Ronaldo Caiado anuncia primeiros nomes da nova equipe de governo

0

Na manhã desta terça-feira, 11, o governador eleito Ronaldo Caiado anunciou os primeiros nomes dos secretários que vão compor a sua equipe de governo a partir de 1° de janeiro. Caiado enfatizou que a escolha foi realizada de maneira criteriosa, para que o perfil dos ocupantes de cada secretaria estivesse de acordo com as demandas e desafios das pastas. “Existe uma estrutura montada há 20 anos e o povo nos elegeu com o objetivo de mudar a prática política em Goiás, mas com o cuidado de priorizar o que é fundamental para o Estado: o cidadão” ressaltou o governador eleito.

Caiado explicou que as escolhas tiveram como embasamento a competência, transparência e eficiência nos resultados. “Baseado nesse tripé estou apresentando parte do secretariado para darmos andamento ao processo de instalação do governo a partir de janeiro. O atual governador fez questão de dizer que todas as secretarias estão abertas para que nossos secretários comecem a trabalhar a partir de hoje para buscar informações e detalhes sobre a realidade de cada pasta”, comentou Ronaldo Caiado.

O governador eleito comentou também a sanção da Lei de reinstituição dos incentivos fiscais. Para Caiado, a aprovação do projeto na Assembleia foi um passado importante para garantir conquistas fundamentais para o exercício de 2019. “Garantimos as mudanças necessárias para que a partir de janeiro possamos financiar parte do déficit orçamentário que vai girar em torno de R$ 1 bilhão. Consolidamos um grande passo para implantarmos mudanças e as outras virão a partir de agora com a instalação dos novos secretários”, enfatizou.

Confira o nome e o perfil dos secretários anunciados:

Rodney Rocha Miranda (Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social – SESD)

Delegado aposentado da Polícia Federal, Rodney Rocha Miranda tem 54 anos e é formado em Administração e Direito pela UNIUDF, pós-graduado em Carreiras Jurídicas pela Escola Superior da Magistratura do DF e em Segurança Pública pela ANP/DPF/MJ. Foi integrante da Comissão de Reforma das Leis Criminais e autor do texto que originou o projeto de criação do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). Foi por duas vezes secretário de Segurança do Espírito Santo (2003-2005 e 2007-2010) e também secretário de Defesa Social de Pernambuco (2006). Foi prefeito de Vilha Velha (2013-2016) e deputado estadual (2011-2012).

Ricardo José Soavinski (Presidência da Saneago)

Oceanógrafo formado pela Universidade do Rio Grande, Ricardo José Soavinski tem 55 anos, é analista Ambiental Federal de carreira e atual presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Foi presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), secretário nacional de Recursos hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná e presidente do Conselho Fiscal da Paraná-Previdência.

Adriano da Rocha Lima (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Inovação – SEDI)

Engenheiro formado em Engenharia Elétrica e Telecomunicações pela PUC-Rio, Adriano da Rocha Lima tem 46 anos e é pós-graduado em Planejamento Estratégico de Redes pela Telia Academy (Kalmar-Suécia) e em Administração Executiva de Negócios pela COPPEAD/UFRJ. É mestre em filosofia pela UFRJ e já atuou como engenheiro da Nortel (multinacional de tecnologia da Flórida, nos EUA) e da Promon Eletrônica. Foi diretor de engenharia da Claro Brasil e também fundador e CEO da WebRadar.

Ismael Alexandrino (Secretaria de Estado de Saúde – SES)

Médico formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Pernambuco com Fellow em Terapia Intensiva pela Universidade de Milão e Bolonha, Ismael Alexandrino é atual diretor-presidente do Instituto Hospital Base e também conselheiro titular do Colegiado Gestor da Saúde do Distrito Federal. Tem MBA em Gestão da Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, foi da diretoria Médica Executiva da DASA, chefe da UTI do Hospital Regional do Gama, Diretor Geral do Hospital de Base do Distrito Federal, superintendente de Saúde da Região Sul do DF e secretário Adjunto de Gestão da Saúde do Distrito Federal.

Marcos Ferreira Cabral (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDS)

Prefeito de Santa Terezinha de Goiás pelo terceiro mandato (1997-2000; 2009-2012; 2016-2018), Marcos Ferreira Cabral é filiado ao Democratas e foi um dos fundadores do PFL em Goiás. Tem 49 anos, é formado em Gestão Pública e também técnico em Mineração e em Pavimentação Asfáltica. Já foi vereador em Santa Terezinha de Goiás, diretor do programa Asfalto Novo da Agetop e um dos coordenadores em Goiás da campanha de Ronaldo Caiado à Presidência da República, em 1989.

Wilder Morais (Secretaria de Indústria e Comércio)

O senador Wilder Morais (DEM) nasceu na cidade de Taquaral (GO) em 1968. Tem 50 anos de idade. Formou-se em Engenharia Civil, na antiga Universidade Católica de Goiás (UCG), hoje Pontifícia Universidade Católica (PUC). Wilder assumiu vaga no Senado em 2012. Apesar de não ter experiência na área política, é considerado uma das grandes revelações no Senado por sua capacidade de articular a liberação de emendas e recursos para Goiás. Nesse período, Wilder conseguiu trazer para o Estado cerca de R$ 4,5 bilhões, recursos utilizados em todas as áreas e destinados a todos os municípios. Sua capacidade de diálogo e a parceria com os municípios ajudaram bastante Wilder no Senado. Os recursos vieram para as áreas da saúde, educação, infraestrutura e outras situações. Wilder é também o responsável por implantar as universidades federais de Jataí e de Catalão, além de ter aprovado no PPA a criação das universidades do Norte e Nordeste do Estado.

Marcos Roberto Silva (Presidência do Detran)

Advogado com pós-graduação em direito civil e processual civil, foi sócio-fundador do escritório Rios e Silva Advogados Associados S/S, membro da comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-GO 2010/2012 e 2013/2015. Foi Procurador da Câmara Municipal de Mozarlândia 2011 a 2013. Atualmente é Tesoureiro e procurador estadual do Democratas em Goiás.

José Sóter Arantes de Faria (Diretoria operacional do Detran)

Gestor público em contratos e licitações. Trabalhou na Celg D por 33 anos, onde atirou como presidente da Comissão de Licitações da Celg. Foi também Membro dos conselhos de Administração e Fiscal da CelgPar.

Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt (Secretaria de Estado da Fazenda – SEFAZ)

Mestre e doutora em Economia pela EPGE/FGV, Cristiane Alkmin Junqueira é conselheira do CADE, professora da FGV e parecerista da Revista de Direito Administrativo da FGV Direito Rio. Foi secretária-adjunta da Seae/MF, gerente-geral de assuntos corporativos da Embratel, economista do Ibre/FGV, diretora do departamento econômico do Family Office do Grupo Libra e economista do Itaú Asset. Foi também gerente estratégica da Cementos Progreso, diretora da ONG Pacunam (ambos na Guatemala), diretora do departamento econômico da Compañia de Comércio e Exportación e diretora adjunta da Autoridade de Desenvolvimento Local, ambos em Porto Rico.

Fonte: Conectado ao Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here