BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL II

Portal de Balanço das Prioridades é apresentado a secretários e administradores

Publicados

em

Também participaram da reunião os titulares das empresas públicas, fundações e autarquias. Governador aproveitou para agradecer aos gestores pelo trabalho feito
Na tarde desta segunda-feira (2), o Portal de Balanço das Prioridadeslançado nesta manhã, foi apresentado aos secretários, administradores regionais e chefes de autarquias, fundações e empresas públicas do governo de Brasília.
O governador Rodrigo Rollemberg durante a apresentação do Portal de Balanço das Prioridades
O governador Rodrigo Rollemberg na apresentação do Portal de Balanço das Prioridades aos titulares de secretarias, administrações regionais, autarquias, fundações e empresas públicas. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.

A secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, mostrou aos colegas como acessar os dados do portal. “Criamos a plataforma para prestar contas à população como parte dos nossos esforços de dar importância para a transparência.”

Depois, o governador Rodrigo Rollemberg agradeceu aos apoiadores do governo. “Com a dedicação de vocês, todas as áreas da administração pública apresentaram avanços durante a gestão. Só pudemos fazer este portal hoje porque investimos em gestão por meio de vocês, que me possibilitaram cumprir esses objetivos.”

Rollemberg destacou as ações das áreas de cultura, educação, mobilidade, saúde e ciência e tecnologia. Entre as de maior importância para ele foram citadas a desativação do Lixão da Estrutural e a desobstrução da orla do Lago Paranoá.

Leia Também:  Ibaneis pede a Temer mudança no sistema do Fundo Constitucional do DF

O chefe do Executivo local também lembrou que houve ações não previstas nas prioridades de governo, as quais, por isso, não constam dos projetos listados na plataforma. “Um exemplo são os trabalhos de captação de água do Bananal e do Lago Paranoá para lidar com a crise hídrica.”

Fonte: Agência Brasilia

COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DISTRITO FEDERAL II

Detran-DF lança o emplacamento totalmente digital

Publicados

em

Por

O Primeiro Emplacamento Inteligente – PEI de veículos zero km acontece diretamente na concessionária, sem a interferência de terceiros

(Brasília, 17/6/2021) O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) lança mais uma inovação para facilitar o dia a dia do cidadão. A novidade é para quem adquirir veículo zero km: o Primeiro Emplacamento Inteligente – PEI, e foi publicada nesta quinta-feira (17), no Diário Oficial do DF, por meio da Instrução nº 350, de 16 de junho de 2021.

Seguindo a evolução tecnológica implementada pelo Detran Digital, o PEI consiste no registro simplificado e imediato, no sistema do Departamento, de veículos novos adquiridos junto a concessionárias no âmbito do Distrito Federal.

De acordo com o diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, as inovações tecnológicas implementadas têm promovido agilidade e desburocratização na relação entre a Autarquia, cidadãos, empresas e outras entidades.

No caso do PEI, a concessionária participante irá informar ao Detran, via sistema, os dados pessoais do comprador, o chassi do veículo e informações do contrato de financiamento, se houver.

Automaticamente, serão gerados o número da placa do veículo e o Certificado de Registro e Licenciamento Eletrônico – CRLV-e.

“A partir de agora, quem compra carro zero, por exemplo, já sai da loja com o veículo registrado, com o CRLV-e disponível no aplicativo Detran Digital e com o número da placa. E o principal: sem a intervenção de terceiros e sem custos a mais para o consumidor”, destaca o diretor.

Custos

Segundo o diretor-geral, as concessionárias deverão recolher somente as taxas de serviços relacionadas ao registro de veículo zero Km, à consulta à base de dados nacional e à autorização de estampagem da placa.

Como aderir ao PEI

As concessionárias interessadas em oferecer a facilidade do emplacamento digital aos seus clientes devem ser legalmente constituídas e registradas no âmbito do Distrito Federal. Para fazer a adesão ao PEI, é necessário apresentar a documentação exigida na Instrução nº 350, conforme a relação abaixo, nas unidades do Detran que possuem o serviço do protocolo:

I – Termo de Adesão ao Programa 1º Emplacamento Inteligente – PEI, na forma do Anexo I, assinado pelo representante legal da empresa, mediante

reconhecimento de firma ou assinatura eletrônica.

II – contrato social da entidade registrado na Junta Comercial do Distrito Federal;

III – cartão do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ;

IV – alvará de funcionamento com data de validade em vigor;

V – identidade e/ou documento equivalente do responsável pela empresa; e

VI – prova de regularidade fiscal, trabalhista e previdenciária, mediante respectiva certidão com data de validade em vigor;

A empresa que atender aos requisitos será considerada apta e terá direito a até duas autorizações de acesso ao sistema informatizado do Detran, válidas por 12 meses, podendo ser renovadas, desde que comprovadas as exigências definidas acima.

O planejamento é que, em breve, as transações digitais estejam disponíveis também na relação de transferência de veículos usados entre pessoas físicas.

Detran-DF

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Acilino Ribeiro reage a declaração de generais e convoca militância para combater golpe nas ruas e nas redes
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA