BRASÍLIA

DISTRITO FEDERAL

Índice de desemprego continua em queda no Distrito Federal

Publicados

em

Pesquisa realizada pela Codeplan e pelo Dieese indica que taxa total diminuiu 2,4 pontos percentuais no último ano

AGÊNCIA BRASÍLIA* I EDIÇÃO: DÉBORA CRONEMBERGER

“A divulgação da PED traz dados positivos a respeito da dinâmica do mercado de trabalho, principalmente da redução da taxa de desemprego, e mostrando que houve recuperação da renda para os 10% mais pobres da população ocupada do Distrito Federal”Renata Florentino, diretora de Estudos Urbanos e Ambientais da Codeplan

O Distrito Federal está no caminho certo para a retomada da economia, conforme aponta a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada pela Codeplan e pelo Dieese. Os resultados da pesquisa mostraram que a taxa de desemprego total diminuiu 2,4 pontos percentuais no último ano (dezembro de 2020 a dezembro de 2021), passando de 19,5% para 17,1%.

No mesmo intervalo de tempo, a taxa de pessoas com 14 anos ou mais, englobadas no mercado de trabalho, sendo elas ocupadas ou desempregadas, conhecida como taxa de participação, cresceu de 65,1% para 65,7%.

A justificativa para a redução do contingente de desempregados nos 12 meses foi o aumento do nível ocupacional – 100 mil postos de trabalho – superior ao acréscimo da População Economicamente Ativa (PEA) – 57 mil pessoas ingressaram no mercado de trabalho.

Alguns setores, como serviços, construção e comércio e reparação, graças a seus respectivos crescimentos, foram responsáveis pelo incremento na ocupação. Houve também um aumento do assalariamento no setor privado com e sem carteira assinada, do assalariamento no setor público, do trabalho autônomo e do emprego doméstico.

Leia Também:  População denuncia quase três crimes por hora: Maus-tratos a animais lideram ranking

“Essa divulgação da PED traz dados positivos a respeito da dinâmica do mercado de trabalho no DF, principalmente da redução da taxa de desemprego (15,9%), mantendo a tendência de queda desde junho do ano passado, e mostrando que, apesar do cenário geral, houve recuperação da renda para os 10% mais pobres da população ocupada do DF”, disse a diretora de Estudos Urbanos e Ambientais da Codeplan, Renata Florentino.

Ela ainda destacou o aumento de trabalhos em regime de CLT. “Também é um dado importante, pois são trabalhadores mais protegidos da queda de rendimento”, finalizou.

A pesquisa revelou também que houve um aumento do assalariamento no setor privado | Foto: Arquivo/Agência Brasília

Desemprego no quarto trimestre de 2021

Nos últimos três meses de 2021, a taxa de desemprego total também apresentou queda de 18,4% para 17,1% da PEA. E a taxa de participação retraiu de 67,2% para 65,7%.

Entre esses meses, o quantitativo de desempregados diminuiu devido ao decréscimo da PEA (43 mil pessoas saíram no mercado de trabalho) e da variação negativa do nível ocupacional (menos 5 mil postos de trabalho). Esse resultado se deu devido à redução no número de postos de trabalho no comércio e reparação e, em menor proporção, na indústria de transformação, no assalariamento do setor público, entre empregados domésticos e no agregado demais posições.

Desemprego na Periferia Metropolitana de Brasília (PMB)

A taxa de desemprego total na Periferia Metropolitana de Brasília em um ano diminuiu, ao passar de 23,2% para 20,1% da População Economicamente Ativa (PEA). De acordo com o boletim PED, em dezembro de 2021, 128 mil pessoas estavam desempregadas na PMB, 10,5% a menos que em dezembro de 2020.

Perspectivas do emprego no DF em debate

Nesse período foi observado um aumento do nível de ocupação maior que o crescimento da PEA, o que explica a queda do contingente de desempregados. “Em dezembro, no DF e na Periferia Metropolitana, a ocupação interrompeu um movimento de ascensão, compensado pelo freio registrado no crescimento da força de trabalho. Ou seja, tivemos uma pausa da tendência esboçada em praticamente todo o ano de 2021 e o desemprego caiu por conta da saída de pessoas do mercado de trabalho”, afirma a economista e técnica do Dieese, Lúcia Garcia.

Leia Também:  Capotamento de veículos na DF 345 deixa quatro crianças feridas

“Mesmo assim, tivemos a menor taxa de desemprego total para o DF desde dezembro de 2015. Atualmente, alcançamos o patamar de 15,9%. A continuarmos nesta tendência, a tarefa para 2022 é clara: melhorar a qualidade dos postos de trabalho gerados”, acrescenta.

Assista a apresentação da pesquisa no canal oficial da Codeplan no YouTube.

Acesse aqui:
– Boletim Síntese PED-PMB_Dezembro
– Boletim PED-AMB_Resultados de Dezembro 2020,_Setembro e Dezembro de 2021

*Com informações da Codeplan

Fonte: Agência Brasilia
COMENTE ABAIXO:

DISTRITO FEDERAL

MOAI | Talks – Expansões e Franquias

Avatar

Publicados

em

Por

Um círculo com moderador e 4 CEO’s de empresas que expandiram significativamente no DF e Brasil.

Aprender com quem entende, trocar experiências e ter acesso a um caminho claro para o crescimento do seu negócio.

Essas é a proposta do encontro, um bate papo aberto, com mediador e interação do direta do público empresarial.

Estarão conosco:

Eduardo Santinoni – YConsultoria (mediação). Sócio fundador da Y Consultoria, que à 10 anos contribui para o desenvolvimento e aprimoramento de redes e pessoas envolvidas no ecossistema Franquias e empresas em expansão.

Fábio Bindes (palestrante). Fundador e CEO do Grupo Lago Franquias S.A., das redes Sushiloko, Hum! Burguer e Brasil Vexado, com dezenas de lojas e faturamento acima de 60 milhões de reais/ano. Aumentou milhões de reais em vendas em sua rede ao se especializar em Marketing Digital e assumir o Marketing do meu negócio.

Edmar Mothé – Biomundo (palestrante). Fundador da Biomundo, em Brasília, a marca se tornou um sucesso nacional. Hoje tem 160 lojas com franquias em 16 estados. A rede assume o posto da segunda maior em produtos naturais do país

Leia Também:  Três vagas por morador e R$ 2 a hora para visitantes. Veja projeto que privatiza estacionamentos no DF

Fillipe Janiques – Magnólia (palestrante). Atualmente é sócio fundador e CEO da Magnólia Papelaria, a primeira franquia de papelaria do país com mais de 80 unidades em operação, presente em 19 estados brasileiros e em ampla expansão.

Bruno Borges – Stonia (palestrante). Fundou a STOINIA em 2016, hoje à frente de 23 lojas em 4 Estados, 1 Fábrica própria de Gelatos com mais de 80 pontos de vendas, e uma rede com faturamento de quase 2 milhões de Reais por mês.

📆Data: 26/05
⏰Hora: 19h00
📍Local: Auditório MOAI (Ed. Íon)
🔗Inscrições: https://bit.ly/3LnsaQ0

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?