BRASÍLIA

BRASIL POLÍTICA

Pitadas do momentos

Por: Claudio Umberto

Ministério do Trabalho renasce baseado em lorota

O Ministério do Trabalho foi recriado com base em uma lorota, a de que sua será missão estabelecer “diretrizes que visam geração de emprego e renda”, segundo preconiza a “MP do atraso”, que o recriou nesta quarta-feira (28). A concepção moderna sobre o que de fato gera empregos e melhoram os salários reconhece essa como a missão de outro ministério, este sim, indispensável, o da Economia. O Ministério do Trabalho apenas consome recursos públicos e serve para acomodar interesses políticos.

Modelo adequado

Parte do Ministério da Economia desde 2019, a Secretaria do Trabalho fez mais pelos trabalhadores do que o carcomido ministério em décadas.

Festa para poucos

No Brasil há o hábito, que custa caro ao País, de criar repartições (e sobretudo cargos) para fingir “compromisso” com certas áreas.

Já não faz sentido

Criado pelo ditador Getúlio Vargas para aliciar sindicalistas e acomodar políticos, a pasta do Trabalho perdeu sentido ao longo dos anos.

Poder sem Pudor

Brasão é marca

A deputada Dirce Tutu Quadros, filha de Jânio, decidiu mandar a filha Tina estudar na Inglaterra. Tudo pronto, recebeu um telefonema de sir John Towey, diretor da escola, pedindo para ela não esquecer do brasão da família. A deputada desligou o telefone sem saber o que fazer, mas logo em seguida se virou para amigos que estavam na sala e decretou, bem-humorada: “Levarei uma vassoura para pendurar no quarto da Tina. É o brasão dos Quadros!”

Leia Também:  Bolsonaro concede indulto de Natal a policiais e militares presos

Não acredite

Até a primeira-dama deve duvidar da sinceridade das palavras do presidente Jair Bolsonaro, quando afirma que pode não ser candidato. Nada remove sua obstinação de tentar a reeleição em 2022.

Mandou bem

O ministro Alexandre de Moraes prestou inestimável serviço aos bolsos dos brasileiros ao anular a maior condenação trabalhista da história da Petrobras, uma aventura que obrigava a estatal a corrigir os salários de 51 mil funcionários, para além de todos os privilégios que já usufruem.

Pimenta no próprio olho

Depois que o ministro Alexandre de Moraes suspendeu a tunga bilionária de ação trabalhista absurda movida por funcionários da Petrobras, foi a vez da pelegada da área reclamar de “decisões monocráticas” do STF.

Consenso garantido

O presidente da Câmara promete fazer votar após o recesso as reformas tributária, administrativa e política, além da privatização dos Correios. É difícil, mas factível. Porque na Câmara o consenso se chama Arthur Lira.

Frase do dia

Vamos analisar também a privatização dos Correios

Deputado Arthur Lira, presidente da Câmara, citando uma das prioridades pós-recesso

Leia Também:  Senadores iniciam ciclo de debates sobre a reforma tributária

Tem futuro

Genro do general e ministro Luiz Eduardo Ramos, Marcelo Sampaio tem sido notado, no Planalto, como secretário-executivo do Tarcísio Freitas (Infraestrutura). Ministro, aliás, que coleciona elogios do presidente.

Melhor cantar

Zélia Duncan criticou o governo perguntando “quem planta com arma, colhe o que?”. A resposta veio do vereador Roberto Motta: “Depende, se é um traficante e o país é o Brasil, ele colhe vítimas, lucro e impunidade”.

Falta é educação

Comportamento é fator decisivo em 91% das demissões de empregados na América Latina, segundo pesquisa Michael Page. Empresas tendem a manter um funcionário incompetente, mas não toleram os mal-educados.

Moradia fundamental

O governo federal já investiu R$ 7,7 bilhões em programas de habitação desde 2019, segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional. Foram entregues 415 mil habitações que contemplam 1,6 milhão de brasileiros.

Pensando bem…

…quem acha que sabe o que o homem do campo precisa nunca pegou numa enxada e só conhece o sentido pejorativo da palavra picareta.

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:

BRASIL POLÍTICA

Comissão debate Programa Casa Verde Amarela

Publicados

em

Por

17/09/2021 – 22:34  

André Santos/Prefeitura de Uberaba-MG

O crescimento da população brasileira vai gerar demanda por mais 30,7 milhões de novos domicílios até 2030, segundo estudo da  FGV

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados promove audiência pública na quarta-feira (22) sobre o Programa Casa Verde Amarela do governo federal, criado pela Lei 14118/21.

O debate ocorre no plenário 14, às 10 horas, com transmissão interativa pelo e-Democracia.

O pedido para realização da audiência foi apresentado pelos deputados José Ricardo (PT-AM) e Joseildo Ramos (PT-BA). Eles temem que o novo programa do governo não dê conta de enfrenta o déficit habitacional do País.

“O programa Casa Verde Amarela não prevê aporte significativo de recursos orçamentários para produção habitacional, nem subsídios como havia no Minha Casa Minha Vida Faixa 1, que atendia famílias com renda até R$ 1.800,00, em que as prestações não passavam de 10 % da renda pelo período de 10 anos. Esta faixa responde por mais de 70% do déficit habitacional brasileiro”, destacam os deputados.

Leia Também:  Internações por covid-19 entre idosos vacinados caem até 47%

Eles criticam a abertura de novas linhas de financiamento, previstas no programa, com prestação mensal que pode chegar a 30% da renda por um período de 30 anos. “Além disso, as exigências para as famílias acessarem o financiamento (não possuir restrição cadastral, necessidade de parte do valor do imóvel como entrada, comprovação de renda estável) excluem a maior parte das famílias que demandam moradia. Isto confunde o que é Moradia de Interesse Social com Produção de Moradias para o Mercado Imobiliário”, acrescentaram.

Foram convidados para o debate, entre outros:

  • secretário Nacional de Habitação, Alfredo Eduardo dos Santos;
  • representante da União Nacional por Moradia Popular, Alberto Freire;
  • diretora de Relações Institucionais do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), Rosane de Almeida Tierno.

Da Redação – GM

Câmara Federal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.