BRASÍLIA

BRASIL 61

Em Natal (RN), 320 ruas recebem obras de drenagem e pavimentação

Publicados

em

O Governo Federal entregou neste sábado (4), mais uma etapa das obras de saneamento integrado dos bairros de Nossa Senhora da Apresentação e Lagoa Azul, em Natal, no Rio Grande do Norte. Foram concluídas drenagem, pavimentação e rede de águas pluviais de 320 ruas. 

O investimento do Governo Federal na obra, que foi executada pela Prefeitura de Natal, é de mais de R$ 136 milhões. Quase 20 mil famílias de baixa renda da capital potiguar foram beneficiadas. Agora, restam apenas dez ruas com obras ainda em andamento nesses dois bairros.

Construção civil registra melhor desempenho de 2021 em outubro, aponta CNI

Aço: consumo deve crescer 24,3% em 2021

A cerimônia de entrega da obra ocorreu no Loteamento Nordelândia e contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. 
“Quando viemos ao estado do Rio Grande do Norte é para prestar contas, para mostrar de que forma o recurso público está sendo aplicado em benefício da população que mais precisa dessa atividade”, destaca.

Leia Também:  Economia brasileira deve crescer 5,3% em 2021 graças a reformas estratégicas do governo federal, aponta FMI

Também presente à cerimônia, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, destacou a importância das obras. 

“As 300 ruas que estão sendo drenadas e pavimentadas na zona norte, e as seis lagoas de captação, que ninguém tem ideia da dimensão e da magnitude de uma obra como esta. Quantas ruas vão deixar de ser alagadas durante o período do inverno por causa da construção e conclusão dessa lagoa de captação? A questão dos alagamentos na zona norte é um problema recorrente, antigo e que vai ser minimizado, e muito”, reforçou o prefeito.
 

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL 61

Semana Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável promove debates até a próxima sexta-feira (10)

Publicados

em

Por

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), deu início, nesta segunda-feira (6), à Semana Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável. O tema deste ano é 20 anos do Estatuto da Cidade – aprendizados e caminhos para a agenda urbana brasileira. As atividades seguem até a próxima sexta-feira (10).

Durante os cinco dias de evento, serão discutidos caminhos para que todas as cidades brasileiras possam adotar estratégias de desenvolvimento urbano sustentável. Além disso, também serão apresentados os avanços na estruturação da nova Política Nacional de Desenvolvimento Urbano (PNDU) e dos Objetivos do Desenvolvimento Urbano Sustentável (ODUS).

“Estamos avançando nos estudos da construção da nossa Política Nacional do Desenvolvimento Urbano, que tem como cerne uma visão estratégica para o território brasileiro, sempre com o desafio de trazer sustentabilidade para o País”, avaliou a secretária Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Sandra Holanda.
Projeto Andus

A parceria entre os governos brasileiro e alemão tornou possível a criação do Projeto de Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Andus). Ao longo dos dois últimos anos, foram promovidos debates para a construção de práticas voltadas a um desenvolvimento urbano mais sustentável e alinhado à PNDU, considerando a diversidade do País.

Leia Também:  Economia brasileira deve crescer 5,3% em 2021 graças a reformas estratégicas do governo federal, aponta FMI

Em 2020, ocorreu a primeira fase do Projeto Andus, com debates com seis municípios brasileiros: Anápolis (GO), Campina Grande (PB), Eusébio e Fortaleza (CE), Hortolândia (SP) e Tomé-Açu (PA). Já em 2021, em uma segunda fase, o Projeto selecionou, por meio de Chamada Pública, mais 12 municípios: Amajari (RR), Aracaju (SE), Arapiraca (AL), Cametá (PA), Caruaru (PE), Juiz de Fora (MG), Manaus (AM), Maringá (PR), Naviraí (MS), Rio de Janeiro (RJ), São Nicolau (RS) e Sobral (CE), além do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), que reúne 11 municípios paulistas.

O evento é uma parceria do MDR com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ).

Os interessados em participar dos próximos dias de seminário podem se inscrever neste link.

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.