BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Juíza não usa máscara e dá “dica” para “posar de bondoso”: “Compre um sorvete”

Publicados

em


source
Juíza Ludmila Lins Grilo%2C Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Reprodução/Twitter

Juíza Ludmila Lins Grilo, Tribunal de Justiça de Minas Gerais

A juíza Ludmila Lins Grilo, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais , publicou um vídeo em seu perfil no Twitter no qual faz um “passo a passo” para andar sem máscara no shopping “de forma legítima” e “ainda posar de bondoso”. 

Na publicação a magistrada aparece caminhando com uma máscara pendurada na orelha e com um pote de sorvete na mão. “O vírus não gosta de sorvete”, diz a juíza.

Acompanhado do vídeo, Grilo ainda escreveu em três itens como seria a “estratégia”. Ela recomenda que se compre sorvete, pendure a máscara no pescoço ou na orelha “para afetar elevação moral” e se caminhe normalmente.

Desde o dia 18 de abril do ano passado, o uso de máscara é obrigatório em todo o estado de Minas Gerais para conter a disseminação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A regra determina o item de proteção seja utilizado por profissionais que prestam atendimento ao público em órgãos e entidades públicos, nos sistemas penitenciário e socioeducativo, nos estabelecimentos comerciais, industriais, bancários, rodoviários e metroviários, nas instituições de acolhimento de idosos, nas lotéricas e nos serviços de transporte público e privado de passageiros de competência estadual.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL POLÍTICA

Após sinalização de interferência de Bolsonaro, ações da Eletrobras valorizam 23% na semana

Publicados

em

Ações da Eletrobras valorizam 23% na semana, mas não se falou em ‘interferência’

Bolsonaro sinalizou interferência, e o papel da Eletrobrás saltou de R$27,04, na segunda, para R$33,83 na quinta

A estatal federal Eletrobrás valorizou 23% esta semana, mesmo após o presidente Jair Bolsonaro avisar que iria interferir no setor elétrico, mas ninguém atribuiu a essa atitude a valorização expressiva da estatal de energia.

No início da semana, o papel da Eletrobrás era vendido a R$27,04 e, nesta quinta (25), registrava valorização de 23%, cotada a R$33,83. O dedo presidencial, no setor elétrico, afinal só gerou lucros. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O gesto do presidente de levar ao Congresso a medida provisória que deflagra a privatização da Eletrobrás ajudou a valorizar suas ações.

A MP 1031 (Eletrobrás) teve objetivos vitais para o êxito do governo. Um deles foram os grandes investidores privados, nacionais e internacionais.

A MP também é uma investida contra aumentos tão cruéis quanto os dos combustíveis: só em 2021, o povo amarga alta de 13% na conta de luz.

Leia Também:  Bolsonaro ironiza tortura sofrida por Dilma: "traz o raio-x pra gente ver"

Confiar ao BNDES os estudos para privatizar a Eletrobrás gerou alívio. A pior escolha seria entregar a tarefa ao corporativismo dos eletrocratas.

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA