BRASÍLIA

Rede Globo despenca: Escândalos e mais escândalos assombram a emissora.

Publicados

em

Advogada de vítimas de assédio de ex-diretor da Globo abre o jogo e conta detalhes dos abusos

Marcius Melhem

Escândalos e mais escândalos assombram a emissora.

Talvez uma das maiores indecências que já aconteceram dentro do canal seja o caso envolvendo o humorista e ex-diretor Marcius Melhem, acusado de assédio por várias mulheres da emissora.

No total, são seis vítimas de assédio sexual e seis testemunhas que recentemente decidiram que a advogada criminalista Mayra Cotta, irá assessora-las no caso.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, a advogada contou detalhes dos relatos das vítimas.

Segundo Mayra Cotta, Marcius é um chefe que se vale de sua posição para tentar usar o poder que tinha de contratar ou demitir para constranger as vitimas a se envolver com ele.

“Houve um comportamento recorrente, de trancar mulheres em espaços e as tentar agarrar, contra a vontade delas. De insistir e ficar mandando mensagem inclusive de teor sexual para mulheres que ele decidia se iam ser escaladas ou não para trabalhar, se ia ter cena ou não para elas [nos programas de humor]. De prejudicar as carreiras de mulheres que o rejeitaram. De ficar obcecado, perseguindo mesmo. Foi um constrangimento sistemático e insistente, muito recorrente”, disse a advogada.

E prosseguiu:

“Ele isolava as atrizes, tinha o poder de não as deixar ir para outros lugares [na emissora], fazer outras coisas. E criava um ambiente de trabalho tóxico. As pessoas se sentiam presas, sem conseguir se livrar daquilo. Ele usava situações de trabalho para as tentar agarrar à força, inclusive usando violência. […] De agarrar, de as colocar contra a parede, tentar beijar à força. Isso é bastante violento.”

E mais:

“Foram casos de assédio sexual mesmo. De mulheres falando não, não quero, me solta, não vou beijar, não vou ficar com você. E ele tentando, agarrando. Não tem zona cinzenta, isso é violência. E aí tem algo muito sério: ele era chefe delas. Ele tinha uma posição de poder.”

A jornalista Mônica Bergamo ainda publicou uma cronologia das denúncias:

Leia Também:  Gerson Vicente: uma “fábrica de empregos” para o DF

. Em dezembro de 2019, Marcius Melhem é denunciado por assédio sexual pela atriz e humorista Dani Calabresa

. Em março de 2020, Melhem deixa a direção do núcleo de programas de humor da Globo e pede licença das funções de roteirista e ator alegando motivos pessoais

. Em 14 de agosto, Melhem encerra sua trajetória na Globo. Em nota, a emissora afirma que a decisão se deu ‘de comum acordo’ e que a relação com ele foi uma ‘parceria de 17 anos de sucessos’

. Após os elogios, uma carta é enviada ao diretor-geral da emissora, Carlos Henrique Schroder. Por meio dela, um grupo de cerca de 30 contratados da emissora —na sua maioria atrizes, mas também atores e profissionais de outras áreas— manifestam descontentamento com o encaminhamento do processo

. Em 20 de agosto, a diretora de desenvolvimento e acompanhamento artístico da TV Globo, Mônica Albuquerque, realiza a primeira reunião com o grupo

. No dia 21 de agosto, ocorre um novo encontro, desta vez com a diretora de compliance, Carolina Junqueira. O descontentamento, no entanto, permanece.

Leia Também:  Governo libera R$ 15,9 bilhões de crédito a microempresas

Postagem: http://temporarioegnews.com.br

Fonte: Jornal da Cidade Online

COMENTE ABAIXO:

Homem corre para fugir do flagrante, mas é detido por tráfico

Publicados

em

Por

Um homem foi detido por tráfico de drogas pelos policiais militares do Grupo Tático Operacional do 13º Batalhão (Gtop 33), às 17h deste sábado (19) na Fercal.
O Gtop 33 foi informado de um tráfico de entorpecente na região. Ao chegar no local, dois indivíduos ao perceberem a presença policial e correram. Um deles foi alcançado pelos policiais, mas antes disso dispensou algumas porções de maconha na varanda da casa.
Nessa mesma varanda foram encontradas 3 balanças de precisão. O indivíduo foi conduzido pra 13°DP e preso em flagrante por tráfico de substâncias entorpecentes.

PMDF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Gustavo Bebiano ex-aliado do presidente Bolsonaro morre de infarto fulminante
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA