BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL II

Detran publica resultado do Programa Habilitação Social

15/06/21 às 8h18 – Atualizado em 15/06/21 às 8h20

Detran publica resultado do Programa Habilitação Social

Zélia Ferreira

(Brasília – 14/6/2021) – O Departamento de Trânsito do Distrito Federal divulga o resultado da seleção para o Programa Habilitação Social no Portal de Serviços do Detran, que pode ser acessado por meio do link https://portal.detran.df.gov.br/. Basta o cidadão informar o número do CPF para consultar sua situação individual. Algumas inscrições ainda estão em análise pelos órgãos responsáveis.

O programa, que vai beneficiar 5.000 pessoas de baixa renda, inscritas no CADÚnico, recebeu 29.465 inscrições para os serviços de obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), renovação dos exames médicos exigidos para habilitação, troca de permissão para dirigir pela CNH Definitiva e a adição ou alteração de categoria da habilitação.

O Programa Habilitação Social é destinado a pessoas de baixa renda e tem como objetivo possibilitar a formação, qualificação e habilitação profissional de condutores de veículos automotores, por meio da oferta gratuita de todo o processo de obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação – CNH nas categorias A ou B, adição de categoria A ou B, alteração para as categorias C, D ou E, renovação e troca pela habilitação definitiva.

Leia Também:  Conselho de Desenvolvimento do DF comemora 1 Ano de muitas lutas e conquistas

Prazos

De acordo com a Instrução nº 56/2021, os candidatos selecionados terão 15 dias para realizar a matrícula on-line e, depois de matriculado, mais 15 dias para realizar a abertura do processo no Registro Nacional de Condutores (Renach). Caso não cumpra esses prazos, perderá o direito ao benefício.

Detran-DF

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DISTRITO FEDERAL II

Programa Parque Educador abre inscrições em agosto

Publicados

em

Por

O Instituto Brasília Ambiental, por meio de sua Unidade de Educação Ambiental (Educ), realiza, no período de 2 a 20 de agosto, as inscrições para o programa Parque Educador Virtual – 2º Ciclo 2021. O projeto é desenvolvido em parceria com as secretarias de Educação (Seed) e de Meio Ambiente (Sema). No primeiro semestre deste ano atendeu 43 escolas e 1.415 alunos.

Foto: Divulgação/Brasília Ambiental
O ‘Parque Educador’ tem como foco principal o receptivo de estudantes de escolas públicas para atividades de educação integral, ambiental e patrimonial nas Unidades de Conservação geridas pelo Instituto | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

Para o próximo semestre, cada escola poderá inscrever, no máximo, duas turmas de até 40 alunos para participar do projeto. “Essas turmas participarão em dias e turnos diferentes, e os formulários para cada turma deverão ser preenchidos individualmente”, explica a analista ambiental Mariana Ferreira dos Anjos.

Foco

O Parque Educador tem como foco principal o receptivo de estudantes de escolas públicas do DF para realização de atividades de educação integral, ambiental e patrimonial nas Unidades de Conservação (UCs), geridas pelo Instituto.

Devido à pandemia, desde o ano passado, o projeto está sendo realizado de forma virtual. “E ainda que o retorno das aulas presenciais das escolas públicas do DF esteja programado para agosto, o projeto se dará de forma mista. Começará com o uso das plataformas digitais e terminará com as atividades presenciais nas UCs, onde acontecem as aulas em campo”, detalha a analista.

Leia Também:  Bomba: Em reunião agora a noite (04) na casa da Deputada Liliane Roriz é fechado acordo com o PROS

Atividades

As atividades são desenvolvidas por professores disponibilizados pela Secretaria de Educação e capacitados pelo Instituto. Segundo Mariana, o diferencial deste projeto de receptivo é que cada turma inscrita participa de um ciclo de aulas planejadas e encadeadas, caracterizando-se como um projeto continuado, o que possibilita um processo de sensibilização mais profundo dos alunos.

Os critérios de priorização para a seleção das escolas são:

  • menor distância da escola à UC selecionada, não podendo exceder a 20 km;
  • maior número de alunos da turma selecionada, não ultrapassando o limite de 40 alunos;
  • escolas relacionadas pela SEEDF como prioritárias;
  • escolas que já conte com desenvolvimento de projeto na área ambiental e/ou patrimonial;
  • e prévia participação do professor no Curso Guia Trilhas e Caminhos para a Sustentabilidade nas Escolas do DF.

O Parque Educador está presente na Estação de Águas Emendadas (Esecae)/Parque Ecológico Sucupira (Planaltina), e nos parques ecológicos Águas Claras, Três Meninas (Samambaia), Saburo Onoyama (Taguatinga), Riacho Fundo e Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul). Serão oferecidas quatro vagas para cada Unidade de Conservação. O período dos encontros do projeto será de setembro a novembro.

Leia Também:  Conselho de Desenvolvimento do DF comemora 1 Ano de muitas lutas e conquistas

*Com informações do Brasília Ambiental

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA