrativa do Itapoã – Alessander Carregari Capalbo
                
Alessander Carregari Capalbo é natural de Jaboticabal (SP). Membro da Igreja Católica, foi diácono, sacerdote e pároco no Paranoá. Ele é graduado em teologia, possui pós-graduação em docência do ensino superior e educação a distância, tem licenciatura em filosofia e pós-graduação em ciências da religião.
Região Administrativa do Setor Complementar de Indústria e Abastecimento / Setor de Indústria e Abastecimento – Hélio Rodrigues Aveiro
          
Hélio Rodrigues Aveiro é presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Distrito Federal (Sincodiv-DF). Ele se candidatou a deputado distrital pelo PSDB nas eleições de 2014 e obteve 4.718 votos, mas não conseguiu se eleger. Foi indicado por empresários da região.
Região Administrativa de Vicente Pires – Daniel de Castro Sousa
          
Nascido em Itapipoca, no Ceará, Daniel de Castro Sousa é pastor, professor, cientista político e advogado. Ele é formado em direito pela Universidade Paulista (Unip), com pós-graduação em ciências políticas. Foi secretário de Educação em Águas Lindas de Goiás. Faz parte da mesa convencional nacional do Ministério de Madureira. Pelo PSC, ele se candidatou a deputado distrital nas eleições de 2018. Com 11.510 votos, foi o 29º mais votado, mas não se elegeu.
Região Administrativa da Fercal – Fernando Gustavo Lima da Silva
Foi administrador interino do Sudoeste no governo Agnelo Queiroz (PT) e chefe de gabinete da Administração Regional do Itapoã na gestão Rollemberg (PSB). Assessorou a presidência do Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev).
Região Administrativa do Cruzeiro – Felippe Rodrigues Oliveira
           
Felippe Rodrigues Oliveira é produtor cultural, músico, professor audiovisual e líder comunitário do Cruzeiro. Ele é formado em música pela Universidade Federal da Bahia (UFBa). Oliveira atuou como presidente do Conselho de Cultura do Cruzeiro entre 2016 e 2018. O administrador da região também é empresário: sócio do Ateliê Vivi Dourado e dono da Felippe Rodrigues Music Produções e Eventos.
Região Administrativa do Sudoeste/Octogonal – Mário Lúcio de Oliveira
     
Mário Lúcio de Oliveira é bacharel em turismo e tem pós-graduação em ecoturismo, além de MBA em avaliação de impacto ambiental. O empresário foi secretário de Meio Ambiente e Limpeza Urbana de Formiga (SP) e presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Codema) entre 2003 e 2004.
Fonte: EG NEWS com Informações do Metropolis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here