DF precisa qualificar 100 mil trabalhadores, em 3 anos, para preencher vagas na indústria

Um levantamento do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo Observatório Nacional da Indústria, concluiu que o Distrito Federal precisa qualificar 100 mil pessoas, nos próximos 3 anos, para atender as necessidades do mercado. De acordo com a Federação das Indústrias de Brasília (Fibra), até 2025 será preciso repor, cerca de 25 mil trabalhadores que estão prestes a se aposentar.

Na conta, entram ainda novas vagas e outros 75 mil trabalhadores que precisarão de cursos de aperfeiçoamento e capacitação. No Brasil, conforme o estudo, a demanda é de 9,6 milhões trabalhadores qualificados até 2025.

As áreas de maior demanda por formação são: tecnologia da informação, construção, logística e transporte e metalomecânica, além de ocupações que permitam ao profissional atuar em áreas como técnico em segurança do trabalho e técnico de apoio em pesquisa e desenvolvimento, entre outros (veja detalhes mais abaixo).

Quais são as necessidades de formação para profissionais no DF

 

As ocupações de nível de qualificação correspondem a 74% do emprego industrial no Brasil. Já as ocupações de nível técnico e superior seguem uma tendência de crescimento, segundo o estudo do Observatório Nacional da Indústria.

Demanda por formação no DF

Nível Demanda
Qualificação (com carga horária de menos de 200 horas) 34.939
Qualificação (com carga horária maior que 200 horas) 16.515
Técnico 25.071
Superior 24.397
Total 100.922

O estudo também avaliou estimativas e cenários político, econômico, tecnológico e de emprego para os próximos anos. Para esse cálculo, o Observatório afirma que levou em conta as taxas de difusão das novas tecnologias nas empresas e das mudanças organizacionais nas cadeias produtivas.

Leia Também:  Governo do DF autoriza concursos com até 2,2 mil vagas para técnico em enfermagem e agente de saúde

Veja as áreas que mais precisarão formar profissionais até 2025:

Áreas com maior demanda por formação

Área Demanda
Tecnologia da informação 20.844
Construção 19.506
Logística e transporte 11.028
Transversais 10.516
Metalmecânica 7.813
Alimentos e bebidas 6.702
Eletroeletrônica 5.124
Telecomunicações 4.389
Automotiva 3.126
Gestão 2.227

Profissionais de nível superior

 

Voltados para quem tem o Ensino Médio completo ou equivalente, esses cursos são para a formação de um bacharel ou licenciado. A carga horária mínima é de 2.400 horas, mas pode chegar a 7.200 horas.

Nível superior

Ocupação Demanda em formação inicial Demanda em aperfeiçoamento
Analistas de tecnologia da informação 1.492 12.211
Engenheiros civis e afins 485 1.811
Administradores de tecnologia da informação 137 1.118
Gerentes de tecnologia da informação 116 954
Gerentes de comercialização, marketing e comunicação 116 602

Profissionais de nível técnico

 

Os cursos técnicos do Senai têm carga horária entre 800h e 1.200h e são destinados a alunos matriculados ou que terminaram o ensino médio.

Nível técnico

Ocupação Demanda em formação inicial Demanda em aperfeiçoamento
Técnicos em eletrônica 633 2.184
Técnicos em operação e monitoramento de computadores 422 1.882
Técnicos em desenvolvimento de sistemas e aplicações 441 1.837
Técnicos em telecomunicações 247 1.533
Técnicos em transportes aéreos 209 1.274

Cursos de qualificação

 

Os cursos de qualificação são para jovens e profissionais que buscam se inserir em alguma ocupação. Para esses cursos, não é preciso ter um nível de escolaridade específico e, ao final, o aluno recebe um certificado de conclusão.

Leia Também:  Independência financeira motiva 40% das mulheres a empreenderem

Qualificação / mais de 200 horas

Ocupação Demanda em formação inicial Demanda em aperfeiçoamento
Padeiros, confeiteiros e afins 750 1.326
Mecânicos de manutenção de veículos automotores 795 908
Trabalhadores de instalações elétricas 429 794
Instaladores e reparadores de linhas e cabos elétricos, telefônicos e de comunicação de dados 203 915
Encanadores e instaladores de tubulações 192 738

Qualificação / menos de 200 horas

Ocupação Demanda em formação inicial Demanda em aperfeiçoamento
Ajudantes de obras civis 2.943 3.685
Alimentadores de linhas de produção 937 3.039
Motoristas de veículos de cargas em geral 609 3.195
Trabalhadores de estruturas de alvenaria 1.189 1.647
Magarefes (açougueiros) e afins 1.064 1.609

Ofertas de cursos gratuitos com inscrições abertas no DF

 

Para começar a atender as necessidades do mercado, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF) está com 10,8 mil vagas abertas com para cursos gratuitos de qualificação. Entre eles, almoxarife, carpinteiro, pintor, mestre de obras, assistente administrativo, assistente de contabilidade, eletricista e mecânico, entre outros.

As inscrições podem ser feitas pela internet até que as turmas sejam fechadas. As aulas ocorrem nas escolas do Senai do Setor de Indústria Gráficas (SIG), Brazlândia, Gama, Taguatinga e de Sobradinho.

Há ainda vagas de qualificação e especialização oferecidos pelo DF Inova Tech, gerido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e pela Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF).

Fonte: G1

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?