BRASÍLIA

Renato Riella

Renato Riella: Lira ganhou porque Baleia estava mal acompanhado

Publicados

em

A atrofia ideológica leva pessoas inteligentes a assumirem posturas ridículas, infantis e de má-fé.

Os fanáticos usam argumentos mal intencionados para condenar a vitória de Arthur Lira na Câmara Federal.

Vou apresentar minhas explicações.

Quem tiver competência que derrube minhas análises. Digam onde estou errado.

Lira ganhou votos em grupos como os evangélicos, que nunca votariam nos malucos defensores do aborto, questões gays, etc.

Lira recebeu a totalidade de votos dos ruralistas, até do MDB, que nunca apoiariam um Baleia que se comprometeu com o MST.

A bancada da bala nunca votaria em Baleia.

Além disso, muita gente votou em Lira por detestar Botafogo.

No DEM, ACM Neto fez rebelião a favor de Lira para neutralizar Rodrigo Maia para 2022.

No PSDB, aqueles muitos que detestam Dória não votaram em Baleia.

No PSB, o prefeito eleito João Campos, de Recife, está se aproximando espertamente de Bolsonaro e produziu votos contra Baleia. Etc.

Mas vocês, péssimos em informação política e dominados pela má-fé, falam em compra de votos.

Leia Também:  PF indicia Lula, Palocci, Okamoto e Odebrecht por suposta propina para instituto

Falam em bilhões de liberação de emendas, que são impositivas e vão acabar saindo mesmo.

Com a cumplicidade do povo maluco da GloboNews, é anunciada uma drástica reforma ministerial – que não sairá.

Esses bobinhos tutelados por Miriam Leitão não entendem que, pressionado para tirar ministro, Bolsonaro decide sempre manter a equipe.

Por fim, um fator que ajudou a eleger Lira foi o impeachment. Muita gente que admira Baleia desistiu de votar nesse ótimo deputado porque viram ele comprometido com os malucos que querem botar em votação (para perder no plenário) o impedimento de Bolsonaro.

Se Lira presta – ou não – só saberemos na prática. Mas certamente qualquer um é melhor do que o falso golpista Rodrigo Maia.

Moral da história: a política tem interesses muito anteriores ao dinheiro.

O poder é mais importante do que a verba.

(RENATO RIELLA)

COMENTE ABAIXO:

BICADA DA ÁGUIA

PROS tem candidato a Presidência da República com força para disputar com Jair Bolsonaro.

Avatar

Publicados

em

Por

O Pros oficializou em uma cerimônia em Brasília, na quarta-feira (18), a pré-candidatura à Presidência da República do coach, empresário e influenciador digital Pablo Marçal.

Apresentado pelo vice-presidente nacional do Pros Amauri Pinho, o Presidente nacional do PROS, Marcus Holanda como um visionário e profundo conhecedor da política, acredita na aposta de Amauri e confirma o nome de Marçal para ser o próximo presidente da República.

“Esse é um momento especial onde Deus têm nos abençoado para lançar Pablo Marçal candidato à presidência da República. Não é uma aventura, mas sim, um projeto sério para o Brasil com um candidato com exemplar história de vida, luta, superação, civismo e fé em Deus, e que vai mudar nosso país. Sou fã e eleitor de Marçal”, Marcos Holanda.

Durante a cerimônia, Marçal destacou momentos de sua vida, experiência e visão para o Brasil.

https://www.youtube.com/watch?v=pOeLxIlmNSo

“Eu acredito que o Brasil tem jeito. Se não acreditasse nisso, não me envolveria toda minha vida nisso. Alguém me perguntou dia desses se eu vou colocar meus filhos nisso, e eu respondi que vou colocar tudo o que eu tenho: vou colocar minha esposa, minha vida, meu sangue, meu suor, minhas lágrimas, o que for preciso pra isso acontecer (…)  Na minha campanha não vai ter marqueteiro. Para nossos candidatos vai ter mas na minha não (…) No estilo que outros candidatos já fizeram, Joao Doria não conseguiu sair do lugar, Ciro Gomes também não acelera e outros  que mantém o mesmo estilo também não está funcionando”, Pablo Marçal.

“Networking é mais importante que dinheiro numa eleição. Henrique Meirelles gastou R$ 60 milhões e teve menos votos que Cabo Daciolo, que gastou R$ 80 mil. Ou seja: dinheiro não compra eleição. O que ganha eleição é movimento, não é dinheiro”, completou.

Leia Também:  Um fascinante mergulho em uma floresta de algas

Com milhões de seguidores nas redes sociais, Marçal se mostra preparado para o embate e principalmente para os debates.

O PROS definitivamente entrou no jogo político da sucessão presidencial com um nome que que promete unir o Brasil.

O evento contou com vários pré-candidatos pelo Pros/DF às cadeiras de Deputado Federal e Distrital.

Celivaldo Eloi, presidente do Pros/DF é pré candidato a Deputado Federal pelo DF

Contou também com uma das fortes candidatas a vice-presidente na chapa de Pablo Marçal Dra, Gisele Reis

A doutora Gisele Reis é uma advogada muito conceituada em Brasília, trabalha na TV junstiça, é conhecedora profunda da causa negra e foi candidata a vice de Evandro Pertentence na disputa da OAB/DF 2021. Evandro é filho do eterno presidente da Suprema Corte Sepúlveda Pertence.
Vejam fotos do evento:

 

  

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?