BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Com Lula na disputa, Dirceu volta a atuar forte no PT

Publicados

em

Foto: Reprodução

Que não se enganem sobre o ‘sumiço’ do ex-todo-poderoso ministro José Dirceu. Condenado na Operação Lava Jato, mas com habeas corpus em liminar concedida pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, é Dirceu quem há mais de ano roda o País dialogando com os diretórios municipais e estaduais para o partido ter candidaturas em 2022.

Com Lula da Silva novamente elegível e candidatíssimo ao Palácio do Planalto, o papel de Dirceu ganhou mais importância neste cenário. Ele vai manter porta abertas para Lula nas visitas aos Estados e não deixou o partido se perder apesar do avanço do bolsonarismo há dois anos.

As futuras alianças regionais caberão ao candidato a presidente Lula. E Dirceu nisso tudo? Continuará a ser a eminência parda do PT, com ou sem o governo federal nas suas mãos de novo.

Em tempo, Lula e Dirceu não se falam tanto, mais. Mas se falam.

Leia Também:  Ex-ministro da Saúde do PT, Padilha defende cloroquina: “Não é Fla-Flu”

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL POLÍTICA

Nordeste tem quatro indicados para eventual chapa de Lula

Publicados

em

Foto: Agência Brasil

Nenhuma região do Brasil tem tantos candidatos a vice-presidente para Lula da Silva como o Nordeste.

A lista é encabeçada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PSCdoB) e conta também com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e agora aparece o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

 Rui Costa (PT), da Bahia – o maior colégio eleitoral da região – que deixa o Palácio de Ondina, é vez ou outra citado pelo núcleo próximo do ex-presidente.

Enquanto a campanha não vem, segue a grita do PT contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, por ter agendado para a quinta-feira análise em plenário do pedido de impugnação feito pela PGR da decisão do ministro Edson Fachin, que anulou as condenações de Lula. O partido informa, na nota, que o ministro e o STF sofrem pressão de setores contra sua decisão monocrática pró-Lula. Faltou dizer quem.

A despeito de o Supremo Tribunal Federal agendar para quinta-feira o pedido de impugnação da anulação das condenações de Lula da Silva, ele segue dando entrevistas à mídia estrangeira.

Fonte: Jornal de Brasilia
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Russomanno ataca vacina: "Se é tão boa, começa aplicando na China"
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA