BRASÍLIA

CÂMARA DISTRITAL

[Homenagem] Varjão completa 19 anos como região administrativa, mas acumula mais de cinco décadas de história

Publicados

em

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

O deputado Martins Machado ressalta que a jovem região administrativa tem passado por muitas mudanças desde a sua oficialização, como investimentos em melhorias urbanas e na segurança pública

Localizado no extremo sudoeste do Setor Habitacional Taquari, perto do Setor de Mansões do Lago Norte, o Varjão tornou-se, oficialmente, a 23ª Região Administrativa do Distrito Federal em 2003, por meio da Lei nº 3.153, de 6 de maio daquele ano. Para celebrar os 19 anos da RA, a Câmara Legislativa realiza sessão solene nesta segunda-feira (2), a partir das 19h, na Casa de Cultura do Varjão. A solenidade será transmitida, ao vivo, pela TV Câmara Distrital, no canal 9.3 da TV aberta e no YouTube.

O deputado Martins Machado (Republicanos), autor do pedido de homenagem, ressalta que a jovem região administrativa tem passado por muitas mudanças desde a sua oficialização. “Investimentos em melhorias urbanas e na segurança pública, bem como um trabalho intenso de conscientização social, ambiental e sustentável, mudaram a fisionomia inicial do Varjão”, argumenta o distrital. Machado também acredita que a localização da RA, próxima ao Setor de Mansões do Lago Norte, e a melhoria dos índices sociais da cidade têm agregado valor aos imóveis.

Leia Também:  Neoenergia Distribuidora Brasilia, recupera volume recorde de energia furtada

Raio-X da população

Segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD) de 2018, realizada pela Codeplan, o Varjão tinha uma população, naquele ano, de 8.802 pessoas, sendo 51% do sexo feminino. A idade média dos entrevistados era de 27,9 anos. No que diz respeito à raça/cor da pele, a resposta mais comum foi “parda”, como se declararam 59,1% dos moradores. Sobre o estado civil, 65,1% da população com 14 anos ou mais de idade se declararam solteiros.

Quanto à origem dos moradores, 51,8% informaram ter nascido fora do DF. O estado mais reportado foi a Bahia, conforme 34,8% dos entrevistados.

Com relação à escolaridade das pessoas com 25 anos ou mais, 40,3% declararam ter o ensino fundamental incompleto. O índice de ocupação da população economicamente ativa estava em 58,7%, sendo o setor de serviços o principal empregador, e o Plano Piloto o principal local de trabalho. O valor médio da remuneração dos empregados era de R$ 1.468,21.

Primórdios da RA

Apesar do pouco tempo como região administrativa, o Varjão tem uma história que remonta ao final da década de 1950. Naquela época, suas terras pertenciam à Fazenda Brejo ou Torto e estavam localizadas em Planaltina.

Leia Também:  TJDFT derruba suspensão de atividades presenciais na CLDF

A primeira ocupação ocorreu em meados da década de 1960, com caráter rural, em terras públicas. A partir de 1970, a área foi sucessivamente dividida, resultando em um aglomerado desordenado junto ao Ribeirão do Torto.

Em 1991, o GDF assinou o decreto de criação da chamada “Vila Varjão”, estabelecendo a fixação da população no local e determinando a elaboração de um projeto urbanístico para sua implantação definitiva. Inserida no espaço geográfico da RA do Lago Norte, a então Vila Varjão foi transformada, definitivamente, em região administrativa em 2003.

Denise Caputo – Agência CLDF

COMENTE ABAIXO:

CÂMARA DISTRITAL

Seminário online coloca em pauta atuação das TVs legislativas

Avatar

Publicados

em

Por

Foto: Divulgação/TV Câmara Distrital

O seminário é uma realização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, por meio da TV Câmara Distrital e da Escola do Legislativo da CLDF (Elegis), em parceria com a Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública)

A primeira edição do seminário “TVs Legislativas: Desafios e Oportunidades” acontece nesta quinta-feira (26), a partir das 19h30, na modalidade online, com transmissão pelo canal do YouTube da TV Câmara Distrital. Na programação, duas palestras e um painel sobre a atuação das emissoras legislativas.

A palestra de abertura será sobre programação, conteúdo e transmissões parlamentares e será feita pela jornalista Ginny Morais, coordenadora de Transmissões da Diretoria Executiva de Comunicação e Mídias Digitais da Câmara dos Deputados. Na sequência, o diretor da TV Senado, Érico Silveira, vai abordar a importância das redes sociais para os canais legislativos.

Por fim, será apresentado o painel “Desafios e Crescimento das TVs Legislativas no País”, o qual terá como debatedores a jornalista Luciana Rivelli, presidenta da Associação de TVs e Rádios Legislativas (Astral), e o professor Paulo Victor Melo, que pesquisa o assunto na Universidade da Beira Interior, em Portugal.

Leia Também:  Saúde vai vacinar mais 18 mil profissionais de educação a partir desse sábado (26)

O seminário é uma realização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, por meio da TV Câmara Distrital e da Escola do Legislativo da CLDF (Elegis), em parceria com a Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública). Serão oferecidos certificados de participação aos inscritos que acompanharem o debate (acesse o formulário).

TV Câmara Distrital

No ar desde outubro de 2021, a TV da CLDF pode ser sintonizada em canal aberto para o Distrito Federal (canal 9.3) e no canal 11 da Net/Claro. Além disso, a programação da emissora está disponível no YouTube.

O objetivo do veículo é contribuir para a transparência do parlamento local, para o exercício da cidadania dos moradores do DF e para qualidade da informação pública disponível à sociedade.

Denise Caputo – Agência CLDF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?