BRASÍLIA

CONCURSOS E CARREIRAS

Concurso público para professores efetivos da Secretaria de Educação está por vir

Publicados

em

Por Gabriel de Sousa
[email protected]

Nesta terça-feira (16), a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá informou que o Governo do Distrito Federal (GDF) está preparando esforços para que o processo seletivo para professores efetivos saia no início do próximo ano. A expectativa é que o edital definitivo saia até o final deste ano.

De acordo com a secretária, é de desejo do governo local que o concurso público seja realizado com rapidez. “Queremos publicar o edital ainda neste ano para que a gente possa realizar o concurso no início do próximo ano. O mais breve possível para termos novos profissionais na Educação. A gente sempre precisa dessa renovação”, afirmou.

O concurso está autorizado desde o dia 8 de março deste ano, quando o secretário de Economia, André Clemente, permitiu a publicação de editais para ingresso nas carreiras de magistério e assistência à Educação. Na ocasião, foi estipulado que o salário inicial dos professores que trabalham 20 horas semanais será de R$ 2.618,57. Já aqueles que tiverem 40 horas semanais de exercício poderão receber até R$ 5.237,13.

Já a carreira de assistência à educação é composta pelas funções de monitor de gestão educacional, técnico de gestão educacional e analista de gestão educacional. Os salários dos cargos estão entre R$ 2.068,43 a até R$ 4.223,76.

Até o presente momento, não foi informado o número de vagas que serão ofertadas para o processo seletivo para professores efetivos. Porém, a Lei Orçamentária Anual e a Lei de Diretrizes Orçamentárias, na edição de 2021, são previstas 2.768 nomeações para a Secretaria de Educação (SEE/DF). Deste número, 2.007 são para profissionais da educação básica. Atualmente, há mais de 26 mil efetivos concursados pela pasta.

Leia Também:  Temas de redação Enem 2021: Como estudar os temas previamente

Na última terça-feira (16), mesma data em que a secretária Hélvia Paranaguá informou a realização breve do novo concurso de professores efetivos, o Governo do Distrito Federal (GDF) zerou o cadastro reserva do último processo seletivo realizado em 2016, fato que possibilitou a elaboração do futuro certame. Em três anos, o governo local contratou 3.337 novos servidores para atuar nas salas de aula da capital federal.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na ocasião, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que planeja encerrar o seu mandato como governador em 2023 com um recorde de nomeações. “Já nomeei 3.337 servidores da educação ao longo desses três anos e vamos fechar nosso mandato como o governo que mais nomeou servidores públicos na história do Distrito Federal”, afirmou.

Uma das candidatas que aguardam a realização do novo concurso público é Juliana Andrade, recém-formada em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e que mora em Samambaia com o pai. Ela veio morar em Brasília para melhores condições de trabalho na área docente. “Em Brasília é onde os professores conseguem os melhores salários e oportunidades de construir suas carreiras, por isso, muitos profissionais vêm de fora para virem para cá”, afirma.

Juliana tem a pretensão de trabalhar em uma escola perto de onde mora, e para isso, está desde a sua formatura, no início deste ano, se preparando para os novos concursos públicos do Distrito Federal. “Eu estudo todos os dias durante duas horas, o mais importante é manter o foco. As pessoas dizem que o concurso da Secretaria de Educação é fácil, mas passam poucas pessoas comparado ao grande número de candidatos”, observa.

Leia Também:  Prefeitura de Nova Guarita (MT) abre concurso com 39 vagas e salário de até R$ 10 mil

A goiana agora aguarda os próximos movimentos da Secretaria de Educação, e espera que o edital com a data das provas seja disponibilizado logo. “Vai batendo aquela ansiedade junto com a sensação de que nós estudamos pouco. Mas eu gostaria já começar o próximo ano com o emprego dos sonhos”, disse a recém-formada.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como foi o último concurso?

O último concurso realizado pela Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE/DF) foi em 2016, quando 2.900 oportunidades para carreiras dos níveis médio, técnico e superior foram disponibilizadas pelo edital. As vagas foram destinadas às funções de professor da educação básica, analista, técnico e monitor de gestão educacional. Duas mil foram apenas para professores, destinados a candidatos de nível superior.

O restante se concentrara em vagas para a área de assistência educacional, sendo 560 para técnicos em gestão educacional, 250 para monitores e 90 para analistas. Naquele concurso público, as remunerações chegaram a até R$5 mil, e foi organizado pelo Centro Brasileiro De Pesquisa em Avaliação e Seleção e De Promoção de Eventos (Cebraspe).

O certame foi dividido em duas fases, a primeira consistiu na realização de uma prova objetiva com 120 questões de Conhecimentos Básicos, Complementares e Específicos. Enquanto a segunda etapa se resumiu a avaliação de títulos daqueles que tiveram sido aprovados nas avaliações escritas.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Jornal de Brasília

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

CONCURSOS E CARREIRAS

Formado em psicologia? DF tem vagas com salários de R$ 7 mil nesta 5ª

Publicados

em

Por

DF tem 246 oportunidades de emprego abertas nas agências do trabalhador nesta quinta-feira (20/1). Confira as vagas

Fotografia colorida de pessoa segurando Carteira de trabalho na rua
Rafaela Felicciano/Metrópoles

Esta quinta-feira (20/1) começa com boas oportunidades nas agências do trabalhador do Distrito Federal para profissionais do ramo automotivo. Há três vagas para mecânico de diesel e eletricidade, que tenha ensino médio completo, com salário de R$ 3,2 mil, mais benefícios; e três para motorista de furgão, com remuneração de R$ 3,5 mil, mais benefícios.

Na mesma área, há ainda uma chance para lanterneiro de automóveis (reparação), pagando R$ 2 mil, mais benefícios; e três oportunidades para mecânico de diesel e eletricidade, cujo salário é de R$ 3,2 mil, mais benefícios. Além dessas, há duas vagas para mecânico eletricista e mecânico de máquinas pesadas, com salários que variam de R$ 1.212,00 a R$ 2.706, mais benefícios.

Não faltam, também, oportunidades em outras áreas, para profissionais com diferentes níveis de escolaridade. Para pesquisador de informações de rede, com ensino médio completo, por exemplo, são 23 chances, com proventos de R$ 1.212, mas benefícios.

Para psicólogo do trabalho, com formação em psicologia, são duas vagas que pagam salário de R$ 7.067, mais benefícios, e outras três vagas estão abertas para supervisor de construções e manutenção, com salário de R$ 2 mil, mais benefícios.

Como concorrer

Para conferir as especificações os interessados em concorrer a qualquer uma das vagas, podem ir a uma das 14 agências do trabalhador em funcionamento no Distrito Federal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Leia Também:  Formado em psicologia? DF tem vagas com salários de R$ 7 mil nesta 5ª

Vale destacar que, mesmo que nenhuma das vagas constantes na tabela do dia seja interessante para quem está em busca de emprego, o interessado pode deixar o currículo em uma das unidades ou se cadastrar no aplicativo Sine Fácil. Assim que alguma oportunidade que se encaixe em seu perfil for lançada, o sistema cruza os dados e a pessoa é convocada para a entrevista.

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria de Trabalho e preencher o formulário na aba empregador.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.