BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL I

DF abre 6.135 vagas para cursos gratuitos. Veja como se inscrever

Há opções de turmas nos turnos matutino, vespertino e noturno, nas modalidades a distância, semipresencial e presencial

Victor Hugo Pessoa/Sistema Fibra

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF (Secti), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF), lançou, nesta semana, 6.135 vagas em cursos gratuitos. Há oportunidades em cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento profissional.

“Nossa missão é qualificar todos para o mercado de trabalho. Nós, do GDF, temos um compromisso com o futuro profissional do aluno. Já entregamos 521 certificados e foram formadas 42 turmas. Temos uma estimativa de oferecer 6 mil vagas até o final do ano de 2021. E uma perspectiva de formar 20 mil alunos até 2022”, ressalta Gilvan Máximo, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF.

Nos editais, há previsão de data para início das aulas, porém o Senai-DF convocará os inscritos para matrícula quando as turmas atingirem a quantidade mínima de alunos.

São cursos nas áreas de alimentos, automação industrial, automotiva, construção civil, domótica, eletroeletrônica, energia GTD (geração, transmissão e distribuição de energia), energias renováveis, gestão, gráfica e mídias impressas e digitais, madeira e mobiliário, metalmecânica, telecomunicações, tecnologia da informação e vestuário.

No entanto, enquanto prevalecer a necessidade da adoção de medidas para evitar a disseminação da Covid-19, as turmas ocorrem a distância. Algumas contam com apoio de recursos tecnológicos ou com atividades presenciais para a parte prática do curso.

Inscrição

Para se inscrever, é necessário preencher o formulário e anexar cópia do RG (frente e verso). Em seguida, o candidato receberá um e-mail confirmando a inscrição.

Leia Também:  De Brasília para os melhores mercados do mundo

No caso do Programa Senai de Gratuidade Regimental, o candidato pode realizar matrícula em mais de um curso, desde que os cursos sejam em turnos diferentes. Já para as capacitações do DF Inova Tech, é preciso concluir uma para se inscrever em outra.

Os pré-requisitos variam conforme o curso. No caso dos técnicos, é preciso ainda ser maior de 16 anos, ter concluído ou estar cursando a 2ª série do Ensino Médio.

As vagas serão ocupadas por ordem de inscrição e o Senai-DF entrará em contato por e-mail ou por telefone para agendar a efetivação da matrícula, que ocorre de forma presencial. O prazo para comparecer na unidade em que o curso será ofertado é de até dois dias úteis, com exceção da unidade Senai Brasília, em que as matrículas são realizadas em Taguatinga.

Os cursos de qualificação e de aperfeiçoamento profissional são de curta duração, com cargas de 20 a 400 horas-aulas (de uma semana a quatro meses, em média). O primeiro tem o objetivo de inserir o aluno no mercado de trabalho ou de lhe permitir uma recolocação profissional.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:

DISTRITO FEDERAL I

Hospital oftalmológico de Brasilia chega ao Jardim Botânico

Publicados

em

Por

UNIDADE DO HOB FUNCIONARÁ DENTRO DO NOVO HJB

Referência em saúde ocular na capital federal, o Hospital Oftalmológico de Brasília – uma empresa do Grupo Opty – se prepara para a inauguração de mais um espaço de atendimento, dessa vez no Jardim Botânico. O novo HOB inicia suas atividades às 19h do dia 17 de junho, dentro do Hospital Jardim Botânico (HJB) – Hospital Dia, oferecendo consultas, exames e cirurgias oftalmológicas. A nova unidade vem atender a uma demanda de aproximadamente 300.000 habitantes residentes no Jardim Botânico, Lago Sul, Paranoá, São Sebastião, Mangueiral, Itapoã e entorno.  “É uma honra ter um parceiro da importância do grupo Opty, sobretudo com uma marca com o reconhecimento do HOB, não só no Distrito Federal, mas no Brasil. Estamos falando de um dos maiores e mais respeitados grupos oftalmológicos do país. Sem dúvida, é uma ocasião expressiva, não só para o Jardim Botânico, mas também para toda a população da região leste do DF”, ressalta Mauro Hueb, CEO do HJB.

