BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Morto na véspera da eleição, prefeito é reeleito com 60% dos votos em MG

Publicados

em


source
Antônio Claret Mota Esteves foi reeleito com 60% dos votos para a prefeitura de Passa Quatro (MG)
Divulgação Partido Verde

Antônio Claret Mota Esteves foi reeleito com 60% dos votos para a prefeitura de Passa Quatro (MG)

Atual prefeito de Passa Quatro , Minas Gerais, que buscava a reeleição, Antônio Claret , de 62 anos faleceu um dia antes das eleições municipais, que ocorreram neste domingo (15).

Candidato pelo Partido Verde, Antônio estava internado em um hospital de Varginha, no sul de Minas, onde se recuperava de um infarto sofrido há 15 dias, mas acabou nâo resistindo, vindo à óbito na noite de sábado(14).

O Partido chegou a pedir para que seu nome na urna eletrônica fosse substituido pelo do vice, Henrique Nogueira Gonçalves , mas Justiça Eleitoral disse não ter tido tempo hábil para realizar a mudança.

Na eleição, Antônio recebeu 5.638 votos, que representa 60,8% do eleitorado de Passa Quatro. Betinho Paiva (DEM), teve 35,6%, e Dr. Aledson (PSC) ficou em último, com apenas 3,5 de pontos percentuais.

Leia Também:  “Parabéns à Lava Jato”, diz Bolsonaro sobre a prisão de Pezão

Com a morte de Claret, Henrique Nogueira assumirá a prefeitura em janeiro de 2021, quando toma pose oficial.

O Partido Verde, por meio de nota oficial, lamentou a morte de seu associado:

“O Partido Verde lamenta a morte do amigo e candidato Antonio Claret Mota Esteves, de Passa Quatro (MG). Estendemos a todos os familiares, amigos e equipe da campanha nossa solidariedade e pesar neste triste momento.”

Ainda na nota, o partido relembrou sua trajetória política:

“A história de vida deste importante quadro faz parte da história do município, tendo sido o primeiro prefeito após a redemocratização e o mais novo, com 28 anos, em 1986. Claret foi ainda vereador, presidente da Câmara, vice-prefeito e prefeito em duas ocasiões.”

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL POLÍTICA

Câmara pode votar nesta quinta-feira pena maior para maus-tratos de crianças e idosos Fonte: Agência Câmara de Notícias

Publicados

em

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados Fonte: Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados realiza sessão de votações nesta quinta-feira (15), às 10 horas, com nove itens em pauta. Entre eles, o Projeto de Lei 4626/20, do deputado Helio Lopes (PSL-RJ) e outros, que agrava penas para abandono de incapaz e maus-tratos de crianças, idosos e pessoas com deficiência.

“O projeto visa endurecer as penas para casos de abandono de incapaz, maus-tratos e exposição a perigo da integridade e da saúde, física ou psíquica, do idoso, da criança e de pessoas com deficiência, aumentando a punição para quem expuser essas pessoas a perigo ou submetê-las a condições desumanas ou degradantes”, explica o autor.

Segundo o texto, a pena de reclusão passa de 4 a 12 anos para 8 a 14 anos se as ações resultarem em morte.

Ao defender a urgência da proposta, Helio Lopes ressaltou que, no ano passado, desde o início da pandemia, houve um aumento de violência e maus-tratos contra o idoso de 59% e contra a criança de 48%. Esses dados foram obtidos pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Leia Também:  Até políticos querem a segunda instância

“Trago o exemplo da morte do menino Henry Borel, que acompanhamos, tristemente, com forte sentimento de impotência. Porém, infelizmente, esse não é um caso isolado. Temos diversos casos todos os dias de abusos e de maus-tratos contra crianças, idosos, pessoas com deficiência. São anônimos que não estampam os jornais, porém estão na grande maioria das estatísticas”, afirmou o deputado.

Ao aprovar o regime de urgência para o projeto, na sessão do Plenário desta terça-feira (13), os deputados fizeram 1 minuto de silêncio em memória das vítimas de abusos e maus-tratos.

Cultura

Entre as propostas em pauta está também o Projeto de Lei 795/21, do Senado, que reformula a Lei Aldir Blanc para prorrogar prazos de utilização de recursos repassados a título de apoio ao setor cultural em decorrência da pandemia de Covid-19.

Outro projeto pautado é o PL 5222/20, do deputado Luís Miranda (DEM-DF), que dispensa bombeiros e policiais militares de justificarem multas tomadas no exercício do trabalho com viaturas oficiais.

Fonte: Agência Câmara de Notícias   Link: https://www.camara.leg.br/noticias/746191-camara-pode-votar-nesta-quinta-feira-pena-maior-para-maus-tratos-de-criancas-e-idosos/

Leia Também:  “Parabéns à Lava Jato”, diz Bolsonaro sobre a prisão de Pezão

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA