BRASÍLIA

CARROS E MOTOS

Volvo muda híbrido plug-in e autonomia vai até 90 km

Volvo muda híbrido plug-in e autonomia vai até 90 km

A Volvo atualizou o sistema híbrido plug-in de seus modelos das linhas 60 e 90. A alteração veio na forma de uma bateria de lítio mais potente para ampliar a autonomia dos produtos dessas duas séries, vendidas no Brasil.

A célula de lítio passou de 11,6 kWh para 18,8 kWh, garantindo assim que o alcance passasse de 60 km para pouco mais de 90 km. Isso permite mais tempo rodando com emissão zero ou com baixa poluição no modo híbrido.

Mas, as mudanças não ocorrem apenas aí. A marca sueca também alterou a potência do motor elétrico. Até então, este apresentava 87 cavalos, mas agora são 145 cavalos.

Ou seja, mais força e menos esforço nos deslocamentos diários, o que também contribui para um consumo menor, já que haverá menos esforço (e energia) para mover o enorme peso dos modelos S60, V60, XC60, S90, V90 e XC90.

O legal disso é que, se o motor elétrico ficou mais potente, então os modelos T6 (não vendido no Brasil) e T8, agora ficarão mais espertos, entregando assim 350 cavalos no primeiro e 455 cavalos no segundo, de forma combinada.

Leia Também:  Volvo XC90 2022 retém 95% de contaminantes e parte de R$ 469.950

Volvo muda híbrido plug-in e autonomia vai até 90 km

Neste último, o T8, ele equipara a potência ao último desenvolvimento da Volvo em motores de combustão de alta potência, no caso o Drive-E, um tipo de “2.0 Triple-E” (uma referência aos meganavios da Maersk) com 454 cavalos.

Como se sabe, a Volvo construiu protótipos do Drive-E 2.0 tri-turbo (um deles elétrico) e alcançou 454 cavalos. Se tivesse mantido o projeto, ele seria o 2.0 mais potente em produção seriada no mundo, superando o M139 da Daimler, que tem 421 cavalos.

Agora, a Volvo chega ao numeral que ambicionou antes de mudar a estratégia global para a eletrificação, abandonando um propulsor potente, mas sem nenhum auxílio elétrico com exceção do turbo para baixa rotação.

Esse aumento de potência também garante melhor condução com tração nas quatro rodas, uma vez que o motor elétrico fica no eixo traseiro. A novidade ainda não chegou ao Brasil, onde a gama é 100% híbrida.

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CARROS E MOTOS

Chevrolet S10 Z71 tem visual aventureiro e parte de R$ 260.490

Publicados

em

Por

Chevrolet S10 Z71 tem visual aventureiro e parte de R$ 260.490

Como já anunciado, a GM terá quatro lançamentos em 2021 e um deles é a Chevrolet S10 Z71, que chega ao mercado com preço sugerido de R$ 260.490, posicionando-se entre as versões LT e LTZ, trazendo um visual focado na aventura para realçar a gama de versões da picape média, feita em São José dos Campos.

Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing GM América do Sul, diz: “A S10 Z71 chega num momento em que as pessoas estão descobrindo formas diferentes de trabalhar e de se divertir. Cresce o interesse por viagens de automóveis, por esportes de aventura e pelo maior contato com a natureza. E para explorar este universo off-road, nada melhor que uma picape robusta e confortável, que já provou superar os mais complexos desafios do agronegócio”.

Chevrolet S10 Z71 tem visual aventureiro e parte de R$ 260.490

Com mais de 20 itens de personalização, a Chevrolet S10 Z71 vem com grade preta, detalhes em preto brilhante e logotipo Z71 na frente, que tem ainda o skid plate na mesma tonalidade. Os faróis possuem assinatura em LED e as rodas de liga leve aro 18 polegadas são escurecidas.

Leia Também:  Fiat suspende 1,8 mil funcionários em Betim por falta de chips

Nas laterais, as portas possuem faixa decorativa alusiva à proposta, bem como estribos personalizados e exclusivos da Z71, santantônio maior e igualmente próprio dessa versão da S10, que ainda reforça a imagem com o logotipo nas laterais da caçamba.

Chevrolet S10 Z71 tem visual aventureiro e parte de R$ 260.490

Com logotipo do black bow tie, a S10 Z71 tem ainda para-choque traseiro preto, bem como faixa decorativa na tampa da caçamba, que traz também capota marítima. Outro detalhe da picape da Chevrolet é o escape com ponteira dupla. Os pneus são mais espessos e focados em todo-terreno, para maior resistência.

Equipada com motor diesel Duramax 2.8 CDTI com 200 cavalos e 51 kgfm, a S10 Z71 tem transmissão automática de seis marchas e tração 4×4 com reduzida, além de bancos em couro, multimídia MyLink com Android Auto e Apple Car Play, seis airbags, entre outros. A picape vai de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos e tem consumo de 8,3 km/l na cidade e de 10,6 km/l na estrada.

Chevrolet S10 Z71 2022 – Galeria de fotos

AUTOMOTIVO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.