BRASÍLIA

CARROS E MOTOS

Crise para quem? McLaren Brasil fecha 2020 com 19 supercarros vendidos

Publicados

em

Para 2021, a marca já vendeu todos as unidades do exclusivo 765LT, que parte de R$ 5 milhões

O ano de 2020 foi de grave crise econômica e de saúde pública. Por causa da pandemia do novo coronavírus, todo o mercado mundial passou por adaptações, o mais impactante foi o fechamento temporário de lojas e fábricas no Brasil e no Mundo, tudo para tentar conter o avanço do novo coronavírus.

Mesmo em um cenário desfavorável, a McLaren emplacou 19 unidades em solo brasileiro em 2020, cada uma mais milionária que a outra. Apesar de bom, para uma marca de superesportivos, o número é menor que 2019, quando a montadora vendeu incríveis 28 veículos.

McLaren 720S Spider.

Mais uma vez, o modelo mais vendido foi o 720S com seis unidades, sendo quatro da versão Coupé e duas da Spyder. A marca ainda comercializou três unidades do GT, do 600LT, do 570S Coupé e do 540C Coupé e uma do hypercar Senna GTR.

Para este ano, a montadora britânica, representada pelo Grupo Eurobike no Brasil, espera emplacar entre 20 e 25 unidades. Dessas, seis já foram comercializadas. O exclusivo 765LT, com apenas 765 unidades em todo o mundo, já teve todas as unidades destinadas para cá encomendadas, ao valor inicial de R$ 5 milhões. Elas desembarcam no país em março.

McLaren 765LT.

Baseado no 720S, o modelo foi desenvolvido com diversos componentes da carroceria em fibra de carbono, o que reduziu o peso total do veículo em 80kg. É equipado com o poderoso motor V8 biturbo 4.0 de 775 cavalos, capaz de levar o superesportivo do zero aos 100km/h em míseros 2,8 segundos e aos 200km/h em impressionantes sete segundos.

McLaren Artura será lançado mundialmente neste mês.

O Artura é a maior novidade da McLaren nos últimos anos. Trata-se de um modelo híbrido de alto desempenho totalmente novo, tanto pelo chassi de fibra de carbono concebido especialmente para receber tecnologia eletrificada, quanto pelo sistema de propulsão, com um inédito motor V6 e outro elétrico. Com ele, a marca inicia o processo de renovação da linha de veículos.

Leia Também:  Os populares do Salão do Automóvel

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

Land Rover apresenta linha 2021 do Range Rover Velar com nova motorização

Publicados

em

O SUV recebe novos sistemas de segurança, comodidade e tecnologia híbrida leve

A Land Rover apresenta a linha 2021 do Range Rover Velar. O SUV chega com nova motorização P340, cabine repleta de novas funções e tecnologias, além de novas opções de customização, a partir de R$ 520.050.

O Velar chega ao país na última semana de fevereiro em duas versões, a R-Dynamic SE e R-Dynamic HSE, ambas com nova motorização P340. A opção de entrada parte de R$ 520.050 e a topo de linha sai a partir de R$ 565.350. As primeiras unidades disponíveis na rede de concessionários estarão equipadas com Pacote Brasil no valor de R$ 27.900 para a SE e R$ 30.600 para a HSE.

O visual externo não foi alterado.

Uma das principais novidades é a motorização P340. Com ela, o Velar agora conta com um propulsor 3.0 seis cilindros em linha que gera 340 cavalos e 48,9kgfm. Ele substitui o P300 (um 2.0 turbo) e o P380 (V6). Além disso, ele conta com suporte do sistema híbrido-leve, com uma bateria de 48 volts que auxilia o conjunto mecânico a economizar combustível.

O P340 é acompanhado de transmissão automática de oito velocidades, direção elétrica, suspensão pneumática a ar e o sistema de tração integral Terrain Response II. Com isso, o utilitário de luxo sai da imobilidade até os 100km/h em 6,3 segundos, a velocidade máxima é de 240km/h.
Por dentro, a novidade é o volante.

O visual externo não sofreu nenhuma alteração, por dentro as novidades focam as telas da central multimídia e do painel de instrumentos. O volante é completamente novo, costurado em couro, ele conta com botões sensíveis ao toque e interativos com o computador de bordo.

Leia Também:  Ford reduz preço do Ka na Espanha

O painel de instrumentos tem display de 12,3 polegadas e o novo sistema de infoentretenimento PIVI PRO tem tela de 10 polegadas. Ela conta com atualizações OTA (over the air) e se mantém sempre atualizada, garantindo que o motorista receba as últimas mudanças em mapas, aplicativos e funcionalidades do veículo.

Painel de instrumentos com tela digital de 12,3 polegadas.

O PIVI PRO também controla as novas tecnologias embarcadas do Velar, como as câmeras 360º, capô transparente (tecnologia exclusiva, que permite que o motorista enxergue o caminho logo à frente das rodas dianteiras através de câmeras de última geração) e sensor de profundidade, acompanhando o nível de submersão do carro de até 580mm.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA