Ford apresenta a Maverick, primeira picape intermediária da marca

Ford apresenta a Maverick, primeira picape intermediária da marca. Fotos: Ford.

Com o mesmo conjunto mecânico do Bronco, a caminhonete chega brigando em preço com a irmã maior, a Ranger

A Ford apresenta a Maverick, primeira picape intermediária da marca, no Brasil. Seguindo o primo Bronco, ela chega em única versão, a Lariat FX4 por salgados R$ 239.990 (preço base de Brasília), o que faz a caminhonete esbarrar nos valores da irmã maior, a Ranger, que tem opção com o poderoso motor 3.2 saindo por apenas R$ 6 mil a mais, sem falar nas 2.2.

Conduto, por mais incrível que possa parecer, o preço não é o principal “erro” da Maverick. O motor consegue ser, ao mesmo tempo, o grande destaque e o maior porém da picape. Ela utiliza o poderoso 2.0 turbo, o mesmo do Bronco, mas que gera 253 cavalos. No entanto, a capacidade de carga é de míseros 617kg, menor que a da Fiat Strada cabine dupla.

Ford Maverick.

A picape intermediária chega em única versão.

Parece que a Ford esqueceu que o principal foco de uma picape é carregar peso e não esportividade. Com o forte conjunto mecânico, a Maverick surge como uma das mais fortes entre as equipadas com motor a gasolina. Além dos 253 cavalos, o torque é de bons 38,7kgfm.

Leia Também:  Cientistas publicam estudo sobre crânio de dinossauro 'gaúcho' descoberto há 20 anos

Dessa forma, a caixa de força, aliada a transmissão automática de oito velocidades, tração integral AWD, dereção elétrica e rodas de 17 polegadas, é capaz de fazer a picape ir do zero aos 100km/h em ótimos 7,2 segundos. Ela ainda conta com cinco modos de condução (Normal, Lama/Terra, Areia, Escorregadio e Rebocar/Transporte).

Ford Maverick.

A cabine tem inspiração no Bronco Sport.

Na parte visual, a Maverick conta com os elementos de estilo da família de picapes da Ford, com capô imponente e silhueta quadrada. Os faróis em C unidos à grade e conectados por uma barra são outra assinatura dos modelos da marca. O para-choque dianteiro conta com dois ganchos de reboque. A traseira tem uma barra conectando as duas lanternas.

Por dentro, ela também segue o primo, a cabine combina tons escuros, cinza e ocre e tem detalhes cobreados nas saídas de ar, no console e nas portas para sinalizar os pontos de contato com o veículo. Os painéis de portas são esculpidos em formato de pedra, com descansa-braço dividido para acomodar uma garrafa de água.

Ford Maverick.

A picape usa motor a gasolina e tração AWD.

A lista de equipamentos é, como deveria ser em um veículo desta faixa de preço, generosa. Entre os diversos itens, a Maverick conta com teclado para abertura da porta, chave sensorial, ar-condicionado dual zone, painel de instrumentos digital de 6,5 polegadas, para-brisa acústico, sistema de conectividade FordPass e partida remota.

Leia Também:  Homem morre após ser esfaqueado em festa de aniversário no Piauí

Na parte da segurança, ela vem com assistentes de frenagem automática com detecção de pedestres e ciclistas até 50km/h e de pós-colisão, freio de estacionamento elétrico com auto hold, sete airbags, controle automático em descidas ajustável até 32km/h, auxiliar de partida em rampa, farol alto automático e câmera de ré.

Ford Maverick.

A picape já está disponível nas concessionárias da marca.

Além disso, a Maverick é o primeiro veículo da marca a contar com acompanhamento preventivo inteligente, usando a conectividade. Se um alerta de falha do veículo for emitido, dependendo da gravidade o cliente poderá ser contatado proativamente por um atendente com recomendações para a sua solução.

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?