BRASÍLIA

Brasil Alerta

Homem Pateta estaria por trás de suicídio de menino de 11 anos

Publicados

em

Criança disse que precisava “seguir o homem de capuz preto” antes de se atirar de um prédio

Homem Pateta voltou a atacar na internet Foto: Reprodução

“Mãe, pai, eu amo-vos. Agora tenho de seguir o homem de capuz preto. Não tenho mais tempo. Perdoem-me”. Essa foi a última mensagem enviada por um garoto de 11 anos para os pais antes de se atirar do 11º andar de um prédio na cidade de Nápoles, na Itália.

Autoridades abriram uma investigação para o que acreditam ser uma nova armadilha virtual. De acordo com o jornal italiano La Repubblica, o homem de capuz preto seria o Homem Pateta, que tem assustado crianças e adolescentes pela internet e foi responsável por trazer de volta a preocupação dos pais sobre o que os filhos andam acessando em computadores e smartphones.

Leia também1 Baleia Azul, Homem Pateta, Momo: Crianças em perigo!
2 Pela internet, “Homem Pateta” induz crianças ao suicídio
3 Site vende livro infantil com símbolos satânicos
4 Alerta: Demônio se passa por amigo de criança em música
5 Saiba identificar se seu filho está sob influência da Momo

Leia Também:  “Não sou juiz nem poderoso”, diz pai de moça que humilhou vendedores no RJ

O desafio proposta pela Homem Pateta obriga as crianças a se automutilarem e o suicídio seria o último estágio do jogo. Em julho, a Polícia Civil de São Paulo localizou um criador de um dos perfis do Homem Pateta em Sorocaba. O responsável era um adolescente que não teve sua identidade revelada.

No Facebook, o Homem Pateta aparece com um foto de uma pessoa fantasiada como o personagem da Disney e alguns adotam o nome Jonathan Galindo.

Postagem: http://temporarioegnews.com.br

Fonte: Pleno.News

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Brasil Alerta

Polícia prende suspeitos de arrastarem morador de rua até a morte

Publicados

em

Por

Vigia e comerciante surpreenderam e torturaram o morador de rua, que seria autor de vários roubos em um restaurante

REPRODUÇÃO

Investigadores da Superintendência de Homicídios e Proteção às Pessoas (SHPP) realizaram uma operação, nessa terça-feira (27/10), que culminou na prisão de dois homens suspeitos de matar um morador de rua, acusado de praticar furtos no restaurante de um dos acusados.

Após espancar o suspeito, o vigia chamou o proprietário do restaurante, que continuou as agressões. Em seguida, ele passou com sua caminhonete sobre Carlos. Apesar disso, o morador de rua continuou vivo e o comerciante mandou que amarrassem o rapaz ferido na traseira do veículo.

O dono do restaurante, então, saiu arrastando a vítima pelas ruas da cidade. Quando percebeu que Carlos havia morrido, o motorista abandonou o corpo em frente ao Terminal de Transporte Urbano.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após perder mulher e filho por Covid-19, homem sofre infarto e morre
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA