BRASÍLIA

Mesmo na pandemia, GDF avançou na regularização de 8 condomínios. Confira

Publicados

em

Juntas, essas regiões abrigam 5.666 pessoas. Números de alvarás de construção praticamente triplicaram na comparação com 2019

Vista do DFIGO ESTRELA/METRÓPOLES

Entre os meses de abril e julho, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, o Governo do Distrito Federal (GDF) avançou na regularização de oito áreas, ondem vivem 5.666 pessoas. No mesmo período, o número de alvarás de construção praticamente triplicou.

O Conplan ainda tirou da ilegalidade os condomínios Residencial Serra Dourada II e Vila Rica, ambos localizados em Sobradinho II. Mas, nestes casos, os moradores precisam cumprir exigências de adequação nos projetos urbanísticos nas áreas.

Durante o período, o governo também publicou dois decretos a fim de tornar legal duas áreas na Etapa 3 do Arapoanga, em Planaltiba: a URB 147/09 e a URB 148/09.

Juntas, as essas localidades representam 270.052,62 metros quadrados regularizados. No caso das regiões contempladas pelos decretos, somadas, significam a regularização de 2.245.737,35 metros quadrados.

Na avaliação do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação do DF (Seduh), Mateus Oliveira, o desempenho da pasta foi positivo, apesar das dificuldades impostas pela pandemia.

Leia Também:  Detran flagra veículo com 306 multas no Distrito Federal

“Estamos muito satisfeitos com os resultados alcançados. Demonstram que, apesar da pandemia, a equipe da Seduh, em teletrabalho, vem mantendo a produtividade em alta”, afirmou Mateus.

Após a aprovação do Conplan, a regularização depende de decreto do Executivo local. No caso de áreas particulares, o processo segue para a última etapa, quando o proprietário dá entrada no cartório.

Além das regularizações, a Seduh expediu 618 alvarás de construção. Ou seja, mesmo com o teletrabalho autorizou aproximadamente 6 obras por dia. No mesmo período de 2019, foram emitidos 212. Entre abril e julho deste ano, foram expedidas, ainda, 132 cartas de Habite-se.

Por outro lado, a secretaria aprovou 215 projetos de arquitetura, referentes a 1.364.180,99 metros quadrados. No mesmo recorte de 2019, o total foi de 270, contemplando 1.761.111,31 metros quadrados.

Leia Também:  Vetada ampliação de licenças remuneradas para professores do DF
Regularização via PPP

Nessa sexta-feira (31/7), o GDF, o governo federal e moradores da Fazenda Sálvia – em Sobradinho – deram início a um novo projeto de regularização, via parceria público-privada (PPP). A região tem 12 mil imóveis. Aproximadamente 240 famílias residem na área.

A medida vai proporcionar a arrecadação de R$ 240 milhFões ao cofres públicos. Em linhas gerais, a iniciativa privada conduzirá o processo a partir convênio com a Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Homem corre para fugir do flagrante, mas é detido por tráfico

Publicados

em

Por

Um homem foi detido por tráfico de drogas pelos policiais militares do Grupo Tático Operacional do 13º Batalhão (Gtop 33), às 17h deste sábado (19) na Fercal.
O Gtop 33 foi informado de um tráfico de entorpecente na região. Ao chegar no local, dois indivíduos ao perceberem a presença policial e correram. Um deles foi alcançado pelos policiais, mas antes disso dispensou algumas porções de maconha na varanda da casa.
Nessa mesma varanda foram encontradas 3 balanças de precisão. O indivíduo foi conduzido pra 13°DP e preso em flagrante por tráfico de substâncias entorpecentes.

PMDF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Economia leiloa 160 mil carteiras e cadeiras da rede pública
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA