BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL

Samambaia reorganiza atendimento territorial de seis UBSs

Publicados

em

Confira como fica a abrangência de cada unidade básica da RA e conheça as razões da mudança

As unidades básicas de saúde 1, 4, 7, 8, 10 e 12 de Samambaia reorganizaram a territorialização de atendimento à população. Desta forma, os moradores de algumas quadras mudarão a UBS na qual deverão buscar atendimento. A medida, de acordo com a superintendência da Região de Saúde Sudoeste, visa facilitar o acesso dos pacientes reduzindo o deslocamento. A unidade que teve a mudança mais significativa foi a UBS 7, localizada na Quadra 302, que antes atendia 15 quadras e agora atende 19.

São, ao todo, sete equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) que atuam na UBS 7 (antiga clínica da família). Veja como era e como ficou a nova distribuição de território da unidade:

Dentre as mudanças, os moradores das quadras 202 e 204, em Samambaia Norte, não precisarão mais se deslocar para a parte Sul da cidade, que é dividida pela linha do Metrô. Eles já podem procurar atendimento na UBS 1 localizada também em Samambaia Norte, na QR 408 (para aqueles que residem na 202) e na UBS 12, localizada na Quadra 210 (para quem reside na 204).

Todo o processo de mudança ocorreu com a inauguração da Unidade Básica de Saúde 11 de Samambaia

A mudança também engloba quem mora nas quadras 304 e 306, que serão atendidos na UBS 8, que fica na Quadra 314, além de que reside na 502, 504 e 506, que já podem buscar atendimento na UBS 4, localizada na quadra 512.

Leia Também:  Ex-governador Joaquim Roriz morre aos 82 anos em Brasília

Quem reside nas quadras 513, 511, 509, 507 e 505 eram atendidos na UBS 4. Agora, é na UBS 7 que eles serão atendidos. A lista das UBSs com o mapa da região encontra-se disponível no site da Secretaria de Saúde. Por ela, é possível verificar a localização de cada unidade. Veja outras mudanças na região:

O superintendente da Região de Saúde Sudoeste, Wendel Moreira, explica que as alterações nos territórios das cidades são comuns. Desta forma, a territorialização das unidades de saúde também deve se manter atualizada. “Ao ter sido identificada a necessidade de revisão dos limites territoriais de Samambaia, uma vez que o território é dinâmico, é imprescindível conhecê-lo. Inclusive para avaliar a necessidade de rever os limites periodicamente, pois a população aumenta, os fluxos se modificam, terrenos baldios tornam-se prédios etc.”, afirmou.

O processo de mudança de território das UBSs foi realizado com a participação de profissionais, usuários, representantes do Conselho de Saúde de Samambaia e líderes comunitários. Agora, Samambaia conta com 13 Unidades Básicas de Saúde, com 59 equipes de Estratégia e Saúde da Família com cobertura populacional de 83%.

Leia Também:  Com protocolo de 1° mundo, Hran mantém equipe da UTI livre do coronavírus
O fluxo da população no território foi um dos critérios para a nova organização |Foto: Breno Esaki / Agência Saúde

Para a mudança da territorialização de Samambaia, foi considerado não só o parâmetro populacional do número de pessoas atendidas por uma equipe de ESF, mas principalmente, as condições socioeconômicas que determinam o tamanho da demanda que chegará à unidade de saúde, além dos fluxos da população no território.

UBS 11 de Samambaia

Todo o processo de mudança ocorreu com a inauguração da Unidade Básica de Saúde 11 de Samambaia, ofertando, assim, maior cobertura das equipes de Estratégia de Saúde da Família em toda a região administrativa.

A UBS 11 foi entregue em setembro e conta com quatro equipes de ESF e uma equipe de saúde bucal. A estimativa é que a unidade atenda cerca de 14 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além da inauguração dessa unidade, a Secretaria de Saúde reformou a UBS 1 ampliando a capacidade de atendimento.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

DISTRITO FEDERAL

Agências do trabalhador: oferta de 447 vagas no mercado

Publicados

em

Por


Uma vaga para engenheiro civil, com remuneração de R$ 4 mil, mais benefícios, é o destaque entre as 447 ofertas de emprego das agências do trabalhador para esta segunda-feira (25). Outras vagas que chamas a atenção são as de técnico de projeto mecânicos, que pagam salário de R$ 2.581,15, mais benefícios, e exigem experiência na área e ensino médio completo.

A procura por motofretistas também está em alta, com oferta de 33 colocações no mercado de trabalho. Os salários variam de R$ 1.195,76 a R$ 1.303,43. Não se exige experiência na área, mas o candidato deve ter, no mínimo, o ensino fundamental incompleto.

Analista de crédito, para trabalhar em instituições financeiras, lidera a oferta de vagas. São 100 oportunidades de emprego, sem exigir comprovação de experiência no ramo.

A relação de empregos nas agências do trabalhador também contempla profissões como vaqueiro (4), técnico de suporte de TI (25), sushiman (1), operador de empilhadeira (1) e montador de móveis (1).

Para se candidatar a qualquer uma das vagas, os interessados devem ir a uma das agências do trabalhador, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Leia Também:  DF: motoristas de vans escolares fazem manifestação por auxílio financeiro

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências do trabalhador. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria do Trabalho e preencher o formulário na aba empregador.

Confira as vagas oferecidas.

Fonte: Governo DF

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA