EcoSport: fim na Índia é saída dos EUA – analistas criticam SUV

EcoSport: fim na Índia é saída dos EUA - analistas criticam SUV

O fim do Ford EcoSport na Índia, onde a montadora americana encerrou sua produção, tal como no Brasil, o mercado americano já vê a saída do SUV subcompacto do oval azul. Acredita-se, com base no processo de fechamento indiano, que ele sairá em meados de 2022.

Diante disso, o mercado americano não vê surpresa com o fim do modelo na América do Norte, embora a produção romena esteja garantida, segundo porta-voz da Ford Europa.

Lá, o EcoSport é produzido em Craiova e fica abaixo do Puma, o crossover de pegada premium e esportiva (tem versão ST). A garantia de produção sem previsão de encerramento foi dada ao jornal Detroit Free Press.

EcoSport: fim na Índia é saída dos EUA - analistas criticam SUV

VEJA TAMBÉM:

Ainda assim, é bom não contarmos com isso, dadas ações recentes da Ford no Brasil e na Índia (romenos, barbas de molho!). Mas, de volta aos EUA, o jornal da “motor city” consultou analistas de mercado para medir o impacto da saída do EcoSport.

A maioria não elogiou o pequenino da Ford, que pode-se dizer ser um estranho no ninho. Maeva Ribas, gerente de pesquisa de design e estratégia da The CARLAB Inc., disse: “Ecosport nunca foi realmente adequado para o consumidor americano”.

Leia Também:  BMW Concept XM é o próximo SUV novo da alemã feito nos EUA

Ribas completou: “a Ford está apenas corrigindo um equívoco. Ecosport não pertence aos Estados Unidos”. Karl Brauer, analista executivo da iseecars.com, comentou: “Foi um dos mais vendidos no Brasil e extremamente competitivo, desejável e bem-sucedido. Mas a Ford nunca fez nada para atualizá-lo”.

EcoSport: fim na Índia é saída dos EUA - analistas criticam SUV

Por fim, afirmou: “E passou de um dos carros mais vendidos no Brasil a superado por todos os concorrentes. Depois de se tornar não competitivo no Brasil, a Ford o trouxe para cá – para os EUA. Só não consegue competir nesse mercado”.

Contudo, houve quem ficasse surpreso com seu fim. John McElroy, apresentador do podcast e webcast “Autoline After Hours”, falou: “Achei que seria um sucesso. Pequenos crossovers têm sido um segmento realmente quente, mas talvez não tão pequeno”.

Entretanto, McElroy pontuou num detalhe importante. Ele mencionou que o EcoSport pode ainda sofrer com o fogo amigo da Maverick, que custa o mesmo, é híbrida e, logicamente, uma picape cabine dupla. Isso sem contar que é novidade, já arrebatando 100 mil americanos.

Leia Também:  Com desconto de até R$ 16 mil, Peugeot vende 800 carros num dia

Pelo visto, parece que o EcoSport não duraria muito tempo na América, mesmo com a produção indiana sem interrupção. Agora, resta esperar pelo fim do mesmo na Romênia, encerrando assim a carreira do brasileiro.

[Fonte: Detroit Free Press]

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Quer receber as notícias em
primeira mão?

TODOS OS DADOS SÃO PROTEGIDOS CONFORME A LEI GERAL DE
PROTEÇÃO DE DADOS (LGPD).

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?