Saidão da Independência: mais de mil presos estão nas ruas do DF

0
Saidão da Independência: mais de mil presos estão nas ruas do DF
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na última soltura temporária, 14 presidiários não voltaram à cadeia

Segundo a Secretaria de Segurança (SSP-DF), só pode usufruir do saidão quem atender os requisitos da Vara de Execuções Penais, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (VEP/TJDFT). Entre eles não ter cometido nenhuma infração no último semestre. Além disso, a pessoa precisa cumprir pena em regime semiaberto e ter autorização de trabalho externo ou saída temporária.

Fugas

Quem não retornar na segunda-feira (10) será considerado foragido, pode perder o direito o direito em próximas ocasiões e terá de responder a inquérito disciplinar.

No último saidão, o do Dia dos Pais, ocorrido entre os dias 10 e 13 de agosto,  entre os 14 presos não retornaram estava Lucas Braz de Lucena Júnior de 23 anos. Ele foi o responsável por provocar um acidente com três mortos e diversos feridos na véspera do dia dos pais, em 11 de agosto, no Eixão Sul. O acusado estava preso desde 2015, quando foi condenado a oito anos por roubo. Ele se envolveu em uma perseguição policial após roubar um carro na 505 Sul e fazer tia e sobrinho reféns.

Denúncias
Qualquer pessoa pode fornecer informações anonimamente sobre os detentos pelos telefones 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil), via WhatsApp (61) 9 8626-1197 da Polícia Civil ou no número (61) 3339-1345 (DPOE – Sesipe).

Fonte: Jornal de Brasilia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here