BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Ciro Gomes pede a Lula para seguir “exemplo de Cristina Kirchner”

Publicados

em

Em 2019, a ex-presidente da Argentina abriu mão de encabeçar uma chapa para ser a vice de Alberto Fernández, que acabou sendo eleito

Ciro gomes e Lula durante encontroRicardo Stuckert/ Instituto Lula/Arquivo

Para o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o ex-presidente Lula (PT) deve ter generosidade e se espelhar no exemplo da argentina Cristina Kirchner, que em 2019 concorreu como vice-presidente na chapa vencedora liderada por Alberto Fernández, e não no do ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, e do ex-presidente boliviano Evo Morales. A fala do pedetista foi feita, nesta segunda-feira (5/4), durante um webinar organizado pela Central dos Sindicatos.

 No evento realizado nesta segunda-feira, o pedetista ainda avaliou que casos de corrupção que marcaram as gestões do PT podem tirar sua força eleitoral numa disputa pela presidência. “É fazer de novo a campanha antipetista em cima dos exemplos”, seguiu.

Para o pedetista, sobre as eleições de 2022, além “da derrota de Bolsonaro, outra tarefa mais difícil e que pede muita reconciliação de todos nós é botar uma coisa nova no lugar, nesse ambiente de terra arrasada em que nós estamos”.

Leia Também:  Conceição Andrade, o braço forte do prefeito eleito de São Luis-MA, Eduardo Braide

“Até porque a direita brasileira vai largar o Bolsonaro ao mar e vai tentar se reciclar aí com uma carinha qualquer, vão fazer a propaganda igual. E isso o Brasil não aguenta mais”, finalizou.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL POLÍTICA

Nordeste tem quatro indicados para eventual chapa de Lula

Publicados

em

Foto: Agência Brasil

Nenhuma região do Brasil tem tantos candidatos a vice-presidente para Lula da Silva como o Nordeste.

A lista é encabeçada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PSCdoB) e conta também com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e agora aparece o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

 Rui Costa (PT), da Bahia – o maior colégio eleitoral da região – que deixa o Palácio de Ondina, é vez ou outra citado pelo núcleo próximo do ex-presidente.

Enquanto a campanha não vem, segue a grita do PT contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, por ter agendado para a quinta-feira análise em plenário do pedido de impugnação feito pela PGR da decisão do ministro Edson Fachin, que anulou as condenações de Lula. O partido informa, na nota, que o ministro e o STF sofrem pressão de setores contra sua decisão monocrática pró-Lula. Faltou dizer quem.

A despeito de o Supremo Tribunal Federal agendar para quinta-feira o pedido de impugnação da anulação das condenações de Lula da Silva, ele segue dando entrevistas à mídia estrangeira.

Fonte: Jornal de Brasilia
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Conselho de Desenvolvimento do DF e Entorno/CDDF a cada dia, atrai mais lideranças de grande porte
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA