CLDF debate a construção do Polo da UnB na região do Paranoá.

CLDF debate a construção do Polo da UnB na região do Paranoá

A Universidade de Brasília, por meio do seu Núcleo de Extensão Universitária, desde a década de 1980, desenvolve junto a população do Paranoá projetos ligados a movimentos sociais nas áreas de saúde e educação, como, por exemplo, o projeto de Educação de Jovens e Adultos, na região do Paranoá em parceria com o Centro Educacional D´Paula (CEDEP). “De lá para cá vários foram os projetos desenvolvidos pela UnB na região. O Paranoá também já foi foco para várias dissertações e teses de mestres e doutores da UnB sobre os mais diversos temas sociais”, destaca o distrital Wasny.

De acordo com o distrital, em 2011, a Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (SEDHAB), assegurou uma área de 41 mil metros quadrados com objetivos de migrar parte das atividades da Universidade de Brasília para a região do Paranoá Parque da RA VII. Por sua vez, o centro acadêmico optou pelo segmento da saúde para aquele futuro polo de extensão universitária. “Agora, o grande desafio é a construção da edificação do Polo da UnB no local”, declara.

Dentre os convidados para o debate, estão confirmadas as presenças da presidente do Centro Cultural e Desenvolvimento do Paranoá, Leila Maria, do representante da Coordenadoria da Regional de Ensino do Paranoá e Itapoã Isac Aguiar, da representante dos Estudantes do CEM 01 do Paranoá, Lara Anina, do assessor da diretoria da FUNEB, Eron Sena, do vice-diretor da escola, Samuel Wvilde, e do Administrador do Paranoá, Eduardo Rodrigues

Walter Rodrigues (estagiário) – Coordenadoria de Comunicação Social