BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Kajuru: “Quais motivos de nunca terem investigado nada dos filhos de Lula e FHC?”

Publicados

em

A declaração de Karjuru se dá em um contexto onde os filhos do presidente Jair Bolsonaro são alvos de fortes críticas.

Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

Um simples questionamento! Foi isso o que fez o senador Jorge Kajuru através de uma rede social, levantando uma dúvida que certamente deverá incomodar muitos adversários: “Quais motivos de nunca terem investigado nada dos filhos de Lula e Fernando Henrique Cardoso [FHC]?”, perguntou.

A declaração de Karjuru se dá em um contexto onde os filhos do presidente Jair Bolsonaro são alvos de fortes críticas, especialmente o vereador Carlos Bolsonaro, acusado de coordenar um suposto “gabinete do ódio” nas redes sociais contra adversários políticos.

Kajuru, portanto, expõe o contraste na forma como a grande mídia e a própria classe política trata seus opositores, visto que os filhos do ex-presidente Lula, por exemplo, já foram envolvidos em suspeitas de crimes cometidos, como a lavagem de dinheiro, mas sem que tivessem ampla repercussão nos noticiários.

“A PF (Polícia Federal) apura se empresas fantasmas pertencentes aos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram usadas para lavar dinheiro de propina. As investigações apontam que os irmãos organizavam pagamentos ilegais em um grupo de troca de mensagens chamado ‘Lulets'”, informou uma matéria do R7 em dezembro passado.

Já quanto ao ex-presidente FHC, “em 2016, em delação premiada, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró afirmou que a presidência da Petrobras durante o governo Fernando Henrique Cardoso lhe orientou que fechasse contrato com uma empresa ligada ao filho de FHC, Paulo Henrique Cardoso”, informou a Gazeta do Povo em janeiro de 2019.

Observa-se que nos dois casos mencionados às suspeitas em relação aos filhos dos ex-presidentes se deram/dão com base em suposta corrupção, enquanto no governo atual toda a polemização envolvendo a família Bolsonaro se dá por questões de “fake news”, termo esse que nem possui tipificação no Código Penal Brasileiro.

Senador Kajuru

@SenadorKajuru

KAJURU E UMA DÚVIDA: QUAIS MOTIVOS DE NUNCA TEREM INVESTIGADO NADA DOS FILHOS DE LULA E DE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO??? RESPONDA SANTO SUPREMO.

Fonte: Opinião Crítica
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro provoca ira de líder da greve dos caminhoneiros: "Ele nos traiu"

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL POLÍTICA

Câmara pode votar nesta quinta-feira pena maior para maus-tratos de crianças e idosos Fonte: Agência Câmara de Notícias

Publicados

em

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Fonte: Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados realiza sessão de votações nesta quinta-feira (15), às 10 horas, com nove itens em pauta. Entre eles, o Projeto de Lei 4626/20, do deputado Helio Lopes (PSL-RJ) e outros, que agrava penas para abandono de incapaz e maus-tratos de crianças, idosos e pessoas com deficiência.

“O projeto visa endurecer as penas para casos de abandono de incapaz, maus-tratos e exposição a perigo da integridade e da saúde, física ou psíquica, do idoso, da criança e de pessoas com deficiência, aumentando a punição para quem expuser essas pessoas a perigo ou submetê-las a condições desumanas ou degradantes”, explica o autor.

Segundo o texto, a pena de reclusão passa de 4 a 12 anos para 8 a 14 anos se as ações resultarem em morte.

Ao defender a urgência da proposta, Helio Lopes ressaltou que, no ano passado, desde o início da pandemia, houve um aumento de violência e maus-tratos contra o idoso de 59% e contra a criança de 48%. Esses dados foram obtidos pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Leia Também:  Prisão de Crivella pode acelerar filiação de Bolsonaro a um novo partido

“Trago o exemplo da morte do menino Henry Borel, que acompanhamos, tristemente, com forte sentimento de impotência. Porém, infelizmente, esse não é um caso isolado. Temos diversos casos todos os dias de abusos e de maus-tratos contra crianças, idosos, pessoas com deficiência. São anônimos que não estampam os jornais, porém estão na grande maioria das estatísticas”, afirmou o deputado.

Ao aprovar o regime de urgência para o projeto, na sessão do Plenário desta terça-feira (13), os deputados fizeram 1 minuto de silêncio em memória das vítimas de abusos e maus-tratos.

Cultura

Entre as propostas em pauta está também o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc para prorrogar prazos de utilização de recursos repassados a título de apoio ao setor cultural em decorrência da pandemia de Covid-19.

Outro projeto pautado é o PL 5222/20, do deputado Luís Miranda (DEM-DF), que dispensa bombeiros e policiais militares de justificarem multas tomadas no exercício do trabalho com viaturas oficiais.

Fonte: Agência Câmara de Notícias   Link: https://www.camara.leg.br/noticias/746191-camara-pode-votar-nesta-quinta-feira-pena-maior-para-maus-tratos-de-criancas-e-idosos/

Leia Também:  Futuro presidente do TSE, Barroso vê “risco real” de adiamento das eleições

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA