Lula, Dirceu e PT dividiram propinas do Pré-sal, aponta Renato Duque

0

O ex-diretor de serviços Petrobrás da confessou ao juiz relator da Lava Jato, Sérgio Moro, o recebimento de US$ 3,8 milhões pelos petistas

Reprodução
O ex-diretor da serviços da Petrobras Renato Duque afirmou, nesta sexta-feira (3/8), em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, que Luiz Inácio Lula da Silva, José Dirceu e o Partido dos Trabalhadores (PT) repartiam a propina arrecadada por meio das plataformas pré-sal. A informações é do blog Fausto Macedo.

Ainda segundo o blog, os contratos somavam mais de US$ 20 bilhões. O ex-diretor confessou a Moro o recebimento de US$ 3,8 milhões e que o deposito foi efetuado em uma conta aberta na cidade de Milão, na Itália.

Duque afirmou que os dois terços destinados ao PT e Lula eram oriundos de pagamentos de empreiteiras brasileiras, por exemplo, Odebrecht, OAS e UTC.

Já fundos de empresas internacionais seriam destinados aos que formavam o grupo descrito como “Casa” (executivos da Petrobras e da Sete Brasil).
Fonte: Metropolis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here