Segundo o diretor clínico do HJB, Dr. Flávio Hueb, para o atendimento oftalmológico, o hospital terá um centro cirúrgico com duas salas com equipamentos de última geração para o atendimento de Oftalmologia Geral, Catarata, Glaucoma, Retina, Plástica Ocular e Oftalmopediatria. “Estamos preparados para realizar uma vasta gama de cirurgias, como catarata, pterígio, pálpebras, dentre outras. A ideia é trazer mais um serviço de excelência, além de conforto e praticidade no cotidiano dos pacientes que moram nessa parte da cidade”, afirma o médico. “O HOB é uma grande família e queremos que todos em Brasília tenham acesso a essa família. Nesse momento de pandemia, o paciente pode ter a experiência HOB no seu bairro, com toda a segurança, sem precisar se deslocar até o Plano Piloto para receber um atendimento de alta qualidade”, observa o oftalmologista Dr. Takashi Hida, médico sócio do Hospital Oftalmológico de Brasília.

Leia Também:  Empreendedorismo: Sebrae Capital Digital lota o Biotic no DF

A chegada da operação do HOB no Jardim Botânico coincide com a transição do Centro Clínico Jardim Botânico para a condição de Hospital-dia, oferecendo consultas, exames, pequenos procedimentos, exames laboratoriais e cirurgias ambulatoriais. São mais de 15 especialidades incluindo oftalmologia, psiquiatria, psicologia, odontologia e procedimentos dermatológicos. Para Raul Fernandes Marinheiro Neto, Diretor Regional Centro Oeste – Grupo Opty, esse é um passo importante e uma forma inteligente de expandir o HOB. “Até então, tínhamos unidades estritamente focadas em oftalmologia e, com essa parceria e compondo um conceito de centro médico completo, nos aliamos a um empreendimento de sucesso, criado pelo Mauro e o Dr. Flávio Hueb na região.  Acreditamos que, além da comodidade para o brasiliense, reunir diversas especialidades e serviços médicos gera uma sinergia de negócio onde todas as partes envolvidas ganham, a Opty, o HJB, os médicos e, principalmente, os pacientes”, finaliza o executivo.

Sobre o Opty

O Grupo Opty nasceu em abril de 2016, a partir da união de médicos oftalmologistas apoiados pelo Pátria Investimentos, que deu origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a prática da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. No formato, o médico mantém sua participação nas decisões estratégicas, mantendo o foco no exercício da medicina.

Leia Também:  Iges-DF lança editais para capacitação profissional

Atualmente, é o maior grupo de oftalmologia da América Latina, agregando 20 empresas oftalmológicas, e mais de 2100 colaboradores e 750 médicos oftalmologistas. O Hospital Oftalmológico de Brasília (DF), o Hospital de Olhos INOB (DF), o Hospital de Olhos do Gama (DF), o Centro Oftalmológico Dr. Vis (DF e RJ), O Instituto de Olhos Freitas (BA), o DayHORC (BA), o Instituto de Olhos Villas (BA), a Oftalmoclin (BA), o Hospital de Olhos Santa Luzia (AL), o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC), o Centro Oftalmológico Jaraguá do Sul (SC), a Clínica Visão (SC), o HCLOE (SP), a Visclin Oftalmologia (SP), o Eye Center (RJ), Clínica de Olhos Downtown (RJ) e COSC (RJ), Lúmmen Oftalmologia (RJ), Hospital de Olhos do Meier (RJ), Hospital Oftalmológico da Barra (RJ), Centro Cirúrgico Jardim de Alah (RJ), o Oftalmax Hospital de Olhos (PE), UPO Oftalmologia – Unidade Paulista de Oftalmologia (SP) e do HMO – Hospital Medicina dos Olhos (SP) fazem parte dos associados, resultando em 54 unidades de atendimento. Visite www.opty.com.br.

Natália Lopes

Tríplice Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA