BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL

Anderson Torres aceita convite e será o novo ministro da Justiça

Publicados

em

O atual secretário de Segurança Pública do DF assumirá o cargo, no lugar de André Mendonça

secretário de segurança do DF, Anderson Torres, de máscara facialAndré Feitosa/SSP-DF

O delegado da Polícia Federal Anderson Torres será o novo ministro da Justiça. Ele acaba de aceitar convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo confirmou um ministro próximo do chefe do Executivo federal.

“Ainda aguardo a confirmação oficial, mas o Anderson é um excelente quadro. Fez um excelente trabalho no DF e também prestará um ótimo serviço ao país”, disse o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB).
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ministro da Cidadania fala da ampliação do Bolsa Família e detalha Auxílio Emergencial para 2021
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Vídeo: Mulher mata próprio namorado com tiro acidental no Areal

Publicados

em

crédito: Reprodução

Caso ocorreu na madrugada do último sábado (1º/4). Segundo a Polícia Civil, o homem foi encaminhado ao hospital de Taguatinga Sul, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito

 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

Um homem de 26 anos morreu, na madrugada do último sábado (1º/5), após levar um tiro acidental da própria namorada, 24 anos. O fato ocorreu na rua 21, no Areal, bairro localizado em Águas Claras, e está sob investigação dos policiais civis da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul).

Com ajuda da câmera de segurança, imagens mostram o momento exato em que a mulher pega uma arma de fogo que estava em cima da mesa e realiza os disparos contra o namorado, que estava em pé próximo da porta. Confira o vídeo, que tem imagens fortes de violência.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi socorrida por parentes e encaminhada para o Hospital Santa Marta, em Taguatinga Sul. No entanto, o homem não resistiu aos ferimentos dos disparos e veio a óbito no hospital. A ocorrência do caso foi registrada pela corporação como homicídio culposo, quando não há intenção de matar e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

A autora do crime, acompanhada do advogado, se apresentou espontaneamente à Polícia Civil e prestou depoimento sobre o fato. Logo depois, ela foi liberada mediante compromisso de apresentar-se na delegacia.

Leia Também:  DF receberá 41,5 mil doses da vacina de Oxford

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2021/05/4922085-mulher-mata-proprio-namorado-com-tiro-acidental-no-areal.html

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA