BRASÍLIA

CARROS E MOTOS

Fenabrave: emplacamentos de veículos crescem 10,82% em maio

O número de emplacamentos de veículos em maio chegou a 319.257 unidades, o que representa um aumento de 10,82% na comparação com o mês anterior, quando foram emplacados 288.081. Na comparação com os emplacamentos de maio do ano passado o aumento foi de 218%, já que naquele período foram vendidos 100.394 veículos. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que considera os automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros para fazer a contagem.

O balanço mostra ainda que no acumulado do ano, foram emplacadas 1.393.358 unidades. Na comparação com o mesmo período de 2020 houve um crescimento de 35,12% (1.031.235 unidades emplacadas).

Segundo a Fenabrave, a previsão para o ano de 2021 é de crescimento de 16%, assim como o divulgado em janeiro. A revisão deve ser feita em julho, após o encerramento do semestre e a regularização da produção.

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Chegada do 5G deve transformar atendimento médico com a telemedicina
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CARROS E MOTOS

Range Rover Evoque L é para chinês e custa mais de R$ 300 mil

Publicados

em

Por

Range Rover Evoque L é para chinês e custa mais de R$ 300 mil

Se você desconfia que o Range Rover Evoque não tem muito espaço para as pernas no banco traseiro, os chinês têm certeza disso. Lá, onde os donos de carros – que não precisam ser de luxo – andam atrás enquanto seus motoristas fazem o serviço, a Land Rover aderiu à moda local.

Assim, através de sua joint-venture com a Chery, esticou o Evoque, criando assim o Evoque L. Ficou um pouco estranho esse Range Rover esticado, mas para o cliente chinês, está ótimo para esticar mais as pernas.

Range Rover Evoque L é para chinês e custa mais de R$ 300 mil

Visualmente, a diferença para o modelo que voltará a ser fabricado em Itatiaia-RJ é o conjunto de portas traseiras, que ficaram bem grandes em relação ao padrão do SUV de luxo.

Na mudança, o Evoque ficou 16 cm mais longo, alcançando 4,531 m de comprimento, com largura de 1,904 m e altura de 1,650 m. Assim como o porte, o entre-eixo cresceu 16 cm e agora é de 2,841 m no modelo chinês.

Leia Também:  Comitê do grupo europeu da PSA aprova fusão com Fiat-Chrysler

O espaço para pernas cresceu 15,6 cm, o que deve dar para o proprietário relaxar mais durante a viagem. Além disso, internamente o Evoque L recebeu alguns itens diferenciados para quem curte viajar de passageiro.

Range Rover Evoque L é para chinês e custa mais de R$ 300 mil

O console entre os bancos dianteiros recebeu uma plataforma para pequenos objetos ou refeição, além de encosto reclinável eletricamente com cinco graus para frente e sete graus para trás. Já o teto solar panorâmico foi ampliado em 0,82 m2, permitindo mais luz no interior do carro.

No Range Rover Evoque, a mecânica é MHEV com motor Ingenium 2.0 de 249 cavalos com alternador/gerador de alguns cavalos, que permite desligamento do motor e sua religação após alguns metros, garantindo assim uma importante redução no consumo.

Range Rover Evoque L é para chinês e custa mais de R$ 300 mil

A transmissão é automática de nove marchas com tração nas quatro rodas. Por lá, o Range Rover Evoque L “by Chery” tem preço sugerido indo de 390.000 yuans até 480.000 yuans, o que dá algo entre R$ 303,8 mil e R$ 373,9 mil. Sem dúvida, preços bem “brasileiros” para o SUV britânico.

Leia Também:  FPM: municípios recebem R$ 743 milhões nesta quinta-feira (20)

Range Rover Evoque L 2022 – Galeria de fotos

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA