BRASÍLIA

BRASIL DIVERSOS

Amigo de Leonardo morre após levar tiro na fazenda do cantor

Publicados

em

Assessor e amigo pessoal do cantor há 30 anos, Milton Passim, teria sido atingido por um tiro na virilha após um disparo acidental

Passim e Leonardo eram amigos há 30 anos

REPRODUÇÃO

Uma tragédia tomou conta da fazenda do cantor Leonardo, em Goiás, nesta quinta-feira (4).

Milton Passim, amigo e assessor do cantor Leonardo há 30 anos, morreu após um disparo de uma arma na fazenda do sertanejo, a Talismã, em Jussara, Goiás.

Passim estava em um quarto da fazenda manuseando a arma quando ela teria caido, disparando acidentalmente. Assim que o armamento tocou o chão, houve o disparo, que teria atingido o assessor na virilha.

Leonardo teria ouvido o disparo, arrombou a porta do quarto e encontrou o amigo no chão. O cantor teria tentado prestar os primeiros socorros ao amigo, mas já era tarde.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, a causa da morte foi acidental, mas as circunstâncias ainda não foram esclarecidas. A polícia investiga o caso.

Leonardo e a família estão devastados com o ocorrido.

Leia Também:  Homem fica 10 dias perdido ao ser largado em mata

Fonte: R7

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

BRASIL DIVERSOS

Mais de 35 mil restaurantes fecharam as portas este ano no Brasil

Publicados

em

Ao todo, 300 mil estabelecimentos voltados à alimentação encerraram suas atividades em 2020, diante da pandemia da Covid-19

Reprodução/Instagram

Nos três primeiros meses deste ano, a pandemia da Covid-19 provocou o fechamento de mais 35 mil restaurantes no país. Ao todo, 300 mil estabelecimentos voltados à alimentação encerraram as atividades em 2020.

O levantamento também aponta os desafios desses comerciantes para honrar salários, dívidas e as contas do dia a dia.

O atraso na compra de vacinas, que promoveu o fechamento do comércio por longos períodos, zerou o faturamento de alguns negócios. De acordo com a Abrasel, os estabelecimentos que faturavam acima de R$ 140 mil ao mês caíram de 23% para 10% (comparando março de 2020 com março de 2021).

No geral, 82% do comércio alimentício operou o mês de março no vermelho, ante 66% em janeiro, quando as medidas de lockdown estavam mais flexíveis diante das festas de fim de ano.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vídeos: homem faz comissária de bordo refém no Aeroporto de Guarulhos
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA