BRASÍLIA

BRASIL DIVERSOS

Juízes de Alagoas dobram próprio auxílio-alimentação: “Ganhamos pouco

O auxílio vai de R$ 1.520,22 para R$ 3.040,44 ao mês. Salário de início de carreira dos magistrados é de R$ 30.404,42

Caio Loureiro/Divulgação TJ-AL

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) publicou nessa quarta-feira (21/7) uma resolução que aumenta o auxílio-alimentação dos magistrados estaduais. O valor dobra e vai de R$ 1.520,22 para R$ 3.040,44 ao mês.

O benefício equivalia antes a 5% do salário de um juiz. Com a resolução, esse número passa para 10%. Hoje, o salário de início de carreira do profissional é de R$ 30.404,42.

O auxílio-alimentação da magistratura alagoana passará a ser igual ao auxílio plano de saúde da categoria. Além destes, há um valor de R$ 6.080,88 de “gratificação de acervo” pago aos juízes por atribuições cumulativas.

A decisão do aumento do auxílio gerou críticas e manifestações nas redes sociais. O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Alagoas publicou uma nota de repúdio.

O presidente do TJAL alega que a resolução foi decidida “por questão realmente de isonomia, de paridade, porque todos os tribunais recebem [os 10%], só nós recebemos 5%”.

“Essas pessoas que estão falando, do sindicato, são irresponsáveis. Agora acabou o diálogo com eles. Eles estão brincando? Eles estão querendo aumento, mas ninguém pode ter aumento. Esse nosso [reajuste no auxílio] não é aumento, é uma verba indenizatória, porque o aumento está proibido pela lei complementar a qualquer servidor municipal, estadual e federal”, acrescenta.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  DNA de ex-policial encerra busca de 35 anos por serial killer na França

BRASIL DIVERSOS

Homem é preso com meia tonelada de maconha escondida em meio a carregamento de milho em SP

Publicados

em

Por

Caminhão já era monitorado por agentes do Decap desde que saiu do Paraná; motorista foi detido em flagrante

Reprodução / Twitter / @PoliciaCivilPolícia Civil apreendeu 1.012 toneladas de maconha em caminhão na rodovia Anhanguera

Um homem de 25 anos foi detido pela Polícia Civil nesta terça, 26, ao transportar meia tonelada de maconha escondida em meio a uma carga de milho. A apreensão foi feita por agentes no km 15 da rodovia Anhanguera, na zona oeste de São Paulo. No total, foram apreendidos 1.012 tijolos de maconha, totalizando 521,5kg, além de dois celulares. Segundo a Polícia, o caminhão que levava o carregamento já era vigiado desde que saiu do Paraná por causa de um trabalho de investigação e inteligência realizado por membros do 5º Distrito Policial (Decap), e um bloqueio foi montado na rodovia Paulista para pegá-lo. O motorista alegou não saber o que carregava, foi preso em flagrante por tráfico e segue detido.

Jovem Pan

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  As pegadas pré-históricas que põem em xeque ideias sobre origem da humanidade
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.