BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL II

Novo acesso para a Unidade de Recebimento de Entulhos

O motorista que for acessar a Unidade de Recebimento de Entulhos (URE), na Cidade Estrutural, precisa ficar atento à mudança de acesso dos caminhões e carretas. A entrada pela Quadra 12 está interditada. Por enquanto, o acesso deve ser feito pela rotatória da Quadra 7.

Entre 800 a mil caminhões vão à URE diariamente para a entrega de entulhos. São, em média, 132 mil toneladas por mês de resíduos da construção civil, além de podas e galhadas descartadas por empresas transportadoras | Foto: Divulgação/SLU

De acordo com o gestor de resíduos sólidos do SLU que atua na URE, Gustavo de Oliveira, a mudança é decorrente de uma solicitação da Administração Regional da Estrutural para início das obras do anel viário, que vai permitir desviar o tráfego de caminhões do centro da cidade.

“Fizemos essa mudança de forma temporária para atender à demanda da administração, para facilitar o acesso dos caminhões. Além disso, estávamos com muitos buracos na pista, pois o tráfego de caminhões na região é intenso, queremos melhorar esse acesso”, explicou o gestor.

Entre 800 a mil caminhões vão à URE diariamente para a entrega de entulhos. São, em média, 132 mil toneladas por mês de resíduos da construção civil, além de podas e galhadas descartados por empresas transportadoras. Essas empresas são cadastradas no site do SLU e pagam pelo serviço de disposição.

Leia Também:  Reunião entre Joe e Rollemberg para discutir ICMS termina sem avanços

A administradora do SCIA e Estrutural, Vânia Gurgel, explicou os benefícios da nova rota. “A administração em parceria com o SLU criou uma rota para o acesso dos caminhões à URE pelo Setor Oeste onde as vias são mais largas com acesso de mão dupla, o que facilita o grande fluxo de veículos durante o dia”, disse.

Confira o novo caminho até a URE

O presidente da Associação das Empresas Coletoras de Entulhos e Similares do Distrito Federal (Ascoles/DF), Éber Rossi, disse que a expectativa é que o acesso melhore com os investimentos anunciados. “A gente sofria muito com o trajeto pela via antiga. Com certeza, o asfaltamento vai melhorar nosso trabalho”, declarou.

A URE recebeu mais de 220 mil viagens em 2020. No período, foram aterradas 1,58 milhão de toneladas de resíduos. O descarte de entulho da construção civil no DF é totalmente rastreado por meio do sistema de gestão dos Resíduos da Construção Civil (RCC).

Leia também

v

Cidade Estrutural ganha 16 novos papa-lixos

GDF investe mais de R$ 1,6 bilhão na gestão do lixo

Leia Também:  Jardim Botânico está agora mais limpo, seguro e acessível

Para poder descarregar na URE, os transportadores precisam se cadastrar e emitir o Controle de Transporte de Resíduos (CTR) a cada demanda que atenderem. Com isso, o SLU acompanha a movimentação do entulho coletado desde a origem até a disposição final na Unidade de Recebimento de Entulhos.

*Com informações do SLU

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DISTRITO FEDERAL II

Vacinação contra a covid-19 será em 51 pontos neste domingo (25)

Publicados

em

Por

O mutirão de vacinação contra a covid-19 continua neste domingo (25) no Distrito Federal. Estarão abertos 51 pontos, das 9h às 17h, para atender ao público com 37 anos ou mais, além de gestantes e puérperas que têm a partir dos 18 anos. Para ser vacinado, basta levar um documento de identidade com foto e preferencialmente o cartão de vacina. Caso não tenha, um novo será entregue.

Para que o mutirão ocorra de forma ágil, a Secretaria de Saúde orienta que seja impressa e preenchida a ficha de registro de vacinação, e entregue ao servidor que receberá durante a vacinação. O formulário pode ser acessado aqui.

Confira os locais para vacinação de quem tem 37 anos ou mais:

As gestantes e puérperas e quem deve receber a segunda dose da vacina CoronaVac serão atendidos em pontos específicos.

Veja quais são eles:

Na última sexta-feira (23), a Secretaria de Saúde vacinou 76.922 pessoas, sendo que 60.473 receberam a primeira dose, 16.213 a segunda e 236, a dose única da Janssen.

A campanha de vacinação já atingiu 54,39% de cobertura vacinal considerando os indivíduos maiores de 18 anos que receberam a primeira dose e a dose única, e 21,44% para aqueles que completaram a imunização recebendo a segunda dose ou a dose única.

Leia Também:  Secretário de Ciência e Tecnologia passa mal no Buriti e é levado a hospital particular da Asa Sul

Em números, a capital federal já vacinou, até ontem, 1.209.244 pessoas com a D1, 447.937 com a D2 e 47.201 com dose única.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA