BRASÍLIA

BRASIL DIVERSOS

Cadela espera por tutor dois meses em porta de hospital

Publicados

em

Mesmo após a morte do tutor, a cadela continuo a esperar, e a equipe do hospital iniciou uma procura por um novo lar para ela

Por Redação Jornal de BrasíliaFoto: Reprodução/Instagram

Conforme a a auxiliar de limpeza Daniela Barbosa de Abreu, o tutor de Menininha chegou a ser intubado, mas não resistiu. Mesmo assim, a cadela continuo a esperar por seu tutor, e a equipe do hospital iniciou uma procura por um novo lar para ela.

Enquanto isso, os funcionários da unidade cuidaram da cadela até que ela fosse adotada, já que a família do paciente não foi encontrada. Semana passada, a equipe pediu ajuda à Associação Protetora dos Animais de Nerópolis (APAN) e à Polícia Civil para encontrar um novo lar para Menininha.

A história da cadela foi divulgada e ela passou a receber doações de ração e tratamento. Posteriormente, no sábado (3), um empresário adotou Maninha e a levou para casa. Ela foi diagnosticada com a doença do carrapato e, atualmente, está em observação, que deve durar cerca de 28 dias. Além disso, a cadela está grávida.
Fonte: Jornal de Brasilia
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Morre influenciadora cearense internada após fazer lipoaspiração
Propaganda

BRASIL DIVERSOS

Mais de 35 mil restaurantes fecharam as portas este ano no Brasil

Publicados

em

Ao todo, 300 mil estabelecimentos voltados à alimentação encerraram suas atividades em 2020, diante da pandemia da Covid-19

Reprodução/Instagram

Nos três primeiros meses deste ano, a pandemia da Covid-19 provocou o fechamento de mais 35 mil restaurantes no país. Ao todo, 300 mil estabelecimentos voltados à alimentação encerraram as atividades em 2020.

O levantamento também aponta os desafios desses comerciantes para honrar salários, dívidas e as contas do dia a dia.

O atraso na compra de vacinas, que promoveu o fechamento do comércio por longos períodos, zerou o faturamento de alguns negócios. De acordo com a Abrasel, os estabelecimentos que faturavam acima de R$ 140 mil ao mês caíram de 23% para 10% (comparando março de 2020 com março de 2021).

No geral, 82% do comércio alimentício operou o mês de março no vermelho, ante 66% em janeiro, quando as medidas de lockdown estavam mais flexíveis diante das festas de fim de ano.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  STF, até onde vai o descaso com a população do nosso País
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA