BRASÍLIA

BICADA DA ÁGUIA

Renato Riella: Caminhoneiros decidem parar em 1º de Novembro

Publicados

em

A semana começa com preocupação pelo posicionamento dos caminhoneiros do Brasil, que estão em “estado de greve” por 15 dias.

Caso as reivindicações do grupo, que incluem a queda do preço do diesel, não sejam atendidas, a categoria parará em 1º de novembro.

Eles insistem na volta da aposentadoria especial – concedida depois de 25 anos de contribuições previdenciárias – e na tabela de frete, o chamado “piso mínimo”, que hoje está sob análise do Supremo Tribunal Federal.

Entidades representativas da classe dizem que a categoria está na beira do abismo. Ao contrário da manifestação de 7 de setembro, este movimento congrega maior número de associações representativas dos caminhoneiros.

Com isso, o Governo terá de concentrar esforços de negociação ao longo da semana.

 

 JULGAMENTO – Procuradoria Geral Eleitoral afirma formalmente que deve ser julgada improcedente a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão, declarando que não existem ilícitos na conduta descrita pelo Partido dos Trabalhadores nas ações.

Corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Ministro Luis Felipe Salomão, liberou o relatório desse processo, que investiga a contratação de serviço de disparos em massa de postagens digitais durante a campanha eleitoral de 2018.

Está próximo o julgamento que definirá o desfecho do caso no Tribunal Superior Eleitoral, praticamente no fechamento do terceiro ano de governo.

  

ALCOLUMBRE – Ministra Rosa Weber (STF) pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue o senador Davi Alcolumbre pela demora em marcar a sabatina do ex-ministro da Justiça André Mendonça.

Na ação, a ministra aborda ação que denuncia o possível cometimento do crime de “concussão” – o ato de uma pessoa usar cargo público para obter vantagem indevida.

O questionamento ocorre porque Mendonça foi escolhido, em 13 de julho, pelo Presidente Bolsonaro, para ocupar a cadeira do ministro aposentado Marco Aurélio Mello no STF.

Leia Também:  Tapete vermelho: cães dos bombeiros voltam de Brumadinho e recebem homenagens no DF

No entanto, até o momento, Alcolumbre nem sequer indicou relator para o processo, além de não ter marcado a sabatina.

CNPM – Câmara dos Deputados pode votar amanhã (19) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 5/21, que altera a composição do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Segundo o texto, o CNMP terá 17 integrantes (ante os atuais 14), sendo cinco indicados ou eleitos pelo Poder Legislativo (hoje são 2).

Cresce a reação dos integrantes do Ministério Público contra este projeto.

 

PRECATÓRIOS – Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, prevê a votação esta semana da proposta que regulamenta o pagamento de precatórios pelo Governo Federal, respeitando o teto de gastos.

A ideia é que a União seja obrigada a pagar, em 2022, apenas R$ 39 bilhões dos R$ 89 bilhões que deve em precatórios.

A diferença de R$50 bilhões seria negociada diretamente entre credores e Governo, o que possibilitaria encontro de contas, compensações, deságios  e outras possíveis soluções.

  

GÁS – Senado pode votar amanhã projeto que prevê subsídios para a compra de botijões de gás de cozinha para famílias de baixa renda.

É criado o programa Gás para os Brasileiros, que poderá financiar até 100% do preço médio do botijão a cada dois meses.

 

AUXÍLIO – Caixa paga esta semana a última parcela do auxílio-emergencial de R$ 300,00.

Por falta de definição no Congresso Nacional, não se sabe ainda se este auxílio poderá ser prorrogado, para aplicação nos meses de novembro e dezembro.

 

DESONERAÇÃO – Supremo Tribunal Federal (STF) está julgando, no plenário virtual, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6632, na qual o Governo contesta a prorrogação pelo Congresso Nacional, até 31 de dezembro, da desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia.

Leia Também:  Maggi diz que suspensão temporária da carne pela Rússia é procedimento comum

Presidente Bolsonaro vetou a prorrogação e o veto acabou derrubado pelo Congresso, levando à contestação judicial.

 

MÉDICO – Hoje é o Dia do Médico.

Congresso Nacional promove às 9h sessão solene em homenagem aos médicos.

 

CPI – A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid do Senado fechou o fim de semana em clima confuso.

Presidente da CPI, Omar Aziz, informou que a apresentação do relatório final pelo senador Renan Calheiros foi marcada para quarta-feira (18).

A votação do parecer foi adiada para dia 26 (terça-feira).

Há pontos polêmicos anunciados que precisam ser esclarecidos por mais uma semana, na tentativa de evitar discussões judiciais.

  

VACINAÇÃO – São 104.352.811 os brasileiros que tomaram a segunda dose da vacina contra Covid-19 ou a dose única. Este número representa 48,92% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 4.298.275 pessoas (2,01%).

ÓBITOS – Média móvel de mortes pelo Covid-19 no Brasil, nos últimos sete dias, ficou em 325 — abaixo da marca de 400 pelo sexto dia seguido.

Ontem foram registrados 130 óbitos, elevando o total a 603.282.

 

AGENDA – Presidente Bolsonaro está hoje em São Roque de Minas (MG), onde lança o projeto Jornada das Águas.

Serão R$ 3,5 bilhões para as bacias do Rio São Francisco e do Rio Parnaíba e outros R$ 2,3 bilhões para as bacias que integram a área de influência dos reservatórios das usinas hidrelétricas de Furnas. Os recursos serão repassados durante 10 anos.

 

 ECONOMIA – Bolsa de Valores surpreendeu na sexta-feira (15), subindo 1,29%, para 114.648 pontos.

E dólar caiu 1,10%, para R$ 5,45.

Por RENATO RIELLA

COMENTE ABAIXO:

BICADA DA ÁGUIA

Pré-Candidatura de Pablo Marçal/Pros já deixa oposicionistas de cabelo em pé

Avatar

Publicados

em

Por

“Em 2023 o Brasil vai ter o presidente mais novo da história do Brasil e em execício do Mundo, tenho 35 idade que é a idade minima exigida” Pablo Marçal

O pré-candidato do PROS à Presidência da República Pablo Marçal, começa a trazer preocupação e chamar a atenção de oposicionistas.

Recém-chegado à disputa e ainda sem pontuar entre os favoritos nas pesquisas de intenção de voto, o jovem influenciador de 35 anos, fenômeno nas redes sociais, hoje com um conglomerado de mais de 20 empresas no Brasil, já começa a deixar os oposicionistas de cabelo em pé.

“O mal na política é ciúme e ego de cada um, e isso eu não tenho” Pablo Marçal

Tão jovem e com tantas vitórias, resolveu se doar um pouco ao seu país. Saíu a procura de partidos, todos que procurou cobraram um valor altissimo (vinte milhões) para o aceitar como pré-candidato.

Em conversa com o amigo pessoal e vice presidente nacional do Pros, Amauri Pinho, surgiu a ideia de levar o presidente nacional Marcos Holanda a São Paulo para convidar Pablo Marçal para que sua pré-candidatura saisse através do Pros, imediatamente aceita pelo presidente e sem ser cobrado qualquer retorno financeiro.

Leia Também:  Bolsonaro: Desenvolvimento e Soberania na Declaração de Brasília dos BRICS

O vice-presidente nacional do PROS, Amauri Pinho, que também é pré-candidato a deputado federal pelo DF, disse que “Marçal será o protagonista das eleições de 2022, é necessário acabar com essa polarização, o povo brasileiro vai ser feliz, nem Messias, nem Luiz, há tempo suficiente para o eleitor conhecer Pablo Marçal, ele será o próximo presidente do Brasil”, concluiu Amauri.

Meu compromisso com o Pros foi ser pragmatico, ser produtivo e engrandece-lo, com a minha chegada ao partido seu quadro de filiados teve um aumento grandioso, mostrei meu projeto e que tenho viabilidade de fazer o partido vencer a cláusula de barreira e hoje tenho parte esmagadora de aprovação no partido.

“O mal na política Brasileira é o ciúme e o ego de cada um, e isso eu não tenho” Pablo Marçal

Com 2,2 milhões de seguidores no Instagram – incluindo figuras tanto da diteira como da esquerda – o coach Pablo Marçal tem certeza que ira mudar o rumo do Brasil, PROSPERAR É A PALAVRA CERTA PARA QUE TUDO ACONTEÇA.

Leia Também:  Brasília e Pirenópolis assinam acordo para programa de Turismo Cívico Pedagógico

Logo traremos mais informações sobre quem é Pablo Marçal.

Fonte: Redação

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?