BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Filha de Eduardo Cunha, Danielle Cunha disputará eleições de 2022

Publicados

em

Quem pensa que o ex-deputado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha está totalmente fora da política está enganado. Cunha, que teve o mandato cassado em 2016 e atualmente cumpre prisão domiciliar por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Lava Jato, está no jogo.

Colhendo a repercussão do recém-laçado livro Tchau Querida – O Diário do Impeachment, o ex-parlamentar, conforme a informação de pessoas próximas, já começou a articular a candidatura da filha Danielle Cunha, 34 anos, que é publicitária, para a cadeira de deputada federal em 2022.

A moça, que disputou as eleições de 2018 para o mesmo cargo, tendo recebido 13.424 votos, ao que tudo indica virá alinhada ao bolsonarismo. Danielle chegou a morar em Brasília na época em que o pai era presidente da Câmara dos Deputados, ocasião em que atuou no segmento do marketing político.

 Foto: Reprodução
Fonte: Jornal de Brasilia
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ‘Risco sempre vai existir’, diz Bolsonaro sobre ameaça de grupo terrorista
Propaganda

BRASIL POLÍTICA

Nordeste tem quatro indicados para eventual chapa de Lula

Publicados

em

Foto: Agência Brasil

Nenhuma região do Brasil tem tantos candidatos a vice-presidente para Lula da Silva como o Nordeste.

A lista é encabeçada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PSCdoB) e conta também com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e agora aparece o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

 Rui Costa (PT), da Bahia – o maior colégio eleitoral da região – que deixa o Palácio de Ondina, é vez ou outra citado pelo núcleo próximo do ex-presidente.

Enquanto a campanha não vem, segue a grita do PT contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, por ter agendado para a quinta-feira análise em plenário do pedido de impugnação feito pela PGR da decisão do ministro Edson Fachin, que anulou as condenações de Lula. O partido informa, na nota, que o ministro e o STF sofrem pressão de setores contra sua decisão monocrática pró-Lula. Faltou dizer quem.

A despeito de o Supremo Tribunal Federal agendar para quinta-feira o pedido de impugnação da anulação das condenações de Lula da Silva, ele segue dando entrevistas à mídia estrangeira.

Fonte: Jornal de Brasilia
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após polêmica, Saúde tira nomes de pesquisadores do plano de vacinação
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA