BRASÍLIA

BRASIL 61

Carvão mineral: VI CBCM debate tecnologias sustentáveis

Publicados

em

O VI Congresso Brasileiro de Carvão Mineral (CBCM) acontece entre 29 de novembro e 3 de dezembro e tratará das novas tecnologias de sustentabilidade do carvão mineral no mundo e a criação de novos produtos voltados à Captura de Carbono. Além de pesquisadores nacionais e internacionais, o Congresso contará com personalidades da cadeia produtiva e do governo, como o ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Cesar Pontes e a presidente da Associação Mundial de Carvão Mineral, Michelle Manook.

Além deles, ainda estarão presentes o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Pedro Paulo Dias Mesquita Bento e a vice-presidente para assuntos internacionais do Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha (CSIC), Angeles C. Borrego. “Temos muito trabalho e investimento em tecnologia sustentável e muitos pesquisadores envolvidos, pois o carvão mineral está muito presente no mundo. Essa sustentabilidade do carvão vem através da eficiência e na busca de um combustível de baixo carbono. A presença de tantas personalidades importantes dá ainda mais corpo para essas pesquisas”, conta o presidente da Associação Brasileira de Carvão Mineral, Fernando Luiz Zancan.

Leia Também:  Com sétima alta consecutiva, projeção do PIB brasileiro para 2021 chega a 4,36%

O IV CBCM será totalmente online entre 29 de novembro a 3 de dezembro, e contará com palestras, sessões técnicas, mesas redondas, minicursos e visitas técnicas. A programação completa e as inscrições para o evento podem ser feitas através do site do IV CBCM.
 

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL 61

Semana Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável promove debates até a próxima sexta-feira (10)

Publicados

em

Por

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), deu início, nesta segunda-feira (6), à Semana Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável. O tema deste ano é 20 anos do Estatuto da Cidade – aprendizados e caminhos para a agenda urbana brasileira. As atividades seguem até a próxima sexta-feira (10).

Durante os cinco dias de evento, serão discutidos caminhos para que todas as cidades brasileiras possam adotar estratégias de desenvolvimento urbano sustentável. Além disso, também serão apresentados os avanços na estruturação da nova Política Nacional de Desenvolvimento Urbano (PNDU) e dos Objetivos do Desenvolvimento Urbano Sustentável (ODUS).

“Estamos avançando nos estudos da construção da nossa Política Nacional do Desenvolvimento Urbano, que tem como cerne uma visão estratégica para o território brasileiro, sempre com o desafio de trazer sustentabilidade para o País”, avaliou a secretária Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Sandra Holanda.
Projeto Andus

A parceria entre os governos brasileiro e alemão tornou possível a criação do Projeto de Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Andus). Ao longo dos dois últimos anos, foram promovidos debates para a construção de práticas voltadas a um desenvolvimento urbano mais sustentável e alinhado à PNDU, considerando a diversidade do País.

Leia Também:  Com sétima alta consecutiva, projeção do PIB brasileiro para 2021 chega a 4,36%

Em 2020, ocorreu a primeira fase do Projeto Andus, com debates com seis municípios brasileiros: Anápolis (GO), Campina Grande (PB), Eusébio e Fortaleza (CE), Hortolândia (SP) e Tomé-Açu (PA). Já em 2021, em uma segunda fase, o Projeto selecionou, por meio de Chamada Pública, mais 12 municípios: Amajari (RR), Aracaju (SE), Arapiraca (AL), Cametá (PA), Caruaru (PE), Juiz de Fora (MG), Manaus (AM), Maringá (PR), Naviraí (MS), Rio de Janeiro (RJ), São Nicolau (RS) e Sobral (CE), além do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), que reúne 11 municípios paulistas.

O evento é uma parceria do MDR com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ).

Os interessados em participar dos próximos dias de seminário podem se inscrever neste link.

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.