28 C
Brasília, BR
segunda-feira, novembro 12, 2018
Início Notícias Nacional Ex-marido acusado de matar funcionária pública é encontrado enforcado em mata

Ex-marido acusado de matar funcionária pública é encontrado enforcado em mata

0

O caso foi registrado como suicídio; o veículo dele estava próximo ao local

Ilse Tomé, de 48 anos, acusado de assassinar sua ex-esposa, a funcionária pública Marta Alves Martins, de 40 anos, na manhã desta segunda-feira (05), por não aceitar o fim do relacionamento, foi encontrado morto em uma região de mata na zona rural de Sinop (500 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, ele foi encontrado enforcado por uma corda, pendurado em uma árvore, 50 metros dentro da mata.

A Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas pela Policia Militar e o corpo de Ilse foi encaminhado para a necrópsia.

O carro dele estava estacionado na estrada que dá acesso à mata. No boletim de ocorrência consta que o suspeito teria dirigido sozinho com o carro até lá, visto que a chave do veículo foi encontrada em seu bolso. Além disso, uma faca também foi encontrada perto dele.

O carro foi entregue à filha do casal, de 24 anos, que também foi quem acionou a Polícia Militar na casa da mãe.

A funcionária da prefeitura de Sinop Marta Alves Martins foi encontrada morta dentro de sua casa, no Bairro Residencial Delta, em Sinop, por volta das 8h35 desta segunda-feira.

Conforme o boletim de ocorrência, a filha do casal que acionou a Polícia Militar, afirmando que estava em frente à casa da mãe e que algo estranho teria acontecido, visto que seu pai não aceitava a separação.

Os policiais foram até a casa e encontraram o corpo de Marta no quarto. Eles acionaram a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros – que constatou o óbito –, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil foi até a casa e encontrou o local isolado pela PM. A vítima de feminicídio estava apenas com a blusa, nua na parte de baixo do corpo, com um fio de carregador enrolado no pescoço e uma faca de cozinha cravada em seu pescoço.

Nesse momento, o ex-marido dela, Ilse Tomé, se tornou suspeito do crime. Segundo a filha do casal, o pai estava ficando em sua casa, visto que a mãe tinha uma medida protetiva contra ele.

“Hoje pela manhã, ao acordar, notou que seu pai havia saído e que sua faca de cozinha havia sumido. Mais tarde a filha recebeu uma ligação da cunhada de seu pai dizendo que havia acontecido alguma coisa na casa de sua mãe”, consta no boletim de ocorrência.

Ilse tinha ligado para a cunhada pelo celular de Marta dizendo que estava com o carro dela e informando sua localização, onde, 2 horas e meia depois, foi encontrado morto.

Fonte: Livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here