BRASÍLIA

CARROS E MOTOS

Anfavea: preços dos carros continuarão altos até meados de 2022

Anfavea: preços dos carros continuarão altos até meados de 2022

A Anfavea não vê uma redução nos preços dos custos por um tempo. Com alta desenfreada nos valores dos carros novos, o mercado nacional vai gradualmente encolhendo na medida que diversos fatores afetam a precificação dos automóveis e até sua disponibilidade nas lojas.

Luiz Carlos Moraes, presidente da entidade que reúne a maioria dos fabricantes nacionais, vislumbra os preços altos dos carros até meados do próximo ano. Contudo, ele espera que ações de marketing das marcas ajudem a vender mais veículos nesse período.

Moraes prevê: “Em termos de custos, não vejo em pouco tempo uma alteração estrutural que permita redução nos valores finais. Talvez, baixe apenas na metade do ano que vem”.

Anfavea: preços dos carros continuarão altos até meados de 2022

VEJA TAMBÉM:

Para a Anfavea, um dos principais fatores que contribuem para aumento dos preços é o custo maior das montadoras, em especial com a cotação do dólar elevada. Ele explica que a importação de peças e componentes encarece o produto nacional.

Além disso, aumento da inflação, taxa Selic, entre outros, bem como a carga tributária altíssima, que chega a representar 50% do preço de um automóvel no país, contribui para o aumento dos preços.

Leia Também:  Salão de São Paulo cresce e ganha importância no cenário mundial

Isso sem contar a paralisação das fábricas por conta de chips e outros componentes, que reduzem a oferta no mercado e inflam os preços também, inclusive dos carros seminovos e usados em decorrência do encolhimento do mercado de novos.

Anfavea: preços dos carros continuarão altos até meados de 2022

Só em 2021, os preços dos carros subiram em média 15%, o que impacta diretamente o consumidor. Fora isso, o ICMS aumentado em São Paulo, maior mercado automotivo do país, ajuda a complicar as coisas com valores mais altos que o resto do país.

Moraes reconhece que o aumento dos custos não pode ser absorvido pelas montadoras, que assim repassam a diferença para o consumidor. Ele explicou que isso ocorre de modo geral, visto que há ociosidade em todo o mundo.

Ainda, diz que se o Brasil não for competitivo, perderá investimentos importantes. Isso evidentemente quando o mercado automotivo global voltar a acelerar após a crise do chip e a pandemia.

[Fonte: Estadão]

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CARROS E MOTOS

Novo WR-V? Honda anuncia novo SUV com teaser provocador

Publicados

em

Por

Novo WR-V? Honda anuncia novo SUV com teaser provocador

Durante a apresentação virtual do Novo Honda BR-V, a marca japonesa mexeu com os indonésios e todos aqueles estrangeiros que acompanharam o evento de lançamento. Numa das imagens, apareceu um teaser provocador com um carro ocultado sob um manto vermelho.

Na imagem, apenas as luzes diurnas em LED se destacam, contudo, existem outras coisas. Uma delas é o teto com barras longitudinais, que mostram ser um SUV. Outro detalhe é a altura do carro, indicando ser de fato um utilitário esportivo. Mas, fica a pergunta: o que será?

Já tendo apresentado o BR-V, antecipado pelo conceito N7X, a Honda revelou anteriormente o Novo HR-V. Para uma região específica como a Indonésia, a marca não poderia revelar a próxima geração do CR-V, que anda oculta em panos pretos e brancos na Europa.

Como se trata de um produto global, o mais indicado seria em um evento mais amplo e não regional. Então, voltando para o arquipélago do Sudeste Asiático, a única opção seria umm SUV compacto de entrada para fazer frente a modelos como Daihatsu Rocky, Toyota Raize e Kia Sonet, por exemplo.

Leia Também:  Hyundai inicia produção do Novo Creta em Piracicaba

O que se sabe, é claro, que na faixa de entrada, a Honda tem o WR-V, mas o crossover derivado do Fit da geração anterior, já está em fim de carreira e o que se diz é que haverá um sucessor, conhecido como ZR-V. Ainda assim, na Índia, esse projeto falhou com a decisão da japonesa de atuar no segmento mais acima.

Para a Índia, um equivalente de baixo custo do HR-V anterior ou da nova geração seria interessante, mas e na Indonésia? Como parece se tratar de uma mudança de rumo recente no mercado indiano, pode ser que esse carro coberto seja então o sucessor do WR-V ou mesmo o próprio crossover, mas em sua segunda geração, mantendo o nome como o BR-V fez. Esperemos…

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.