Confira a análise do plano de governo de Henrique Meirelles

0
Confira a análise do plano de governo de Henrique Meirelles
REUTERS/Paulo Whitaker

Plano chamado Pacto pela Confiança tem cinco prioridades: Brasil Mais Forte; Brasil Mais Justo; Brasil Mais Integrado; Brasil Mais Humano; e Brasil Mais Seguro

A economia é o lado mais forte de Meirelles, engenheiro civil de formação, com especialização em Administração. Em 1974, aos 29 anos, ingressou no BankBoston, instituição onde trabalhou por 28 anos, presidindo-a, no Brasil, entre 1984 e 1996, quando foi escolhido pelo conselho do banco como presidente mundial, permanecendo por três anos no cargo. No período, aproximou-se do grupo que auxiliava o governo do democrata Bill Clinton. Mas, com sua aposentadoria do BaknBoston, em 2002, regressou ao Brasil e iniciou a vida política.

Nas urnas, Meirelles teve apenas uma experiência, bem sucedida. Pelo PSDB, recebeu mais de 183 mil votos e tornou-se deputado federal por Goiás. Mas não exerceu o mandato um dia sequer, já que foi escolhido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para presidir, com total autonomia, o Banco Central do Brasil – chegou a receber, em 2005, o statis de ministro de estado. Desfiliou-se do partido e abraçou o plano de Lula.

À frente do BC, Meirelles comandou um ciclo de aumento das reservas, que passaram de R$ 38 bilhões para R$ 380 bilhões em oito anos, e de crescimento do PIB, com taxa média de 3% ao ano – chegando a 6,1% em 2007. Paralelo a isso, conseguiu trazer a inflação de 12,5% para um patamar em torno de 6% ao ano.

Escolhido por Michel Temer para acalmar os mercados após o turbulento segundo mandato de Dilma Rousseff, o czar da economia conseguiu estabilizar a economia depois do impeachment da presidente. Mas deixou o governo sem aprovar a Reforma da Previdência.

Saiba mais

O programa de governo de Henrique Meirelles, chamado de Pacto pela Confiança, tem cinco prioridades: Brasil Mais Forte; Brasil Mais Justo; Brasil Mais Integrado; Brasil Mais Humano; e Brasil Mais Seguro. Os pontos fora analisados pela parceria entre o Conselho Federal de Administração (CFA) e o Jornal de Brasília.

O eixo principal da prioridade Brasil Mais Forte é a criação de empregos, baseada em aquecimento da economia. É a proposta mais extensa do programa de governo do candidato.

A proposta mais forte da prioridade Brasil Mais Justo é o foco na educação infantil. Já em Brasil Mais Integrado, o ponto alto é o investimento em infraestrutura, logística e mobilidade.

A prioridade Brasil Mais Humano tem como eixos o investimento em saúde básica. Já em Brasil Mais Seguro, a meta mais forte é o investimento em um programa de segurança pública, para resgatar a confiança da sociedade.

As 13 áreas do plano de governo

Gestão

Henrique Meirelles trabalhará para que o orçamento federal seja mais transparente e impositivo, formato que poderá fazer da discussão em torno de receitas e despesas do Governo Federal, pelo Congresso, “um dos pontos mais importantes da atividade parlamentar, como nas democracias maduras”. O Brasil mais forte de Meirelles deve, ainda, tornar os serviços públicos e as ações de governo mais acessíveis aos cidadãos, a partir de novas tecnologias, “colocando o Governo Federal verdadeiramente no século 21”. Os governos precisam andar na mesma velocidade da sociedade. O candidato pretende fazer isso com a criação de um Gabinete Digital ligado diretamente ao presidente da República.

Saúde

São metas do plano de governo de Meirelles ampliar os serviços de atenção básica e a coordenação das redes de atenção à saúde; fortalecer e ampliar a cobertura do Programa Saúde da Família; facilitar o acesso da população a consultas e exames por meio da informatização das unidades de saúde; promover o saneamento e a recuperação financeira dos hospitais flantrópicos e das Santas Casas e retomar os mutirões da saúde.

Educação

O candidato foca seu programa na educação infantil e quer criar o Pró-Criança, oferecendo, nos moldes do Prouni, o direito de as famílias atendidas pelo Bolsa Família optarem por colocar os filhos em creches particulares.

Privatizações

Henrique Meirelles fala em “pulverizar” a participação da União na Petrobras, no Banco do Brasil e na Caixa, mas tem ressalvas à privatização de bancos, pelo risco de o comprador ser uma das outras instituições financeiras brasileiras, diminuindo assim a concorrência.

Programas Sociais

O candidato flexibilizou seu discurso para incluir atenção à área social e passou a elogiar programas como o Bolsa Família.

Reforma Trabalhista

Henrique Meirelles é favorável à medida, já afirmou que a legislação trabalhista do Brasil “não foi feita para o mundo de hoje”.

Previdência Social

O candidato diz que a Reforma da Previdência é inevitável, sob pena de inviabilizar o funcionamento do estado. Ele defendeu a proposta do governo, argumentando que seriam afetados os que ganham mais e se aposentam mais cedo.

Segurança Pública

Henrique Meirelles defende a contratação de efetivo policial e investimento em equipamentos e inteligência. O aumento do policiamento por meio de parcerias público-privadas, além da reforma do sistema penitenciário nacional, também está no seu discurso.

Teto dos Gastos Públicos

Como ministro da Fazenda de Michel Temer, ele foi um dos responsáveis pela proposta que congelou gastos da União por 20 anos e considera a medida necessária para o equilíbrio das finanças públicas.

Política Econômica

O candidato diz que a “solução óbvia” é reduzir os gastos públicos, em especial os custos de pessoal e da Previdência Social. Pretende incentivar a atividade econômica com a redução dos impostos sobre consumo.

Geração de Empregos

A meta de Henrique Meirelles é fazer o País voltar a crescer 4% ao ano e retomar a geração de empregos. Também pretende facilitar a inserção dos jovens no mercado de trabalho, expandindo a oferta de vagas no ensino técnico e incentivando o primeiro emprego e simplificando e informatizando todo o processo de gestão de mão de obra.

Meio Ambiente

O Governo Meirelles seguirá com os objetivos do Acordo de Paris, elevando a participação de bioenergia sustentável na sua matriz energética, incentivando o reflorestamento e estimulando o investimento em energias renováveis.

Combate à Corrupção

O programa sinaliza com uma maior abertura para a população. Os órgãos de controle fiscalizarão o relacionamento entre o público e o privado.

Fonte: Jornal de Brasilia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here