BRASÍLIA

Carol Solberg poderá ser punida com suspensão de 6 meses

Publicados

em

Carol Solberg será julgada nesta terça por fala contra Bolsonaro

Atleta pode ser punida com suspensão de até 180 dias

Carol Solberg será julgada nesta terça-feira Foto: Reprodução

Após gritar “Fora, Bolsonaro” durante entrevista ao vivo depois de conquistar a medalha de bronze na primeira etapa do Circuito Brasileiro do Vôlei de Praia nesta temporada, em Saquarema (RJ), a jogadora de vôlei de praia Carol Solberg passará por julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Vôlei nesta terça-feira (6) e pode sofrer duras punições.

Como base para uma possível punição está o regulamento do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia que diz que “o jogador se compromete a não divulgar, através dos meios de comunicações, sua opinião pessoal ou informação que reflita críticas ou possa, direta ou indiretamente, prejudicar ou denegrir a imagem da CBV e/ou os patrocinadores e parceiros comerciais das competições”.

2 Atleta que criticou Bolsonaro é denunciada ao STJD
3 Comissão de atletas de vôlei repudia fala de Carol Solberg
4 Marcelinho critica os que usam a Globo para atacar Bolsonaro
5 Web se manifesta contra atleta que criticou Bolsonaro

Leia Também:  Regularização fundiária do Itapoã vai beneficiar mais de 50 mil famílias

O julgamento ocorre nesta terça, às 18 horas, e ela será defendida pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. A atleta pode ser multada entre R$ 100 e R$ 100 mil e ser vetada de competir por até seis partidas, além de suspensão de 15 a 180 dias ou advertência. Em caso de condenação, há a possibilidade de recurso junto ao Órgão Pleno do STJD.

A dinâmica do julgamento começará com as sustentações orais do advogado de defesa de Carol, Leonardo Andreotti, especializado em direito esportivo e ex-presidente desse mesmo STJD, e o subprocurador Wagner Dantas. Carol fala em seguida. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, que faz parte da banca dos advogados da jogadora, não irá falar.

O subprocurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Wagner Dantas, denunciou Carol Solberg com base nos artigos 191 (deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição) e 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Leia Também:  Claudio Abrantes entrega Campo Sintético no Vale do Amanhecer

Postagem: http://temporarioegnews.com.br

Fonte: Pleno.News

COMENTE ABAIXO:

Homem corre para fugir do flagrante, mas é detido por tráfico

Publicados

em

Por

Um homem foi detido por tráfico de drogas pelos policiais militares do Grupo Tático Operacional do 13º Batalhão (Gtop 33), às 17h deste sábado (19) na Fercal.
O Gtop 33 foi informado de um tráfico de entorpecente na região. Ao chegar no local, dois indivíduos ao perceberem a presença policial e correram. Um deles foi alcançado pelos policiais, mas antes disso dispensou algumas porções de maconha na varanda da casa.
Nessa mesma varanda foram encontradas 3 balanças de precisão. O indivíduo foi conduzido pra 13°DP e preso em flagrante por tráfico de substâncias entorpecentes.

PMDF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Tudo indica que um dos candidatos ao Senado pelo PSB é Acilino Ribeiro
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA