BRASÍLIA

BRASIL DIVERSOS

Bitcoin: por que prefeito eleito de Nova York quer ser pago na criptomoeda

Publicados

em

Eric Adams

Crédito, EPA

Legenda da foto,

O democrata Eric Adams será o segundo prefeito negro da história de Nova York

Eric Adams, prefeito eleito da cidade de Nova York, disse que gostaria de receber seus três primeiros salários na moeda digital bitcoin.

O ex-capitão de polícia foi eleito esta semana para assumir o cargo após o término do mandato do prefeito Bill de Blasio, em janeiro.

Adams disse em uma rede social que quer sinalizar sua intenção de fazer de Nova York o “centro da indústria de criptomoedas”.

O valor do bitcoin, a maior criptomoeda do mundo, tem sido altamente volátil, desde sua criação em 2009.

Criptomoedas são um tipo de dinheiro digital e descentralizado. São digitais porque só existem na internet e descentralizadas por não serem controladas por nenhum órgão ou governo. Elas utilizam o blockchain, uma tecnologia para envio de informações no ambiente virtual.

Os comentários do prefeito de Nova York parecem ser uma tentativa de superar o prefeito de Miami, Francis Suarez, que já havia dito no Twitter que receberia seu primeiro salário em bitcoins, depois de ser reeleito.

Leia Também:  Antes vetado, skate ganha pistas e espaço exclusivos nos condomínios

Suarez já disse que gostaria de estabelecer Miami como um centro de inovação em criptomoedas.

Adams aumentou a aposta, pedindo três meses de pagamentos na criptomoeda.

“Em Nova York sempre somos grandes, então vou receber meus três primeiros salários em bitcoin quando me tornar prefeito”, escreveu Adams em uma postagem no Twitter.

“Nova York será o centro da indústria de criptomoedas e de outras indústrias inovadoras e de rápido crescimento! Aguardem!”

Adams, um democrata, foi eleito na terça-feira (2/10) e se tornará o segundo prefeito negro da cidade.

Em agosto, Suarez ajudou a estabelecer uma criptomoeda chamada MiamiCoin, administrada por uma organização sem fins lucrativos, a CityCoins. Ela envia 30% do valor da moeda criada no computador de uma pessoa para a cidade e arrecadou US$ 7 milhões (R$ 38,7 milhões) para Miami, de acordo com o jornal The Washington Post.

Adams disse à Bloomberg que gostaria de fazer algo semelhante em Nova York.

Mas, se o futuro prefeito, que se elegeu com uma campanha pró-mercado, quiser estabelecer Nova York como um centro de criptomoedas, ele pode encontrar resistência.

Leia Também:  TikTok: adolescente sequestrada é salva após usar gesto que viralizou na rede social

As criptomoedas têm sido fortemente criticadas por seu impacto ambiental.

E a procuradora-geral de Nova York, Letitia James, que concorrerá à eleição para governadora de Nova York, lançou recentemente uma ação de repressão às empresas de criptomoeda não registradas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

BBC

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL DIVERSOS

DF tem maior proporção de pessoas que se declaram bi ou homossexuais no país, aponta IBGE

Avatar

Publicados

em

Distrito Federal tem a maior proporção de pessoas que se autoidentificam como homo ou bissexuais do país. É o que aponta um levantamento inédito do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado nesta quarta-feira (25). Na capital, esse público é composto por 66 mil pessoas, e representa 2,9% da população maior de idade.

A pesquisa foi feita com base em dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2019. O índice em Brasília ficou acima da média nacional, de 1,8% da população. Segundo o estudo, em todo o país, 2,9 milhões de pessoas se autodeclararam homo ou bissexuais.

Segundo o levantamento, a população do Distrito Federal acima de 18 anos, em 2019, foi estimada em 2,3 milhões de pessoas. Desse total:

  • 2,1 milhões (92,2%) se autodeclaram heterossexuais
  • 113 mil (4,9%) se recusaram a responder ou disseram que não sabiam
  • 66 mil (2,9%) se autodeclaram homossexual ou bissexual

 

As informações foram colhidas por meio da pergunta “Qual é a sua orientação sexual?”, incluída pela primeira vez no questionário da pesquisa.

Atrás do DF, os estados com maior população homo ou bissexual foram Amapá, com 2,8%, e o Amazonas, com 2,3%. As últimas posições foram ocupadas por Tocantins e Pernambuco, com 0,6% e 1%, respectivamente.

O IBGE, no entanto, ponderou que “o fato de uma pessoa se autoidentificar como heterossexual não impede que ela tenha atração por ou relação sexual com alguém do mesmo sexo”. Segundo o instituto, para captar em detalhes a efetiva orientação sexual da população “seria necessária a investigação do comportamento e da atração sexual, conceitos esses diferentes da autoidentificação”.

Leia Também:  Antes vetado, skate ganha pistas e espaço exclusivos nos condomínios

No início do mês, o Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), já tinha levantado dados sobre a comunidade LGBT da capital. O levantamento apontou que 3,8% da população da capital se identificava como parte desse grupo, também incluindo pessoas transexuais, na identidade de gênero.

No Brasil

 

Bandeira LGBT  — Foto: Pixabay

O detalhamento das informações do IBGE aponta, que no Brasil:

  • 94,8% da população adulta se autoidentifica como heterossexual
  • É maior a proporção de homens (1,4%) que de mulheres (0,9%) autodeclarados homossexuais
  • Já as mulheres têm maior proporção (0,8%) que os homens (0,5%) entre os bissexuais
  • A autoidentificação homossexual ou bissexual é maior entre quem tem nível superior (3,2%) e maior renda (3,5%)
  • Proporção das respostas “não sabe” ou “recusou-se a responder” foi maior entre aqueles com menor nível de instrução
  • É ligeiramente menor a proporção de homossexuais e bissexuais entre os brancos (1,8%) que entre os pretos (1,9%) e pardos (1,9%)
  • O grupo de 18 e 29 anos apresenta a maior proporção de autodeclarados homossexuais ou bissexuais (4,8%)
  • A faixa etária mais jovem também soma a maior proporção de pessoas que não souberam ou não quiseram responder (5,3%) à questão

 

Os dados são compatíveis com os de países que fizeram pesquisa com metodologia semelhante. Na comparação internacional, Brasil ficou empatado com o Chile em relação à proporção de pessoas que se autoidentificam homossexuais ou bissexuais, mas abaixo de Reino Unido, Austrália, Estados Unidos e Canadá.

Leia Também:  TikTok: adolescente sequestrada é salva após usar gesto que viralizou na rede social

Com relação à idade, a proporção dos que declararam a orientação homossexual ou bissexual foi de:

  • 4,8% na faixa etária entre 18 e 29 anos;
  • 1,9% na faixa entre 30 e 39 anos;
  • 1% no grupo entre 40 e 59 anos;
  • 0,2% entre aqueles com 60 anos ou mais.

 

Segundo a coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, entre os fatores que podem interferir na autodeclaração da orientação sexual e que podem ter interferido no resultado da análise regional, estão:

  • o contexto cultural;
  • o contexto familiar;
  • habitar em cidades pequenas;
  • inseguro para falar sobre o tema com pessoa estranha;
  • desconfiança com o uso da informação;
  • não compreensão dos termos homossexual e bissexual;
  • indefinição quanto a própria orientação sexual.

 

A pesquisa

 

O questionário foi aplicado em 108 mil domicílio. O manual da pesquisa, usado para consulta tanto dos entrevistadores quanto dos entrevistados, relacionava a orientação sexual a diferentes formas de atração afetiva e sexual de cada um. As opções estavam conceituadas da seguinte forma:

  • Heterossexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva entre indivíduos de sexo oposto;
  • Bissexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva por mais de um gênero ou sexo binário. Contrapõe-se às monossexualidades (heterossexualidade e homossexualidade);
  • Homossexualidade – Refere-se à atração sexual e/ou afetiva por outro indivíduo do mesmo sexo ou gênero;
  • Outra orientação sexual (especifique) – Quando o morador declarar orientação sexual diferentes das relacionadas anteriormente. Registrar, no campo especifico, a resposta do morador.

Fonte: G1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?