Mulher que atropelou e matou idosa é indiciada por homicídio doloso

0
Mulher que atropelou e matou idosa é indiciada por homicídio doloso
Reprodução/Facebook

Acidente ocorreu na Esplanada. Exame constatou consumo de maconha e polícia concluiu que a jovem assumiu o risco de matar.

A jovem de 22 anos que atropelou a idosa Rose Marie Flexa Medeiros, 73, em março deste ano, foi indiciada por homicídio doloso (quando há intenção de matar). Segundo a polícia, Juliana Guimarães Cirillo assumiu o risco por ter consumido drogas e dirigir em seguida. Exames de urina comprovaram o uso de maconha no dia do ocorrido.

No dia 3 de setembro a denúncia foi encaminhada ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), e em breve deve ser apresentada à Justiça. Em depoimento, Juliana afirmou ter consumido um chá, conhecido como ‘santo daime’. Porém, durante os exames não foi possível constatar o consumo da bebida.

No dia do acidente, ocorrido pouco antes das 18h do dia 7 de março, Rose foi encontrada ainda com vida e socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito ainda no local.

A motorista trafegava pela Esplanada dos Ministérios quando perdeu o controle do veículo, invadiu a calçada e atingiu a mulher, em frente ao Ministério da Saúde. Segundo testemunhas, Juliana Guimarães dirigia em alta velocidade. A condutora foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e transportada para o o Instituto Hospital de Base (IHBDF).

Fonte: CBMDF

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here