BRASÍLIA

Brasil

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entrou a todo vapor recentemente, traz essa real necessidade de implementação tecnológica capaz de atender todas as necessidades legais, em tempo recorde das empresas do setor de infraestrutura

Publicados

em

O setor de infraestrutura vem se tornando cada vem mais protagonista no cenário político e econômico brasileiro, tendo em vista que hoje é um dos pilares do desenvolvimento do País e a principal área de interesse dos investidores nacionais e internacionais. Mas qual a relação entre inteligência artificial (IA) e este Setor?  A eficiência de empresas de infraestrutura depende de análise de grandes volumes de dados, pois estamos falando de empresas de saneamento, telecomunicações, energia, construtoras, consultorias e etc, sendo que todas investem constantemente em desenvolvimento tecnológico, gerando grande volume de dados e de informações sensíveis.

Em decorrência da grande recepção de dados destas empresas, estas precisam urgentemente de mecanismos e ferramentas capazes de levantar, analisar e armazenar os dados em menor tempo e custo possível, tendo em vista que o setor é extremamente competitivo, bem como as leis estão cada dia mais rigorosas quanto ao trânsito de dados, havendo a possibilidade até mesmo de desclassificação de empresas em licitações públicas.

Neste contexto, a IA torna-se grande aliada das empresas de infraestrutura tendo em vista que  seu uso permite, por exemplo, a possibilidade de execução de projetos capazes de apontar reduções substanciais de desperdício de água; gasto com energia elétrica no sistema hídrico de empresas de saneamento; aumento da assertividade na previsibilidade de demanda de água; diminuição do risco de racionamento, dentre outros!

Leia Também:  Coronavírus: tire todas as suas dúvidas e saiba como se prevenir contra a doença

Quem nunca teve problema com empresas de telefonia? Já é possível utilizar IA para modernizar sistemas antigos que chegavam a inviabilizar disponibilização de sistemas ágeis, que consigam atender bem seus usuários, dar o tratamento adequado ao grande volume de dados e ainda garantir segurança.

Devido ao aumento exponencial da capacidade de processamento e armazenamento ao longo dos últimos anos, as máquinas já são capazes de aprender e tomar decisões.

A IA veio para ajudar a resolver problemas e principalmente para acelerar o ritmo das inovações que estão ocorrendo no mercado como um todo. Gestores de grandes empresas precisam pensar em como diminuir suas defasagens tecnológicas, uma vez que não é mais possível manter competitividade em mercado tão dinâmico sem investir em tecnologia.

Em específico, podemos ver que a própria Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entrou a todo vapor recentemente, traz essa real necessidade de implementação tecnológica capaz de atender todas as necessidades legais, em tempo recorde, uma vez que a utilização de ferramentas tradicionais do mercado não será capaz de atender às exigências não só da LGPD, como as demais leis em vigor, em especial ao setor de infraestrutura que é tão rica em complexidade.

Leia Também:  Justiça mantém condenação de 22 bicheiros do Rio

Leandro Petter, especialista em Inteligência Artificial

Jornalista http://Kellen Rechetelo    para o http://temporarioegnews.com.br 
COMENTE ABAIXO:

Brasil

Mulher mata filha de cinco anos; criança tem olhos arrancados

Publicados

em

Por

Criança foi morta pela própria mãe em Alagoas Foto: Reprodução

Fato aconteceu em Alagoas e mulher, que teria transtornos mentais, foi presa em flagrante por conta do crime

Um crime bárbaro aconteceu na cidade de Maravilha, Sertão de Alagoas, no último domingo (24), quando uma mulher matou a própria filha de cinco anos e arrancou os olhos e a língua da criança com uma tesoura. De acordo com a polícia, a autora do crime tem transtornos mentais. A autora do crime foi presa em flagrante.

A polícia foi acionada após o pai de Josimare Gomes, de 30 anos, mãe da pequena Brenda Carollyne, ter encontrado ela e a neta trancadas no banheiro. Ao chamar pela filha e ver marcas de sangue no chão, o homem arrombou a porta e viu a neta já sem vida.

– Ao chamar ela, ela disse que estava tomando banho, mas demorou. Foi quando o senhor foi olhar pela porta de trás e viu as marcas de sangue. Ele arrombou a porta e encontrou a criança, já sem vida, no banheiro, e a mãe “rezando o terço” sobre o corpo – detalhou Eduardo Prado, agente da Polícia Civil (PC).

Leia Também:  Crise faz shopping de Curitiba com 220 lojas fechar

Segundo os agentes, ainda não há confirmação se a mulher teria arrancado os órgãos da criança depois de matá-la. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a perícia. O 7° Batalhão da Polícia Militar (7° BPM) esteve no local e constatou o crime. O caso vai ser investigado pela Delegacia Regional da vizinha Ouro Branco.

MINISTRA DAMARES COMENTA O CASO
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, comentou o caso ainda na última segunda-feira (25). Em sua publicação, a chefe da pasta social afirmou que o caso provavelmente denota o desenvolvimento de um ciclo que começa com a negligência, os maus tratos e segue até a bárbara morte.

– Neste caso, nos parece que ninguém interrompeu o caminho e ninguém viu ou ouviu os sinais e os pedidos de socorro emitidos pela criança. É fato que muitas vezes as crianças nos pedem socorro por dias, meses e até anos – disse.

Damares também contou que ficou “em lágrimas” ao saber do fato, mas disse que tentará trabalhar para que a política pública possa funcionar de forma que consiga evitar que casos como esse continuem acontecendo no Brasil.

Leia Também:  Trabalhadores com mais de 50 anos são os que mais empreendem

– Em lágrimas, depois de soluços, só peço a Deus que me dê forças para interromper o caminho e ouvir o clamor das crianças no Brasil. Só quero que a máquina e a política pública funcionem de fato e estou trabalhando para isto – completou.

Fonte: Pleno.News

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.