BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Ibope: Manuela D’Ávila lidera com 40%; Sebastião Melo (MDB) atrás com 25%

Publicados

em


source
Manuela D'Ávila lidera com 40% e deve estar no segundo turno
Marcelo Camargo/ABr

Manuela D’Ávila lidera com 40% e deve estar no segundo turno

O Ibope divulgou a última pesquisa do primeiro turno de intenções de votos válidos para a Prefeitura de Porto Alegre. Manuela D’Ávila (PCdoB) aparece na frente, com 40%, seguida por Sebastião Melo (MDB), com 25%. Nelson Marchezan Júnior (PSDB) é o terceiro, com 17%.

O Ibope também fez projeções de segundo turno considerando os três primeiros colocados na última pesquisa, de 29 de outubro. Numa disputa contra Melo, D’Ávila venceria com 42% das intenções de voto, e o rival, 40%, empatados tecnicamente.

Já contra Marchezan, a candidata do PcdoB tem 44%, e o tucano, 33%. Num possível confronto entre o segundo e terceiro colocados, Melo fica com 44%, contra 30% de Marchezan.

Rejeição

A pesquisa também avaliou o índice de rejeição de cada candidato. Manuela tem a maior rejeição entre todos os candidatos, com 38%. O terceiro colocado Marchezan tem índice próximo, de 36%. Entre os primeiros colocados, Melo é o que tem a menor rejeição, com 13%.

Leia Também:  SP: 5 mil pacientes com Covid já tiveram alta de hospitais

Apenas 3% dos entrevistados disseram que poderiam votar em qualquer um dos candidatos. Os que não souberam ou preferiram não opinar somaram 5%. A soma das porcentagens é maior que 100% porque os eleitores podiam apontar mais de um candidato na resposta.

Confira o índice de rejeição de cada pleiteante:

  • Manuela D’Ávila (PCdoB): 38%
  • Nelson Marchezan Júnior (PSDB): 36%
  • Rodrigo Maroni (PROS): 19%
  • Valter Nagelstein (PSD): 15%
  • Gustavo Paim (PP): 13%
  • Julio Flores (PSTU): 13%
  • Sebastião Melo (MDB): 13%
  • João Derly (Republicanos): 12%
  • Juliana Brizola (PDT): 10%
  • Fernanda Melchionna (PSOL): 9%
  • Luiz Delvair (PCO): 8%
  • Montserrat Martins (PV): 7%

Na pesquisa sob o protocolo RS-02998/2020, 805 pessoas foram entrevistadas entre 12 e 14 de novembro. O levantamento tem nível de confiança estimado em 95%, o que significa dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerada a margem de erro.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL POLÍTICA

Câmara pode votar nesta quinta-feira pena maior para maus-tratos de crianças e idosos Fonte: Agência Câmara de Notícias

Publicados

em

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Fonte: Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados realiza sessão de votações nesta quinta-feira (15), às 10 horas, com nove itens em pauta. Entre eles, o Projeto de Lei 4626/20, do deputado Helio Lopes (PSL-RJ) e outros, que agrava penas para abandono de incapaz e maus-tratos de crianças, idosos e pessoas com deficiência.

“O projeto visa endurecer as penas para casos de abandono de incapaz, maus-tratos e exposição a perigo da integridade e da saúde, física ou psíquica, do idoso, da criança e de pessoas com deficiência, aumentando a punição para quem expuser essas pessoas a perigo ou submetê-las a condições desumanas ou degradantes”, explica o autor.

Segundo o texto, a pena de reclusão passa de 4 a 12 anos para 8 a 14 anos se as ações resultarem em morte.

Ao defender a urgência da proposta, Helio Lopes ressaltou que, no ano passado, desde o início da pandemia, houve um aumento de violência e maus-tratos contra o idoso de 59% e contra a criança de 48%. Esses dados foram obtidos pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Leia Também:  SP: 5 mil pacientes com Covid já tiveram alta de hospitais

“Trago o exemplo da morte do menino Henry Borel, que acompanhamos, tristemente, com forte sentimento de impotência. Porém, infelizmente, esse não é um caso isolado. Temos diversos casos todos os dias de abusos e de maus-tratos contra crianças, idosos, pessoas com deficiência. São anônimos que não estampam os jornais, porém estão na grande maioria das estatísticas”, afirmou o deputado.

Ao aprovar o regime de urgência para o projeto, na sessão do Plenário desta terça-feira (13), os deputados fizeram 1 minuto de silêncio em memória das vítimas de abusos e maus-tratos.

Cultura

Entre as propostas em pauta está também o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc para prorrogar prazos de utilização de recursos repassados a título de apoio ao setor cultural em decorrência da pandemia de Covid-19.

Outro projeto pautado é o PL 5222/20, do deputado Luís Miranda (DEM-DF), que dispensa bombeiros e policiais militares de justificarem multas tomadas no exercício do trabalho com viaturas oficiais.

Fonte: Agência Câmara de Notícias   Link: https://www.camara.leg.br/noticias/746191-camara-pode-votar-nesta-quinta-feira-pena-maior-para-maus-tratos-de-criancas-e-idosos/

Leia Também:  Justiça suspende nomeação de dentista aliada aos Bolsonaro para órgão federal

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA