Como Volkswagen tentou comprar a Alfa Romeo em 2018

Como Volkswagen tentou comprar a Alfa Romeo em 2018

Os rumores sobre uma possível venda da Alfa Romeo para a Volkswagen foram confirmados através de comentários feitos por Carlos Tavares, CEO da Stellantis, segundo o site britânico Autocar.

A negociação com a antiga PSA envolveu diretamente Ferdinand Piëch, que já vinha namorando a Alfa Romeo há algum tempo. O que se sabe é que o herdeiro do grupo VW mencionou a marca italiana no Salão de Paris de 2011, quando sugeriu que o trevo poderia florescer sob o comando da marca alemã.

Mas, a então Fiat Chrysler não tinha disposição alguma de vende-la, porém, em 2018, a ADW Capital Management, que é um acionista tradicional, recomendou que a Alfa Romeo poderia ser desmembrada do grupo, assim como a Ferrari, de modo a aumentar seu capital.

Como Volkswagen tentou comprar a Alfa Romeo em 2018

Sabendo da recomendação da ADW, Ferdinand Piëch intermediou o contato entre VW e Alfa Romeo em junho de 2018, com a presença de Mike Manley, então CEO da FCA.

Leia Também:  Novo adesivo regenera pele de diabéticos e evita amputação

Contudo, Piëch já estava fora do conselho de administração da Volkswagen e pediu para que Herbert Diess entrasse no jogo. Este teria disse que “considerou seu dever atender ao pedido de Piëch”.

Ainda que Manley tivesse respondido à Diess que a Alfa Romeo não estava à venda, as conversas continuaram por um tempo. Comenta-se que a ideia era agregar a marca de Milão à Porsche em uma “anexação” do fabricante ao grupo alemão.

Como Volkswagen tentou comprar a Alfa Romeo em 2018

Agora, sob a Stellantis, a Alfa Romeo ganhou um prazo de 10 anos para mostrar seu valor, assim como Chrysler e Lancia. Rumores mais recentes falam até do retorno do GTV como um sedã elétrico de alta performance e com autonomia de 800 km. O alvo é a Tesla.

Para mais perto, a Alfa Romeo só pode contar com o Tonale, que será produzido em Pomigliano, junto aos Fiat 500X, Jeep Renegade e Compass. É a aposta mais lógica a fazer no momento, mas existe a promessa de mais modelos emocionais nos próximos anos.

Leia Também:  Férias escolares em casa: como brincar e fortalecer o corpo ao mesmo tempo

[Fonte: Autocar]

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Quer receber as notícias em
primeira mão?

TODOS OS DADOS SÃO PROTEGIDOS CONFORME A LEI GERAL DE
PROTEÇÃO DE DADOS (LGPD).

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?