BRASÍLIA

ESPORTES

Diego Nunes inicia rodada dupla da Stock Car com o melhor tempo

Diego Nunes

O paulista Diego Nunes dominou a sexta-feira (17) que abriu as atividades da Stock Car Pro Series em Goiânia (GO), onde a principal categoria do automobilismo brasileiro realiza uma rodada dupla valendo pela oitava e nona etapas. O piloto da equipe Blau Motorsport ponteou a folha de tempos do dia, ao marcar na melhor das suas 13 voltas o tempo de 1min27s446, com um Chevrolet Cruze Stock Car.

“O nosso carro começou rápido logo de cara, que é o que a gente esperava”, disse Diego. “Estamos com um acerto um pouco mais agressivo, para ver se a gente melhora o que tínhamos na primeira etapa do ano aqui em Goiânia. A gente sentiu que o carro estava bem já no shakedown. Ele se comportou muito bem com os pneus usados. Importante que o nosso melhor tempo não foi com pneus novos, então é um bom indicativo. Vamos tentar trazer essa pole pra equipe amanhã”, completoui Nunes, após a única sessão de treino desta sexta-feira.

A segunda posição ficou com Matías Rossi (Toyota Corolla Stock Car), piloto argentino que acabou 0s103 atrás de Nunes. Julio Campos, com um Cruze da Lubrax Podium, foi o terceiro melhor, sendo seguido por Thiago Camilo (Toyota), quarto com um carro da Ipiranga Racing. O grupo dos cinco primeiros ainda contou com Allam Khodair, com o outro Cruze da Blau Motorsport.

Entre os principais postulantes ao título, o melhor foi Gabriel Casagrande (Cruze), piloto que é o vice-líder do campeonato, e que colocou o carro da A.Mattheis-Vogel na sexta posição. Já Daniel Serra (Cruze), líder da tabela de classificação e piloto da Eurofarma RC, ficou com o décimo tempo ao final do ensaio. Melhor piloto do dia, Diego Nunes é o 11º colocado na classificação.

A programação da Stock Car segue neste sábado (18), com a realização da classificação, às 10h30, com exibição ao vivo no Sportv. As corridas que integram a oitava etapa do campeonato terão largada a partir das 13h10, com transmissão da Band e do Sportv. As mídias da Stock Car transmitem tanto o classificatório quanto as provas.

Leia Também:  Acidente não amedronta Kovalainen

Confira a classificação do primeiro treino livre, realizado nesta sexta-feira:
1º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – 1min27s446
2º – Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla) – 1min27s549
3º – Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – 1min27s649
4º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – 1min27s719
5º – Allam Khodair (Blau Motorspot/Chevrolet Cruze) – 1min27s721
6º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – 1min27s753
7º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 1min27s760
8º – Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – 1min27s807
9º – Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – 1min27s862
10º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 1min27s883
11º – Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s913
12º – Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla) – 1min27s959
13º – Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) – 1min27s975
14º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s981
15º – Guga Lima (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – 1min28s016
16º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – 1min28s054
17º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – 1min28s108
18º – Christian Hahn (Blau Motorsport II/Chevrolet Cruze) – 1min28s116
19º – Sergio Jimenez (Scuderia CJ/Toyota Corolla) – 1min28s121
20º – Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – 1min28s157
21º – Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – 1min28s184
22º – Felipe Lapenna (Hot Car/Chevrolet Cruze) – 1min28s218
23º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – 1min28s222
24º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla) – 1min28s248
25º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – 1min28s298
26º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – 1min28s340
27º – Pedro Cardoso (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – 1min28s353
28º – Beto Monteiro (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – 1min28s378
29º – Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – 1min28s707
30º – Raphael Teixeira (RKL Competições/Chevrolet Cruze) – 1min29s162
31º – Tuca Antoniazi (Hot Car/Chevrolet Cruze) – 1min30s418

Leia Também:  Verstappen vence “corrida” de quatro voltas em Spa

Confira a classificação do campeonato:
1º – Daniel Serra – 238 pontos
2º – Gabriel Casagrande – 228
3º – Ricardo Zonta – 174
4º – Cesar Ramos – 171
5º – Rubens Barrichello – 166
6º – Bruno Baptista – 158
7º – Átila Abreu – 158
8º – Thiago Camilo – 148
9º – Denis Navarro – 141
10º – Ricardo Maurício – 140
11º – Diego Nunes – 138
12º – Rafael Suzuki – 135
13º – Guilherme Salas – 132
14º – Allam Khodair – 113
15º – Cacá Bueno – 110
16º – Marcos Gomes – 100
17º – Gaetano di Mauro – 88
18º – Julio Campos – 84
19º – Lucas Foresti – 67
20º – Felipe Massa – 66
21º – Matías Rossi – 59
22º – Felipe Lapenna – 55
23º – Galid Osman – 48
24º – Pedro Cardoso – 46
25º – Beto Monteiro – 46
26º – Guga Lima – 37
27º – Christian Hahn – 32
28º – Nelson Piquet Jr. – 24
29º – Tony Kanaan – 18
30º – Sergio Jimenez – 14
31º – Gustavo Frigotto – 13
32º – Tuca Antoniazi – 10
33º – Max Wilson – 0


R7- Esportes

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Comentaristas holandeses criticam a Mercedes

Publicados

em

Por

Allard Kalff e Kees van de Grint

A Mercedes “perde o rumo” quando está sob pressão, de acordo com o especialista da RTL, Allard Kalff, que acredita que eles erraram fragorosamente na estratégia de corrida com Hamilton no GP dos EUA.

“E a pressão foi tanta, que a Mercedes a sentiu.”

Com Lewis Hamilton perdendo a pole position para Max Verstappen no Circuito das Américas, o inglês heptacampeão estava sob pressão para acertar na mosca as 56 voltas da corrida de domingo.

Ele fez isso no início, assumindo a liderança de Verstappen na primeira curva. No entanto, a Red Bull respondeu mudando sua estratégia de pit-stop e trazendo Verstappen mais cedo.

Os Touros fizeram o undercut em Hamilton em ambas as paradas, com a Mercedes optando por não reagir à nenhuma das paradas de Verstappen, trazendo Hamilton apenas oito voltas depois da segunda parada.

Isso custou caro, com Verstappen vencendo e Hamilton terminando em P2.

“Eu acho que, quando eles estão sob pressão e não podem decidir por si mesmos, eles se perdem na Mercedes”, disse Kalff ao podcast RTL GP Slipstream.

Leia Também:  JR 15 min #248 | Melhor campanha do Brasil em Olimpíadas eleva a pressão para os Jogos de Paris 2024

“Eu vi outro erro estratégico em Austin porque eles pararam tarde demais depois que Verstappen entrou.”

Kees van de Grint, também da RTL, concorda que os Prateados erraram no GP dos EUA, tanto que ele acha que uma “criança” poderia ter feito as contas e percebido que Hamilton tinha que ir ao box ao mesmo tempo que Verstappen.

“Eles cometeram um erro e depois outro com a segunda parada no box eles esperaram demais”, disse ele. “Uma criança poderia realmente calcular que, apesar do fato de Hamilton ser mais rápido com pneus duros, ele nunca conseguiria chegar.”

“Acho que a Mercedes deveria ter previsto imediatamente, então os danos poderiam ter sido mais limitados. Se você olhar o quão atrasado ele estava e quanto ele teve que compensar, ele tinha zero chance. ”


R7- Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.