BRASÍLIA

BRASIL DIVERSOS

Brasil vai exigir exame negativo de Covid para entrar no país

O governo federal publicou uma portaria nesta quinta-feira (17) em que passará a exigir um teste RT-PCR negativo para a Covid-19 para brasileiros e estrangeiros que estiverem entrando por via área no país.

A regra entra em vigor no dia 30 de dezembro e o teste deve ser apresentado à companhia aérea que opera o voo.

A data do exame deve ser de, no máximo, 72 horas antes da viagem. Quem não se submeter à regra, poderá ser deportado ou ter pedido de asilo negado – em caso de estrangeiros – ou de pagar multas.

Esse tipo de exigência já é aplicado por inúmeros países da Europa, Ásia e até de outros países das Américas para controlar a chegada de estrangeiros e também de moradores contaminados.
Fonte: IstoÉ
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Evento ao ar livre tem shows de Vanessa da Mata, Paralamas do Sucesso e Elba Ramalho em Brasília

BRASIL DIVERSOS

Hyundai Ioniq virá ao Brasil com preço competitivo, diz jornal

Publicados

em

Por

Hyundai Ioniq virá ao Brasil com preço competitivo, diz jornal

A CAOA venceu a disputa com a Hyundai pela representação no Brasil, o que lhe garante a exclusividade de importação e também a produção de parte do portfólio da marca sul-coreana no país.

Tendo conseguido garantir mais uma década com a Hyundai, a CAOA promete trazer novos carros da marca para o mercado nacional e um deles é um velho namoro, o híbrido Ioniq, de acordo com o jornal Estadão.

Hyundai Ioniq virá ao Brasil com preço competitivo, diz jornal

Apresentado ao público brasileiro no Salão do Automóvel de 2016, o Ioniq é um rival confesso do Toyota Prius e quer iniciar a eletrificação da Hyundai por aqui. Estima-se que o preço ficará em torno de R$ 180 mil. Menos que os R$ 190,5 mil do japonês.

VEJA TAMBÉM:

O Ioniq, embora rival do Prius, é um pouco menor, mas segue a risca o que o japonês em muitos aspectos, especialmente na carroceria de estilo liftback, embora mais simples que o Toyota.

Hyundai Ioniq virá ao Brasil com preço competitivo, diz jornal

Ele também tem uma versão plug-in, mas leva a vantagem de ter uma opção 100% elétrica. No que a CAOA deve estar planeja, a versão que virá, será a híbrida comum, com motor 1.6 Kappa II GDi com 106 cavalos e 15 kgfm.

Leia Também:  Cantora Amanda Wanessa sofre grave acidente de carro

No Ioniq, ele trabalha com um motor elétrico de 43 cavalos, com mais 17,2 kgfm, garantindo assim que o modelo tenha potência combinada de 141 cavalos e torque de 26,9 kgfm. A transmissão é de dupla embreagem com seis marchas.

Contudo, assim como o Prius, o Hyundai Ioniq é abastecido somente com gasolina e não se sabe se a marca introduzirá a tecnologia flex nesse caso, ainda mais pelo motor Kappa II 1.6 GDi ser bem específico do híbrido.

Hyundai Ioniq virá ao Brasil com preço competitivo, diz jornal

Na Toyota, mesmo com o Corolla e o Corolla Cross usando a propulsão híbrida do Prius, este último não é flex como os companheiros nacionais. A marca, é claro, poderia reagir ser a Hyundai decidisse por um Ioniq Hybrid Flex.

Fora o Ioniq, devemos esperar pela nova geração do Elantra, assim como dos Tucson e Santa Fé mais recentes. Outro que deve chegar é a picape Santa Cruz, produzida nos EUA.

Hyundai Ioniq 2022 – Galeria de fotos

[Fonte: Estadão]

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA